Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE NATAL CAPITAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Por:   •  6/12/2018  •  973 Palavras (4 Páginas)  •  1 Visualizações

Página 1 de 4

...

- O aumento da base mínima legal sob o fundamento do desrespeito a liberdade sexual da mulher deve ser afastada por configurar bis in idem, porque tal circunstancia é essencial ao tipo penal descrito no art 213 CP.

- Quanto as Atenuantes, devem ser reconhecidas, pois o Apelante era menor de 21 anos na data do fato, enquadrando-se no inciso I, do artigo 65 CP:

“São circunstâncias que sempre atenuam a pena: ser o agente menor de 21 (vinte e um), na data do fato,...”

O Apelante confessou a autoria do crime em juízo, o que também implica na atenuante da confissão espontânea, como descrito na alínea d), inciso III, do artigo 65 do CP:

“São circunstâncias que sempre atenuam a pena: III - ter o agente: d) confessado espontaneamente, perante a autoridade, a autoria do crime;”

Sendo assim, as atenuantes devem ser aplicadas na fixação da pena.

- FIXAÇÃO DA QUANTUM FRACIONAL

Caso seja mantida a decisão condenatória pela pratica de dois crimes da mesma espécie (art. 213, CP) em concurso (art. 71, CP), deve ser corrigida a fixação do quantum fracional de aumento aplicada pelo juízo de conhecimento.

Deve-se levar em consideração o número de delitos praticados e não outros critérios que estejam em abstrato. Portanto, por terem sidos praticados dois crimes de estupro, o aumento fracional da pena deve ser o mínimo legal, ou seja, 1/6, o equivalente a 1 ano.

- DO REGIME FECHADO

A fundamentação utilizada pelo juiz a quo ao fixar o regime fechado é inconstitucional, pois foi reconhecido pelo Supremo Tribunal Federal em sede de controle difuso de constitucionalidade a inaplicabilidade do artigo art. 2º, § 1º, da Lei 8072/90, pelo seu conteúdo estar em abstrato. Portanto, deve-se justificar o regime com base em fatores concretos.

Ao considerar o mínimo legal da pena com a aplicação do aumento de 1/6, fica a pena final, portanto, em 7 anos, devendo ser o semiaberto o regime de cumprimento de pena.

III – DOS PEDIDOS

Por todo exposto, requer-se:

- Que seja reconhecido o crime único de estupro (art. 213, CP)

- Na fixação da pena, que seja aplicada no mínimo legal;

- Que sejam reconhecidas as atenuantes suscitadas, menoridade e confissão espontânea;

- Sendo a sentença mantida no tocante ao reconhecimento da prática de dois crime em concurso delitivo, que seja reduzida o quantum fracional para 1/6, ou seja, o mínimo legal;

- Que seja aplicado regime semiaberto.

Nestes termos, pede deferimento.

Natal-RN, 13 de julho de 2015

Advogado

OAB

...

Baixar como  txt (6.1 Kb)   pdf (50.1 Kb)   docx (14.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no Essays.club