Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Técnologia de Recursos humanos

Por:   •  8/11/2018  •  3.227 Palavras (13 Páginas)  •  3 Visualizações

Página 1 de 13

...

Para tal, algumas ferramentas são necessárias no auxílio da gestão econômica da organização. Neste sentido é o entendimento de HIPÓLITO (2001, p. 108)[6]:

Para a criação das faixas salariais pode ser observada, exclusivamente, a distribuição salarial hoje existente na organização ou buscar informações adicionais no mercado, por meio de pesquisa salarial. (HIPÓLITO 2001, p. 108).

Desta forma, a pesquisa salarial é realizada com base em faixas salariais separadas por classes de cargos (gerencial, auxiliar, dentre outros). Para fixar esta faixa, a pesquisa é importante, posto que além do momento mercadológico, outros fatores como o local de trabalho, devem ser considerados.

Destaca-se o entendimento de CARVALHO e NASCIMENTO (1997, p. 56)[7] que frisam ser a pesquisa salarial o “levantamento de dados do mercado, referente aos cargos da empresa, e tratamento estatístico que permita ação consistente por parte da empresa pesquisadora. A pesquisa salarial tem que produzir um resultado que contemple o cargo e o salário”.

Sob a mesma ótica é o ensinamento de ZIMPECK (1992, p. 242)[8] quando assevera que

a Pesquisa de Salários basicamente tem por objetivo obter elementos de comparação entre a estrutura da empresa e os níveis que prevalecem na comunidade. Constitui, portanto, excelente instrumento para a determinação de uma estratégia e uma “política” salarial.

Assim, com o intuito de criar uma filial da empresa VOXMAX é necessário um estudo do mercado suas previsões salariais. É com base nestas informações que se pode formar um banco de dados capaz de embasar um futuro plano de carreira na empresa.

Para a realização da pesquisa é necessária a observação de alguns critérios, como a definição clara de cargos e sua delimitação, a escolha da metodologia adotada, o cruzamento de informações, bem como sua análise. Desta forma, pode-se chegar a uma sinergia entre os recursos da VOXMAX e suas obrigações laborais.

A proposta do presente estudo, além de trazer a conceitualização de pesquisa salarial, era promover uma análise do quadro de pesquisa salarial do jornal “O Estado de São Paulo”, na coluna “Empregos”, durante quatro semanas seguidas.

Todavia, em virtude da indisponibilidade deste material e, não tendo sido possível sua colheita por qualquer meio (incluindo o online), foi realizada pesquisa de mercado com base em sites de recrutamento e seleção.

Para o estabelecimento de comparativos, os sites escolhidos foram: Data Folha, Empregos, Salariômetro e BNE – Banco Nacional de Empregos. Assim, pode-se estipular um comparativo entre os salários dos sites pesquisados.

Importa frisar que o Salariômetro é um site do Governo de São Paulo, onde resta estabelecido que o valor ali constante, corresponde ao salário médio nos últimos 6 meses. Assim, não houve variação de valor no correr de um mês. Os demais sites também utilizam o mesmo sistema, não havendo variação semanal.

Para algumas pesquisas, foi necessário prestar informações mais detalhadas sobre profissão e trabalhador. Um exemplo disto consta no site do BNE – Banco Nacional de Empregos[9]. Para pesquisa salarial é necessário indicar a profissão, idades mínima e máxima, estado e sexo.

Na realização da pesquisa, as únicas indicações postadas foram: profissão e Estado, individualizando o Rio Grande do Sul. Não há resultados gradativos, demonstrando o crescimento ou decréscimo salarial por semanas, trazendo, somente um resultado que se apresenta abaixo:

Pesquisa salarial

Cargo

Salários (R$) – valor médio – e sites

Data Folha[10]

Empregos.com.br[11]

Salariômetro[12]

BNE

Variação[13]

Almoxarife

1.780,00

1.112,40

761,00

1.272,00

57,25%

Analista de compras

1.669,00

1.546,59

2.690,00

2.140,00

42,51%

Analista de marketing

2.624,00

1.736,69

2.274,00

2.326,00

33,81%

Analista financeiro

2.941,00

1.791,20

2.463,00

1.990,00

39,09%

Assistente de produção

2.041,00

901,97

1.469,00

1.285,00

55,80%

Auxiliar de escritório

1.208,00

790,23

716,00

876,00

44,06%

Auxiliar de produção

1.113,00

784,39

-

716,00

35,66%

Gerente de compras

9.982,00

5.245,47

2.909,00

6.338,00

70,85%

Gerente de marketing

...

Baixar como  txt (23 Kb)   pdf (76.8 Kb)   docx (26.3 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no Essays.club