Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

PIM I projeto multidisciplinar

Por:   •  17/11/2017  •  2.904 Palavras (12 Páginas)  •  430 Visualizações

Página 1 de 12

...

“O desafio do administrador moderno é agir, de forma eficaz num cenário de competitividade global e de mudanças continuas em todas as esferas da sociedade. Essas mudanças caminham rumo a excelência administrativa”, (OLIVEIRA, 1999, p.15).

Administração é o método de delinear, estabelecer, conduzir, controlar e traçar metas a fim de alcançar objetivos propostos. A administração não é uma coisa mecânica ela é um processo continuo com objetivos próprios.

As organizações precisam, ser administradas e sua administração requer todo um aparato de pessoas dispostas em diferentes níveis hierárquicos que se ocupem de tarefas diferentes. Em síntese a administração nada mais é do que a condução racional das atividades de uma organização seja ela uma empresa lucrativa ou não.

Administrar é um processo que tem como finalidade garantir a eficiência e eficácia de um sistema.

Segundo Bravo (2003, p.05), neste inicio do terceiro milênio as organizações se multiplicam com uma velocidade sem precedentes e a necessidade de bem administrá-las cresce na mesma proporção. A multiplicidade de objetivos a que se propõe as modernas administrações vai muito além daquelas que existiam na época da organização industrial.

A tarefa da Administração envolve a interpretação de objetivos a fim de transformá-los em ação organizacional por meio do planejamento, da organização, da direção e do controle. Administrar é o ato de realizar coisas por meio de pessoas, segundo declarou o presidente da American Management Association, em 1979. O esforço grupal na realização das tarefas em todas as áreas e em todos os níveis deve ser orientado para que os objetivos sejam atingidos. A essa orientação da se o nome de Administração (MORAES, 2001 p.04).

O administrador deve possuir visão ampla, geral, a respeito de todas as atividades e informações que circulam dentro da empresa, para poder administrá-la.

De acordo com Bravo (2003, p.05), administrar hoje significa enfrentar múltiplos e diferentes desafios, significa resolver problemas que exigem um conhecimento multidisciplinar, diversificado e com forte conteúdo ético. Dessa forma para que ocorra o bom andamento hoje das organizações depende de uma administração eficiente e eficaz e para isso é necessário um amplo conhecimento técnico, percepção das oportunidades e aplicação correta das funções administrativas.

“O sucesso de um administrador na sua vida profissional não está relacionado àquilo que ele aprendeu e/ou lhe foi ensinado, mas ao seu interesse de levar para a sua pratica a teoria que aprendeu na escola” (GOMES FILHO, 2003, p.07).

Segundo Oliveira (1999, p.27) nesse contexto, a administração pode ser caracterizada como uma tecnologia e como tal, nunca fica parada, estando em constante evolução.

A administração é um sistema estruturado e intuitivo que consolida um conjunto de princípios, normas e funções para alavancar, harmoniosamente, o processo de planejamento de situações futuras desejadas e seu posterior controle de eficiência e produtividade, bem como a organização e direção dos recursos empresarias para os resultados esperados.

2.2 OS DEZ MANDAMENTOS DA BOA ADMINISTRAÇÃO

Os dez mandamentos de uma boa administração dizem respeito a parâmetros que devem ser traçados antes de iniciar qualquer negócio.

O primeiro desses mandamentos é análise de mercado: assim antes do empresário abri uma empresa é fundamental fazer uma análise de mercado, ou seja, um plano de negócio que ajude o administrador a enxergar o mercado consumidor, o mercado concorrente e o mercador fornecedor.

O plano de negócio é uma ferramenta de gestão onde se auxilia a toda a estruturação do evento, em modo de escrita todos os pensamentos, visão, possíveis clientes, concorrentes, fornecedores são elementos que auxiliarão na definição de estratégias onde se posicionaram corretamente entre tanto a fim de norteia não apenas um novo empreendedor e também empreendimentos que já está atuando no mercado, por ser uma ferramenta dinâmica que deve ser atualizada periodicamente, onde se apresenta todo o planejamento, um documento que abrange todas as diretrizes para o sucesso do mesmo. As ações para a implantação de um futuro plano de negócio: planejamento da idéia; operações, execução, sistemas e implantação.

Conforme Chiavenato (2005) para se fazer uma análise de mercado é necessário coletar informações junto ao consumidor para identificar seus costumes, comportamentos, atitudes, valores, necessidades, opiniões e motivações de indivíduos e organizações dentro do contexto de suas atividades econômicas, sociais, políticas e cotidianas. Para depois lançar o produto que se pretende.

Segundo Mendes (2004) nenhuma operação produtiva, existe isolada, todas as operações estão relacionadas com uma rede maior, relacionada com outras operações. Essa rede compreende fornecedores dos fornecedores e clientes dos clientes.

Segundo Chiavenato (2005) a análise de mercado se relaciona com marketing de produtos que devem ser lançados no mercado. Explicando melhor, diz respeito ao marketing que a empresa deve utilizar para vender melhor seus produtos. Para que isso ocorra à empresa deve organizar, determinar as necessidades, desejos e valores do mercado em que está inserida e buscar adaptar-se para promover a satisfação do consumidor de forma mais eficaz que os seus concorrentes.

Desse modo, Slack et al. (1996) afirma que um plano é baseado em perspectivas e é uma declaração de finalidades de algo que tem a possibilidade de ser realizado, mas por si só não é uma segurança de execução. Assim, quando se arrisca a modificar muito os planos, esses nem sempre podem sair de acordo com o planejado, como por exemplo, fornecedores podem não entregar os materiais e o plano pode não ser executado por diversas variáveis.

O segundo mandamento diz respeito ao perfil do público: nesse quesito é fundamental traçar o perfil do consumidor para delinear objetivos, metas, estratégias de atuação da empresa e como essa deve atuar no mercado.

Nessa linha de considerações o papel de marketing é conquistar e manter clientes. Marketing é o processo de identificar as necessidades do consumidor e transferir o conhecimento a respeito delas para a empresa, o que permite o desenvolvimento de produtos adequados (KOTLER, 1998).

O terceiro mandamento se relaciona com compras e estoques: nesse item o administrador

...

Baixar como  txt (20.5 Kb)   pdf (124 Kb)   docx (19.4 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no Essays.club