Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Psicologia Social

Por:   •  26/12/2017  •  1.149 Palavras (5 Páginas)  •  190 Visualizações

Página 1 de 5

...

Também na primeira parte do livro Iray Carone faz uma releitura da obra O Capital de Karl Marx, com o título A dialética marxista: uma leitura epistemológica, apontando o modo de tratar o objeto e como a sociedade burguesa é compreendida como um sistema social sujeito a transformações. Trata-se de compreender teoricamente o que é o capital através de uma de suas concreções históricas. Assim a mercadoria é por nós representada como um objeto útil, que atende às nossas necessidades, quer sejam materiais e/ou espirituais. Na sociedade burguesa capitalista, os valores de uso são valores de troca e a mercadoria pode ser considerada como valor de usou objeto útil e valor.

Como aponta Carone, pág. 25, colaboradora de Lane 2004, a mercadoria é um objeto não trivial dotado de poder sobre as nossas necessidades materiais e espirituais. Apontando eu não é pois, a mercadoria que está a serviço de nossas necessidades e sim, às nossas necessidades é que estão submetidas, controladas e manipuladas pela vontade e inteligência do universo das mercadorias. Sua trivialidade é falsa e esconde sua utilidade, assim a mercadoria se torna um fetiche tanto quanto nossa vontade de consumo pura submissão. Assim o objetivo da obra O Capital é saber o que é o capital em geral apontando que temos uma prática que não coincide com a ciência do capital, da mesma maneira que o conhecimento prático da mercadoria não equivale ao conhecimento de sua essência.

Com base neste estudo a obra Psicologia social: O homem em movimento é recomendada para estudantes de psicologia e psicólogos que atuam em diversas áreas da psicologia para embasar uma visão de homem que o insere em seu contexto histórico, e que levem o leitor a refletir como as relações que o homem estabelece influenciam diretamente em seu ser, sendo uma delas apontada nesta resenha, como o relacionamento do homem com o seu consumo e a representação que a mercadoria se faz em sua vida, bem como sua maneira de administrar o capital dentro da sociedade que vive.

Os autores organizadores da obra são: Silvia Tatiana Maurer Lane. Coordenadora do Centro de Ciências Humanas da PUC – SP, autora do livro O que é Psicologia Social, doutora em Psicologia Social, e Wanderley Codo. Professor de Psicologia na UNESP, doutor em Psicologia Social pela PUC – SP, membro fundador da ABRAPSO – Associação Brasileira de Psicologia Social. A autora do texto citado nesta resenha A dialética marxista: uma leitura epistemológica é Iray Carone. Professora do Departamento de Filosofia da PUC – SP. Leciona atualmente “Lógica do Conhecimento Científico” no Programa de Estudos Pós-graduados em Psicologia Social da PUC – SP.

Esta resenha foi escrita por Thaiana Andreza Landgraf Pavezzi, graduanda do 5º semestre em Psicologia pelo Centro Universitario Anhanguera, Câmpus Leme, SP.

...

Baixar como  txt (7.4 Kb)   pdf (49.4 Kb)   docx (13.3 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no Essays.club