Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O MARKETING SOCIAL COMO FERRAMENTA NAS ORGANIZAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS, UTILIZANDO COMO BASE: WWF BRASIL, CARE BRASIL E INSTITUTO AKATU

Por:   •  26/12/2018  •  6.607 Palavras (27 Páginas)  •  39 Visualizações

Página 1 de 27

...

Kotler e Roberto (1992, p.25), definem o marketing social como:

O termo marketing social apareceu pela primeira em 1971, para descrever o uso de princípios e técnicas de marketing para a promoção de uma causa, idéia ou comportamento social. Desde então, passou a significar uma tecnologia de gestão da mudança social, associada ao projeto, implantação e controle de programas voltados para o aumento da disposição de aceitação de uma idéia ou prática social em um ou mais grupos de adotantes escolhidos como alvo.

Neste trabalho, estudaremos como três organizações do Terceiro Setor poderiam utilizar o marketing social para favorecer suas causas e disseminá-las e quais os resultados que poderiam ser alcançados se adotassem esse novo processo.

As organizações escolhidas para a pesquisa são: CARE Brasil. WWF Brasil e Instituto Akatu. Elas são grandes instituições não governamentais, sendo que a CARE Brasil e a WWF Brasil são internacionais.

A WWF Brasil é uma organização que identifica problemas de conservação ambiental, e com isso implanta, geralmente com ajuda de parceiros, projetos de caráter demonstrativo que apontam soluções para esses problemas.

Ela se compromete com a conservação da natureza dentro do contexto social e econômico brasileiro. (WWF BRASIL)

O Instituto Akatu trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o consumo consciente, porque acredita que ele é um instrumento fundamental de transformação do mundo.

Defende que através do consumo de recursos naturais, de produtos e de serviços e pela valorização da responsabilidade social das empresas, qualquer consumidor pode contribuir com a sustentabilidade da vida no planeta. (INSTITUTO AKATU)

Já a CARE Brasil, se dedica ao combate à pobreza no Brasil e no mundo. Busca um país sem pobreza, com justiça social e onde a população viva com dignidade, segurança e estabilidade.

Atua como um agente catalisador e facilitador de processos de desenvolvimento, com objetivo de capacitar, envolver, gerar e aumentar a autonomia das pessoas e das comunidades na construção do seu acesso a direitos civis e humanos. (CARE BRASIL)

.

1.1 SITUAÇÃO PROBLEMA

Se o marketing social traz benefícios e ajuda organizações e empresas a atingirem seu objetivo, qual a mudança que ele traria ás organizações do Terceiro Setor, em específico a CARE Brasil, WWF Brasil e Instituto Akatu, no período de 2015 a 2017, se fosse constantemente utilizado?

- OBJETIVO GERAL

Estudar a utilização do marketing social como ferramenta na divulgação das organizações do Terceiro Setor e na arrecadação de doações, adotando como base as organizações: Care Brasil, WWF Brasil e Instituto Akatu.

- - Hipótese

Quanto mais organizações do Terceiro Setor, maior é a concorrência por recursos. Mas os recursos não vêm crescendo proporcionalmente. (ROSSETTI, [entre 2000 e 2012])

O desenvolvimento do Brasil está fazendo com que algumas organizações internacionais mudem de região e priorizem outros países para investimento, e ao mesmo tempo, grandes empresas do setor privado estão preferindo apoiar agências ligadas à ONU (Organizações das Nações Unidas), como forma de terem maior impacto. (ROSSETTI, [entre 2000 e 2012])

Com baixos recursos, as organizações do Terceiro Setor não conseguem arrecadar uma quantia suficiente para pagar o serviço do marketing, e gastam o pouco que têm em suas causas e projetos. Assim, não conseguem comprar o marketing social para melhorar a situação financeira em que se encontram.

Porém, assim como frisa O Melhor do Marketing (2000, grifo do autor):

No Terceiro Setor a adoção do marketing social demonstra ser a ferramenta mais adequada, pois é capaz de provocar mudanças cognitivas, de ação, de comportamento e de valor, ao induz à aceitação de causas e idéias novas capazes de promover mudanças quanto à forma de perceber, pensar e agir de determinados públicos sobre determinadas questões.

Com inúmeros benefícios que o Marketing Social traz às organizações do TS, busca-se, neste trabalho, analisar se é o fator econômico que leva essas organizações a fazerem uma baixa utilização dele, ou se há algum outro fator envolvido.

2.2 - Objetivos Especificos

- Analisar as organização antes e depois da utilização do marketing social e a mudança que a sua utilização traria à sociedade e meio ambiente a longo prazo;

- Estudar a mudança que a utilização do marketing social traria às organizações do terceiro setor;

- Estudar porque organizações sem fins lucrativos não investem tanto no marketing social.

- Analisar se o fator econômico tem peso principal na decisão da contratação do marketing social, ou se há outro fator envolvido.

2.3 – Justificativa

O tema de marketing social em organizações do Terceiro Setor surgiu a partir de uma curiosidade própria do por que não ouvimos tanto falar sobre essas organizações, e por que elas não investem no marketing para difundir suas ideias e conseguir adeptos às suas causas.

A importância desse trabalho se dá como uma ajuda para o sucesso do Terceiro Setor. Através da pesquisa realizada, espera-se criar uma conscientização nos leitores, e, principalmente, em coordenadores e diretores de organizações sem fins lucrativos, afim de que comecem a utilizar o marketing social e reconheçam a sua importância.

Com a utilização do marketing social, a organização não só ganha mais reconhecimento da sociedade e fidelização de pessoas, mas a população é conscientizada pelas causas socias defendidas por essas organizações.

E, com uma consciêntização da população, o meio ambiente e a sociedade, como um todo, sofrem uma mudança para melhor.

- FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

No primeiro setor, encontra-se o governo, que é responsável pelas questões sociais. Já no segundo setor, encontra-se o privado, responsável pelas questões individuais. Com a falência do Estado, o setor privado começou a ajudar nas questões sociais, através de instituições

...

Baixar como  txt (46.5 Kb)   pdf (108.3 Kb)   docx (40.4 Kb)  
Continuar por mais 26 páginas »
Disponível apenas no Essays.club