Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O PAPEL DOS CONSELHOS NO EXERCÍCIO DO CONTROLE SOCIAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES NO PERÍODO 2014-2015

Por:   •  11/12/2017  •  2.873 Palavras (12 Páginas)  •  74 Visualizações

Página 1 de 12

...

- Pesquisa de campo,

- Pesquisa documental,

- Pesquisa bibliográfica.

Utilizar-se-á o aprendizado do campo de estágio para conseguir adquirir respostas acerca do problema levantado, com a finalidade de observar, descrever e apreende as ações do objeto citado. Conforme enfatiza FONSECA, 2002. A pesquisa documental e a pesquisa bibliográfica seguem os mesmos caminhos.

“A pesquisa bibliográfica utiliza fontes constituídas por material já elaborado, constituído basicamente por livros e artigos científicos localizados em bibliotecas.A pesquisa documental recorre a fontes mais diversificadas e dispersas, sem tratamento analítico, tais como: tabelas estatísticas, jornais, revistas, relatórios, documentos oficiais, cartas, filmes, fotografias, pinturas, tapeçarias, relatórios de empresas, vídeos de programas de televisão, etc. (FONSECA, 2002, p. 32)”.

Desta forma, desenvolveu-se uma análise de documentos institucionais, como atas, relatório de reuniões, regimento interno, resoluções e outros documentos pertinentes ao CEAS– GO. A condução deste estudo exigiu-se desempenhar uma pesquisa bibliográfica, buscando em diferentes autores e pesquisadores da área apoio a está pesquisa. De acordo com SEVERINO “A pesquisa bibliográfica é aquela que se realiza a partir do registro disponível, decorrente de pesquisa anteriores, em documentos impressos, [...]. Utiliza-se de dados ou de categorias teóricas já trabalhados por outros autores”(p.122).

Seguindo a orientação do autor, foi realizada uma pesquisa bibliográfica em VIANA (1999), MORETTO E SILVEIRA (2010), ALMEIDA (2014), TRAJANO (2011) e RIBEIRO (2008-2012), que trabalharão com objeto de pesquisa semelhante, na busca de clarear a concepção do objeto a ser pesquisado. Portanto, destaca-se a importância da pesquisa, na busca de respaldo teórico, técnico e crítico, para análise da realidade dentro do Conselho Estadual de Assistência Social de Goiás e assim conhecer a importância deste para o controle social.

Para o bom desenvolvimento deste projeto faz-se uso do referencial teórico-metodológico da teoria social crítica fundamentada no materialismo histórico dialético, este referencial possibilitou a leitura da realidade do campo de estágio em sua totalidade e historicidade, mediante sucessivas aproximações na perspectiva de investigar a realidade ou aproximar -se dela, encarando-a como um desafio mediante a realidade exposta nas relações sociais de trabalho dos conselheiros do CEAS - GO.

5 – HIPOTESE

Os conselheiros estaduais de assistência social não têm exercido importante papel na efetivação do controle social da política de assistência social, por não serem capacitados, e por isso, não estão qualificados para o exercício da função.

6- RESUMO

Esta pesquisa busca analisar o papel dos conselheiros do CEAS-GO no processo de implementação do controle social no período de abril a junho de 2015, visando explorar a real importância dos conselheiros neste exercício. Com a contribuição do Conselho Estadual de Assistência Social de Goiás, no período de 2014/2015 para com as políticas publicas, tendo como base a implantação do Sistema Único de Assistência Social – (SUAS) dentro do que determina a Política Nacional de Assistência Social (PNAS)/ Norma Operacional Básica de acordo com Lei Orgânica de Assistência Social – (LOAS) no controle social.

Palavras-chave: Controle Social, Assistência Social, Conselho de Assistência Social.

7– JUSTIFICATIVA

A presente pesquisa busca dar visibilidade ao processo de gestão do controle social efetivado pelo Conselho Estadual de Assistência Social - CEAS/GO, destacando a correlação de forças presente nas distintas perspectivas de controle social (conservadora, democrática e consensualista) comentadas por diferentes referenciais, cujas características procuram-se trazer à reflexão. “A participação dos conselheiros estaduais, no controle social da política de assistência social em Goiás” - no sentido de apreender a sua real importância às políticas de assistência social, com objetivo conhecer a importância do mesmo na Política de Nacional de Assistência Social (PNAS), confirmar se ela age como determina a lei e saber qual a principal atividade desenvolvida pelo conselho estadual de assistência social nas políticas publicas.

O interesse por esta investigação aflorou a partir de sua inserção no campo de estágio que despertou a curiosidade em conhecer como o Conselho Estadual de Assistência Social de Goiás(CEAS) tem Contribuído no Controle Social. Nesta condição a pesquisa constatou a importância de um levantamento de dados com diferentes pesquisadores que trabalharam objetos semelhantes, tendo como primordialidade uma revisão de literatura, LUNA (2002), considera que “ uma revisão de literatura é uma peça importante no trabalho científico. (p.80).

Baseada nesta afirmativa foi levantado diferentes pesquisadores que trabalharam objetos similares ao objeto citado acima. Dentre os pesquisadores encontrados, tem-se VIANA (1999), que a sua tese “O impacto da LOAS na concepção e prática das agências de assistência social, no município de Goiânia”, ancorada na corrente de pensamento gramsciano, permitiu apreender e relacionar Estado/sociedade, público/privado, controle social /política social, democracia representativa/democracia participativa no processo de efetivação e impacto da LOAS na sociedade goianiense mediante ações descentralizadoras e participativas. Por outro lado MORETTO E SILVEIRA (2010) elegeram como objeto “A contribuição dos conselhos de assistência social no processo de implementação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)”, e buscaram também na corrente de pensamento gramsciano embasamento teórico metodológico à sua pesquisa, desta forma, traz-nos que a base da estrutura política está na criação dos conselhos deliberativos e paritários, que são os responsáveis pela formulação, gestão e controle social. Discutem a contribuição deste conselho ao processo de implementação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) em Goiânia e procuram refletir sua atuação na esfera pública na forma de co-gestão e participação entre governo e sociedade civil, para consolidação da assistência social como política pública em direção à efetivação deste novo sistema. Já ALMEIDA (2014), em “O Conselho Estadual de Assistência Social do Estado

...

Baixar como  txt (22.1 Kb)   pdf (139 Kb)   docx (28.4 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no Essays.club