Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O Mapeamento da Cobertura Arbórea de Frutal-MG, Utilizando Fotografias Aéreas: Uma Contribuição ao Plano de Arborização Urbana

Por:   •  6/12/2018  •  2.076 Palavras (9 Páginas)  •  0 Visualizações

Página 1 de 9

...

o município, demostrando práticas de como gerenciar a arborização da cidade por meio de geoecologias, como o geoprocessamento e o sensoriamento remoto.

2. Metodologia

2.1. Área de Estudo

O município de Frutal Figura 1 está localizado nas coordenadas 20º 01´ 29” - Latitude Sul 48º 56´ 25” - Longitude Oeste a 608 km da capital Belo Horizonte e faz divisa com o estado de São Paulo. Segundo IBGE (2010), a estimativa para 2016 é de 58.295 habitantes, o município inteiro possui 2.426,965 Km² e o perímetro urbano ocupa uma pequena parte da cidade, apenas 2.427 km² de território.

O clima do município é o tropical, com uma estação seca e outra chuvosa, sua temperatura vária entre, média anual: 25,2 Cº, média máxima anual: 31,7 Cº média mínima anual: 18,2 Cº. O município faz parte da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, sua altitude máxima é de 708 metros, média de 516 metros e mínima 390 metros.

O Triângulo Mineiro segundo Ab’Sáber (1962) está inserido no “Domínio dos Chapadões Tropicais do Brasil Central”, que possui como característica um regime pluviométrico marcado por duas estações definidas e uma vegetação característica da zona dos cerrados e florestas de galerias.

Em relação às características urbanas, houve um crescimento relevante nos últimos 40 anos. Esse crescimento foi incentivado pelo crescimento econômico da região decorrente da localização privilegiada da cidade que, por ser próxima a boas estradas para escoamento de produção e de cidades de maior porte, com disponibilidade de mão-de-obra, atraiu investimentos nesse período. Na área rural as principais atividades desenvolvidas são o cultivo de cana-de-açúcar, abacaxi, laranja e pastagens para criação de gado.

Figura 1. Mapa de localização de Frutal-MG

2.2. Método

Para o mapeamento da copa das árvores utilizamos o “Passo a passo para cálculo da projeção de copas de árvores das cidades programa MultiSpec” (AU4), elaborado pelo Laboratório de Silvicultura Urbana - USP/ESALQ, este passo a passo explica como utilizar Sistemas de Informação Geográfica (SIG), como o MultiSpec e o QuantumGIS, e demonstra como obter dados de projeção de copas das árvores das cidades, por meio de imagens multiespectrais com a banda infravermelho e de alta resolução.

A imagem utilizada foi uma fotografia aérea de Frutal -MG, disponível no banco de dados da Prefeitura Municipal de Frutal, obtidas em Setembro de 2013, resolução de 1 m, ortorretificada e georreferenciada na projeção geográfica.

A metodologia adotada para os cálculos do índice de vegetação foi baseada de acordo com os trabalhos de Melazo e Nishiyama (2010), eles utilizaram para a pesquisa sobre índice de arborização urbana de Uberlândia – MG, especificamente as copas das árvores (porte arbóreo e arbustivo) os quais foram utilizados para calcular os índices ambientais propostos a seguir. Os critérios utilizados por Melazo e Nishiyama (2010), estão descritos abaixo.

a) Índice de Cobertura Vegetal (%): “É a proporção de área coberta com vegetação (Copa das Árvores/arbustos) em função da área total de uma cidade ou de um setor urbano, ou ainda uma paisagem urbana específica” (MELAZO E NISHIYAMA, 2010). Trata-se de um indicador de qualidade ambiental representado pela fórmula.

ICV= superfície total da cobertura das árvores/arbustos (m²)

superfície total da área/ (m²)

b) Índice de Cobertura Vegetal por Habitante (m² / hab): “É a proporção de área coberta com vegetação (copa das árvores/arbustos) pela quantidade de pessoas total de uma cidade ou de um setor urbano, ou ainda uma paisagem urbana específica” (MELAZO E NISHIYAMA, 2010). Trata-se de um indicador de qualidade ambiental representado pela fórmula:

ICVH = superfície total da cobertura das árvores/arbustos (m²)

quantidade total de habitantes

2.3. Materiais

Os matérias que utilizamos nesta pesquisa foram:

A. Pesquisa bibliográfica.

B. Fotografia aérea de Frutal -MG, disponível no banco de dados da Prefeitura Municipal de Frutal, obtidas em Setembro de 2013, resolução de 1m, georreferenciada na projeção geográfica.

C. Softwares gratuitos de mapeamento e geoprocessamento, MultiSpec e QuantumGIS.

D. Manual “Passo a passo para cálculo da projeção de copas de árvores das cidades (AU4): programa MultiSpec”, elaborado pelo Laboratório de Silvicultura Urbana - USP/ESALQ;

E. Mapas da cidade com a localização dos bairros, setores censitários do IBGE 2010.

F. Arquivo vetorial de Malhas Municipais do IBGE 2010.

3. Resultados e Discussão

Sobre o índice de arborização urbana, Melazo e Nishiyama (2010), comentam que, para as áreas residenciais de baixa verticalização a meta para Munique na Alemanha é de 50% e completam que, o índice de cobertura vegetal na faixa de 30% seja o recomendável para proporcionar um adequado balanço térmico em áreas urbanas, sendo que áreas com índice de arborização inferior a 5% determinam características semelhantes às de um clima de deserto.

Nos índices calculados para Frutal, como mostra a Figura 2, obtemos um total de 2, 36 Km² de copa, somando um percentual de 8, 49% da área do perímetro urbano ocupada pelo elementos árvores e arbustos.

O valor obtido através do Índice Cobertura Vegetal (ICV) é de 8, 49%, o valor encontrado para Índice de Cobertura Vegetal por Habitante (ICVH) foi 40, 48 m² por habitante.

O ICV da cidade é relativamente baixo, a cidade não possui áreas verticalizadas, a maior concentração são de áreas residenciais, o valor encontrado é bem abaixo em relação aos dos índices recomendados. A pesquisa de Melazo e Nishiyama (2010), realizada em quatro bairros de Uberlândia-MG, revelam que os índices de cobertura vegetal por habitante variaram entre 7,5 m² e 168,95 m².

A cobertura vegetal da cidade se encontra desconexa, a falta de arborização em bairros novos e periféricos são visíveis, a maior faixa de arborização

...

Baixar como  txt (14 Kb)   pdf (62.3 Kb)   docx (17.9 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club