Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA NOVA COMPLEXIDADE EMPRESARIAL

Por:   •  19/8/2017  •  1.573 Palavras (7 Páginas)  •  197 Visualizações

Página 1 de 7

...

1.5 Atender a legislação e reportar

Diversas empresas estão fazendo relatórios dos benefícios sociais e ambientais causados pelas suas atividades. SILVA (2004) fez uma pesquisa com diversas empresas brasileiras que . Com o advento da Lei- Sarbaney, as empresas com ações na bolsa de Nova York, estão tendo que aumenta a transparência dos gestores da empresa com os acionistas de forma a minimizar os conflitos de agência.

3 O AUMENTO DA COMPLEXIDADE NA MODERNIDADE

Avaliação do desempenho empresarial vem se tornando mais complexa. Até o final dos anos 1980 a produtividade e desempenho econômico era praticamente as únicas dimensões consideradas numa avaliação de desempenho. Entretanto com a saturação dos mercados as empresas tiveram que competir pelo cliente iniciando o movimento pela qualidade e de melhoria dos processos internos. No decorrer dos anos 1990, questões ambientais e sociais se tornaram um aspecto relevante, principalmente para as grandes corporações. A idéia de considerar todas as partes interessadas não é nova e já estava presente em FREEMAN (1984). A necessidade de se satisfazer diversos stackeholders resultou num modelo de avaliação complexo, como o proposto por NEELY (2001). Hoje há muita cobrança sobre aspectos sociais e ambientais do funcionamento de sistemas produtivos. FOSSGARD-MOSER (2005) mostra um exemplo prático da experiência da Shell com a utilização de relatórios sociais.

Paralelamente, durante essa década, encontramos ainda algumas iniciativas para avaliação de valores intangíveis como conhecimento, tecnologia, imagem, marca e reputação que não vinham sendo contabilizados pelos sistemas tradicionais, mas que são os reais fatores de sucesso empresarial. Nos últimos anos, o trabalho sobre a informação tem sido mais importante do que o trabalho sobre a matéria.

Outro fator complicador está na necessidade atual de se avaliar o desempenho de toda a cadeia produtiva, não somente dentre de uma empresa. BROWNE (2005) é um dos autores que fala da importância da avaliação de desempenho em toda a cadeia produtiva.

A figura 1 ilustra o aumento da complexidade na modernidade.

[pic 1]

Figura 1: Aumento da complexidade na avaliação do desempenho empresarial

Portanto, hoje para se fazer um modelo adequado de avaliação de processos é preciso se considerar também saídas para a coletividade (benefícios sociais e meio ambiente). A Figura dois mostra um exemplo de macroprocesso.

[pic 2]

Figura 2: Macro processo de uma empresa produtiva ou prestadora de serviços

4 DILEMA

Após analisar todos aspectos da nova realidade empresarial, podemos concluir que os diversos aspectos não financeiros relacionados com a melhoria da qualidade e aumento da produtividade, na verdade, conspiram com os objetivos financeiros dos acionistas. O mesmo raciocínio pode ser feito na avaliação de bens intangíveis que também irão acabar gerando retorno financeiro.

O dilema enfrentado pelas empresas hoje em dia está no conflito entre gerar valor para o acionista versus gerar valor para a sociedade. Hoje sabemos que o capitalismo selvagem, assim como o sistema socialista não funcionam. Estamos caminhando para um modelo híbrido, onde a empresa procura maximizar seu resultado procurando contribuir também para a sociedade. Será preciso ainda melhorar os mecanismos de controle e avaliação para atingirmos esses objetivos. Hoje são as próprias empresas que se auto-avaliam nas dimensões de interesse coletivo.

O quadro a seguir sintetiza como os diversos critérios e indicadores de sustentabilidade posem impactar a empresa e o seu redor.

Quadro 1: Critérios e indicadores de sustentabilidade. Visão empresa e para a coletividade.

Econômica

Social

Ambiental

Empresa

ROACE

Direitos Humanos, Diversidade, Realização pessoal

Ecoeficiência: Consumo de Energia e MP

Região

Impostos

Empregos

Infra-estrutura

Emissões Despejos

Bio diversidade

Pais

PIB, Balança Comercial, Impostos

P&D

Global

Transferência de tecnologia

Emissão CO2

---------------------------------------------------------------

ANEXO 1

Principais institutos internacionais com esforços em criar metodologias para relatar desenvolvimento sustentável.

- WBCSD World Business Council for Sustainable Development

- GRI Global Reporting Initiative

- OECD Organisation for Economic Co-operation & Development

- ISEA Institute for Social & Ethical Accountability

- LBG London Benchmarking Group

- FSC Forest Stewardship Council

- BSR Business for Social Responsibility

- CEP Council for Economic Priorities / SA8000

- EFQM European Foundation for Quality Management

- BITC Business in the Community

- ETI Ethical Trading Initiative

- EU European Union (corporate codes of conduct in developing countries)

- CTC Centre for Tomorrow’s Company

- EBNSC European Business Network for Social Cohesion

- UNEP United Nations Environment

...

Baixar como  txt (11.8 Kb)   pdf (94.5 Kb)   docx (15.9 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club