Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O Aborto e Eutanásia

Por:   •  3/8/2022  •  Pesquisas Acadêmicas  •  620 Palavras (3 Páginas)  •  34 Visualizações

Página 1 de 3

Aborto vs. Eutanásia: qual é a prática mais razoável?

Vivemos numa sociedade sem valores, onde é comum matar, roubar e usar drogas, onde o prazer sexual vem acima de idade, de sexo e de maturidade suficiente para assumir as consequências de uma futura gravidez, devido a isso, dia apos dia, vemos que o numero de abortos tem aumentado. Por outro lado, eutanásia é a possibilidade de um ser humano poder decidir/escolher se quer morrer, com assistência médica, devido a uma doença incurável e por se encontrar num estado de grande sofrimento, em que a morte será um acto de misericórdia e liberdade. Partindo dos pressupostos que as duas práticas têm o mesmo fim: tirar uma vida, porém em circustâncias diferentes, qual destas duas práticas é a mais razoável???

Existem neste cenário vozes que gritam que sim ao aborto e vozes que gritam não ao aborto. As vozes a facor argumentam que muitas meninas morrem, porque ainda não tem seus corpos fisicamente preparados para uma gravidez, e existem muitas meninas, que desejam abortar seus filhos, pois a relação foi forçada ou foi fruto de um estupro ou por falta de condições depois do nascimento o jogam na rua, ou o deixam largado, sem cuidado, gerando mais problemas futuros á sociedade. As vozes contra o aborto argumentam que mesmo o sendo um feto, ele já tem vida, e um aborto seria retirar a vida de um ser que não tem culpa de nada. O bebê não sabe se foi fruto de um estrupo, ou de uma falta de proteção.

A eutanásia não é um dilema recente, trata-se de uma discussão que permeia a história humana por tratar de um tema tão complexo e sensível: a escolha individual da vida  pela vida, ou o direito a escolher quando o sofrimento ou a dor pode se tornar uma justificativa tangível para que se busque a morte como meio de alívio.

Assim como o aborto é legal para alguns países, a eutanásia  é  um  direito  legalmente  previsto  em  alguns  países  como  a Holanda e a Bélgica, nos casos para pacientes terminais ou portadores de doenças incuráveis que acarretam em sofrimento físico e emocional para o paciente e seus familiares. É importante destacar que a eutanásia é um ato de vontade própria e individual do enfermo, quando em estado de plena consciência, que garante a esse a escolha entre cessar seu sofrimento em vida ou continuar lutando.

Os debates sobre estes assuntos são geralmente encabeçados por membros de organizações religiosas, que argumentam que a vida é uma dádiva divina sobre a qual nenhum ser  humano tem direito ou o poder de voluntariamente cessá-la.

Colocado isto, fica a critério de cada um escolher qual prática é razoável dependendo da situação em que a pessoa se encontre vivenciando. Por um lado,  abortar não é somente se livrar de uma criança, é tirar dela o direito de viver e culpa-lá por algo que ela nunca fez e por outro lado praticar a eutanásia, na concepção médica é o certo a fazer para terminar com o sofrimento do paciente, mas na concepção religiosa e ética, é errado cessar vida de alguém, pois todo mundo tem direito à vida independentemente das circunstâncias.

...

Baixar como  txt (3.5 Kb)   pdf (53.7 Kb)   docx (7.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no Essays.club