Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A INTRODUÇÃO A PRÁTICA FARMACÊUTICA

Por:   •  13/11/2021  •  Trabalho acadêmico  •  2.477 Palavras (10 Páginas)  •  53 Visualizações

Página 1 de 10

[pic 1]

FARMÁCIA

INTRODUÇÃO Á PRÁTICA FARMACÊUTICA (IPF)

POSTAGEM 2

ATIVIDADE 2 – RELATÓRIO FINAL

GLEICI APARECIDA OLIVEIRA SILVA RA: 2100808

GILMAR MARQUES RA: 2132203

VINICIUS TEODORO BERNARDINELLI RA: 2123578

ERCÍLIA / S.J.R.P

2021

RESUMO

Esse trabalho visa avaliar a importância das disciplinas acadêmicas, no curso de farmácia, a aplicação na rotina do profissional no âmbito da farmácia de manipulação, visando assim, promover o entendimento de cada disciplina na formação do profissional como também, avaliar a importância das disciplinas na Atenção Farmacêutica na farmácia de manipulação.

1. INTRODUÇÃO

Esse projeto tem como objetivo, realizar uma análise sobre a importância das disciplinas administradas no primeiro semestre do curso de Farmácia, sob a percepção do Farmacêutico no ambiente de trabalho. A prática farmacêutica se fundamenta e m ações específicas do profissional farmacêutico na assistência a o paciente. O ato profissional farmacêutico está fundamentado em três princípios: o conhecimento efetivo d o medicamento, o relacionamento com o usuário de medicamento e com o prescritor do medicamento.

A Atenção Farmacêutica é uma prática que tem como principal finalidade melhorar a qualidade de vida do paciente que faz ou não uso de medicamentos. Além de otimizar o tratamento farmacológico e prevenir problemas relacionados ao uso de medicamentos.

         A atenção farmacêutica é o componente da prática profissional onde o farmacêutico interage diretamente com o paciente para atender suas necessidades relacionadas aos medicamentos (PERETTA; CICCIA, 1998).

         É notório que os farmacêuticos, em modo geral, não saem capacitados para o planejamento e para a gestão de suas competências, os currículos farmacêuticos não contemplam as disciplinas estudadas, como também não é possível ao estudante aplicar tais disciplinas na maior parte dos estágios cursados (Conselho Nacional de Saúde. Resolução CNS nº 338 de 06 de maio de 2004. Aprova a Política Nacional de Assistência Farmacêutica. Diário Oficial da União 2004; 20 maio). Na contramão desse processo, gerir sem aplicação do conhecimento aplicado, resulta na compreensão do acadêmico quanto a sua responsabilidade como futuro profissional, sendo assim, é de extrema importância as competências acadêmicas aplicadas na pratica por toda extensão do curso (Fitzgerald J, Soler O).

Sendo assim, é necessário que a farmácia retorne à atividade de estabelecimento de saúde, desempenhando importante função social e tendo o farmacêutico como líder. Para isso, torna-se necessário investir na formação que resulte na melhoria do atendimento e, consequentemente, na conscientização da população para o uso correto dos medicamentos. Para isto, o farmacêutico deve possuir o conhecimento teórico, aliado à habilidade de comunicação nas relações interpessoais (Chaud, Gremião, Freitas, 2004).

Sendo um estabelecimento que integra os sistemas de saúde, a farmácia apresenta vantagens, tais como, fácil acesso a um profissional de saúde; condições adequadas para participação em campanhas sanitárias; redução de gastos com tratamentos, por possibilitar intervenção primária e encaminhamento à assistência médica; aumento na aceitação do paciente à terapia farmacológica prescrita (VIDOTTI; SILVA, 2005/2006), com consequente melhoria na qualidade de vida do usuário.

No Brasil, existem farmacêuticos que, isoladamente, que buscam alternativas para desenvolver a Atenção Farmacêutica, contudo pode-se observar que, na maioria dos casos, esse novo processo está associado às Universidades e seus docentes. Sendo assim, podemos considerar que a atividade de Atenção Farmacêutica ainda é inicial no Brasil, tanto no setor público quanto no privado. Para a implementação efetiva da Atenção Farmacêutica, é necessária uma conscientização do acadêmico desde a base do ensino, como também, conscientizar os gestores que esta atividade reduz custos para o sistema saúde e melhora a qualidade de vida. No setor privado, pode representar o diferencial de atendimento, que contribui para a fidelidade do cliente.

         O farmacêutico, mais do que nunca, tem um papel importante junto à construção de um novo modelo de atenção à saúde, onde ele possa estar inserido como profissional do medicamento, atuando como referência na orientação, cumprimento, acompanhamento e monitoramento da terapia farmacológica. A atuação farmacêutica é fundamental na qualidade da Assistência Farmacêutica, e consequentemente, na eficiência dos sistemas de saúde (Brasil. Resolução nº 338, de 6 de maio de 2004. Aprova a Política Nacional de Assistência Farmacêutica. Diário Oficial da União 2004; 6 maio).

2. OBJETIVO

Esse trabalho tem como objetivo avaliar a importância das disciplinas acadêmicas, no curso de farmácia, a aplicação na rotina do profissional no âmbito da farmácia de manipulação, visando assim, promover o entendimento de cada disciplina na formação do profissional como também, avaliar a importância das disciplinas na Atenção Farmacêutica na farmácia de manipulação, e fazer uma reflexão sobre o perfil do profissional farmacêutico que atua na área de farmácia de manipulação, uma base sobre sua formação principal, o contexto de onde atua, modos de atualização e nível de satisfação profissional dos entrevistados, com o propósito de obtenção de informações relevantes sobre as atividades desenvolvidas por este profissional.

3. MATERIAIS E MÉTODOS

         A pesquisa foi realizada no ano de 2021 em farmácias de manipulação de Barretos – SP e em algumas das cidades da região onde os demais membros do grupo residem. As farmácias de manipulação foram escolhidas ao acaso, de mais fácil acesso. O critério de inclusão foi ter o farmacêutico responsável, corresponsável ou substituto como respondente. Nenhum outro colaborador respondeu às perguntas. Os dados foram coletados a partir da aplicação de questionário contendo 6 perguntas, sobre a prática farmacêutica. Cerca de  10 farmacêuticos concordaram em participar da pesquisa. A Farmácia de Manipulação é uma empresa que produz, diariamente, manipulados através de aviação de receituários como também medicações e cosméticos de venda livre. A revisão bibliográfica será de importância para abordarmos a visão já construída por outros pesquisadores, sobre o assunto abordado, como contribuir como “fio condutor” da pesquisa para o desenvolvimento da linha de raciocínio.

...

Baixar como  txt (17.5 Kb)   pdf (308.9 Kb)   docx (237.4 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no Essays.club