Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Relatório de Bioquimica

Por:   •  28/3/2018  •  2.220 Palavras (9 Páginas)  •  124 Visualizações

Página 1 de 9

...

Enzimas são catalisadores biológicos de alta especificidade. A velocidade do catalisador pode alterar a velocidade e a quantidade de energia que deve ser emprestada ao sistema para inicio das reações. Existem fatores que influenciam nas reações enzimáticas como:Temperatura,as variações de pH muito grandes alteram as cargas das proteínas diminuindo a eficiência das enzimas. Concentração da enzima velocidade da reação cresce proporcionalmente a quantidade de enzima empregada e concentração do substrato a velocidade da reação aumenta à medida que a concentração se eleva até um ponto em que a enzima é saturada pelo substrato.

Os lipídios são moléculas orgânicas com funções diversas e fundamentais nos seres vivos. Ao contrário das proteínas e dos carboidratos, não existe nenhum padrão para formação de moléculas lipídicas, eles são formados por diferentes tipos de moléculas. A principal propriedade característica dos lipídios é de serem compostos apolares, e, por isso, não podem se dissolver em água (Silva et al., 2010).

Na reação de saponificação o sabão é um produto obtido a partir de uma hidrólise alcalina de uma gordura de origem vegetal ou animal (gordura essa cuja função química corresponde a um trialciglicerídeo). A principal característica química do sabão é a formação de micelas (em meio aquoso), que são aglomerados esféricos de ânions carboxilatos que estão dispersos por toda a fase aquosa. As cadeias de alquila permanecem em meio apolar, no interior da micela, enquanto que os grupos de carboxilato permanecem no lado de fora da micela, em um ambiente polar (fase aquosa). Na reação de halogenação há adição de iodo em uma solução contendo lipídios (ácidos graxos), em que o iodo reage com as duplas ligações dos ácidos graxos insaturados. Se houver dupla ligação nesses, o iodo será consumido e a coloração característica da solução de iodo diminuirá sua intensidade de coloração.

2 OBJETIVO

2.1 Experimento 1: pH e Solução tampão

Verificar a alteração de pH nas solução tampão após acrescentar o ácido (HCl) e em outro béquer a base (NaOH).

2.2 Experimento 2: Efeito tamponante dos Aminoácidos

Verificar a alteração de pH das soluções de aminoácidos após acrescentar o ácido (HCl) e em outro béquer a base (NaOH).

2.3 Experimento 3: Determinação de Proteínas em solução pelo método do Biureto

Verificar a concentração de proteínas em diversos meios, sendo eles: água, Solução de Albumina 10%, Solução de glicina 1%, Solução de amido 1%, leite fervido, leite sem ferver, óleo de cozinha e suco de fruta.

3 MÉTODOS

3.1 Determinação de açucares em solução:

3.1.1 Teste de Barfoed

Utilizou-se dois tubos de ensaio, cada um contendo 2 ml de reativos. Em um dos tubos adicionou-se 2 ml de glicose e no outro 2ml de lactose e observou-se os resultados.

3.1.2 Teste do espelho de prata

Colocou-se 1 ml de nitrato de prata em um tubo de ensaio, adicionou-se amônia gota a gota totalizando 1ml. Acrescentou-se 0,5ml de solução de glicose e agitou-se. Levou-se o tubo ao banho maria até fervura e observou-se os resultados.

3.1.3 Teste de Fehling

Utilizou-se dois tubos, contendo 1 ml de solução A e 1ml de solução B em cada. Adicionou-se 0,5ml de solução de glicose em um dos tubos, e 0,5ml de solução de sacarose no outro. Misturou-se e aqueceu-se ate fervura.

3.2 Determinação proteica e ação enzimática

3.2.1 Desnaturação

Preparou-se 5 tubos de ensaio contendo 2ml de solução proteica 10% cada.

Tubo 1: aqueceu-se ate fervura.

Tubo 2: Acrescentou-se 2ml de HCL 5m.

Tubo 3: Acrescentou-se 2ml de NaOH 5m.

Tubo 4: Acrescentou-se 2ml de etanol gelado.

Tubo 5: Acrescentou-se 2ml de sulfato de Amônio.

3.2.2 Ação enzimática

Preparou-se uma solução de amilase salivar contendo 2 ml de saliva e 2 ml de água destilada. Preparou-se 5 tubos de ensaio contendo 2 ml de solução de amido cada. Acrescentou-se 0,5 ml de solução de saliva em cada tudo e testou-se a digestão do amido gotejando 4 gotas de lugol nos tempos: 0, 2, 4, 6 e 8 min.

3.3 Lipídeos

3.3.1 Saponificação

Colocou-se uma parte de manteiga em um bécker e adicionou-se 20ml KOH 10% em álcool. Aqueceu-se em banho maria por aproximadamente 5min. Verificou-se a solubilidade completa observando-se a dissolução em água.

Testes:

Tubo 1: 2ml de sabão + 5 gotas de cloreto de sódio 35%.

Tubo 2: 2ml de sabão + 5 gotas de cálcio 10%.

Tubo 3: 2ml de sabão + 5 gotas de ácido clorídrico 0,1n.

Misturou-se.

3.3.2 Halogenação

Tubo 1: 5ml de óleo de soja + 10 gotas de lugol.

Tubo 2: 5ml de margarina fundida + 10 gotas de lugol.

Aqueceu-se em banho maria até o desaparecimento da coloração de lugol. Após o resfriamento adicionou-se 3 gotas de solução de amido e verificou-se se houve sobra de iodo.

4 RESULTADOS

4.1 Determinação de açucares em solução

4.1.1 Teste de Barfoed

Tubo 1: colorou-se de azul claro e apresentou-se com aspecto límpido.

Tubo 2: apresentou-se com aspecto turvo.

4.1.2 Teste de espelho de prata

Formou-se o espelho de prata.

4.1.3 Teste de Fehling

...

Baixar como  txt (15.5 Kb)   pdf (64.8 Kb)   docx (20.7 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club