Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A EDUCAÇÃO INCLUSIVA: O PAPEL DO EDUCADOR DIANTE DA INCLUSÃO SOCIAL

Por:   •  6/9/2022  •  Artigo  •  5.214 Palavras (21 Páginas)  •  24 Visualizações

Página 1 de 21

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: O PAPEL DO EDUCADOR DIANTE DA INCLUSÃO SOCIAL

Márcia Cristina Cardoso Gomes Bruno

RESUMO

O objetivo geral deste trabalho é o de identificar as possibilidades de atuação do professor para favorecer a inclusão de crianças com necessidades especiais. O artigo trata-se de um levantamento bibliográfico, de caráter descritivo, exploratório, de cunho qualitativo de periódicos de pedagogia. Relatamos o importante papel que o educado desenvolve dentro na educação inclusiva, no qual deve qualificado profissionalmente e culturalmente para que não haja qualquer tipo de discriminação em sala de aula. De acordo com conteúdo do presente trabalho, faz-se necessária uma atuação profissional eficiente que privilegiem a efetivação dos direitos inclusivos só assim seriam possíveis melhoras no suporte para atuação do professor para a inclusão de crianças com necessidades especiais na sala de aula em ensino regular, pois se deve reconhecer que as crianças podem aprender juntas, mesmo com objetivos e processos diferentes. Concluiu-se que considerando que os professores devem atuar na área de desenvolvimento proximal de alunos com deficiência, por meio de intervenções e ajustes curriculares para estimular a autonomia e a capacidade de desenvolver o potencial de cada aluno, podem ocorrer intervenções na adaptação dos alunos com deficiência ao ensino. materiais propostos pela escola e a deficiência Mediação social entre as crianças e seu ambiente.

Palavras-chave: Inclusão Social. Educador. Educação Inclusiva.

1 INTRODUÇÃO

Cabe destacar que as pessoas com necessidades especiais ainda estão excluídas do sistema educacional, e buscam processos bilaterais para solucionar problemas, determinar soluções efetivas e igualdade de oportunidades, permitindo que se integrem à sociedade e tenham igualdade de oportunidades.

Para iniciar uma pesquisa sobre inclusão, é preciso saber quando a ideia surgiu. A ideia mais aceita algum tempo atrás era a ideia de integração intraescolar, apenas para inserir alunos “especiais” nas escolas. Progressos relacionados ao conceito de inclusão podem ser observados. Com o tempo, ficou claro que a integração por si só não é suficiente para atender às necessidades de todas as crianças. Portanto, é preciso quebrar as barreiras, iniciar a ideia de inclusão e lançar uma luta pela igualdade.

Escolas e professores são fundamentais para incluir alunos "especiais" no currículo do ensino regular. Eles devem permitir que os alunos se desenvolvam e se sintam parte do todo, não apenas um “fardo” para outros colegas e professores. As escolas também devem preparar espaços físicos para receber esses alunos. Porque muitas vezes têm dificuldade em entrar na sala de aula e têm de se adaptar à escola. Assim, tem-se por problemática responder à seguinte questão: Qual a importância do educador diante a educação inclusiva?

Nesse contexto, o objetivo geral deste trabalho é identificar as possibilidades de atuação dos professores no apoio a crianças com necessidades especiais. Com base nos objetivos gerais, são detalhadas as ações implementadas para alcançar o processo de inclusão escolar nas áreas de ensino, administração e gestão, e elencam-se os principais avanços, obstáculos e desafios da experiência de inclusão escolar no campo da educação.

O artigo trata-se de um levantamento bibliográfico, de caráter descritivo, exploratório, de cunho qualitativo de periódicos de pedagogia. O estudo descritivo reuniu informações que possibilitam averiguar condições e ações do objeto em estudo para melhor planejar e proporcionar as práticas do educador.

Este tema é demonstrado através da experiência em um ambiente escolar onde se nota que os alunos com necessidades especiais enfrentam muitos preconceitos e dificuldades. Porque são eles que trazem na cara os resultados dos fatores biológicos, e acabam sendo alvos de diferenciação e preconceito. A falta de apoio das autoridades também levou a resultados de inserção abaixo do ideal.

A partir do momento que a sociedade perceber que os alunos são capazes de conviver com os outros e ter uma vida normal, vamos acabar com o preconceito e a verdadeira inclusão, não apenas a inclusão social, mas a inclusão com amor, solidariedade e respeito. O artigo foi dividido em dois capítulos que abordassem tópicos importantes para apresentar o contexto da inclusão como história, características, ideias, progressos e dificuldades, e a importância da escola e dos professores neste processo de inclusão, ao fim as conclusões onde espera-se que o assunto seja desenvolvido de forma clara e objetiva.

2 METODOLOGIA

Com o intuito de cumprir os objetivos propostos nesta pesquisa será desenvolvida uma pesquisa bibliográfica de cunho qualitativo, onde serão utilizados documentos que amparem a educação inclusiva. A pesquisa que segue a linha de formação docente busca embasamento em diversos documentos publicados em periódicos acerca do tema. O intuito com a utilização destes documentos é o de mostrar sobre os direitos e deveres da educação inclusiva, e o que pesquisadores desta área falam sobre o assunto.

As técnicas empregadas são por meio da leitura de obras que visam encontrar respostas e soluções para problemas no processo de inclusão e a importância do professor nesse processo. No entanto, o estudo é classificado como descritivo, pois relata a importância dos docentes nesse processo de inclusão e desenvolvimento. Para Gil (2010), busca-se a pesquisa descritiva juntamente com a pesquisa exploratória, que muitas vezes é realizada por pesquisadores sociais que focam na ação. No entanto, esta pesquisa ainda é exploratória, pois o conhecimento científico é explorado como produção de pesquisa ao se aprofundar nas opiniões de tantos teóricos. De acordo com Gil (2010), a pesquisa exploratória é principalmente projetada para desenvolver, esclarecer e revisar conceitos e ideias com vistas a fazer perguntas mais precisas com hipóteses pesquisáveis.

Consequentemente, o material foi subdividido de acordo com o tema a fim de facilitar a elaboração do seu desenvolvimento. A partir desse momento, os artigos foram colocados em ordem cronológica, realizando-se análises e elaboração do desenvolvimento da pesquisa com vistas a atingir o objetivo principal que foi levantar o que há descrito na literatura sobre os o papel do educador na educação inclusiva.

3.  RESULTADOS E DISCUSSÃO

3.1 O Educador e a Inclusão Social

Para iniciar uma pesquisa sobre inclusão, é preciso saber quando a ideia surgiu. A ideia mais aceita algum tempo atrás era a ideia de integração intraescolar, apenas para inserir alunos “especiais” nas escolas.

...

Baixar como  txt (35.7 Kb)   pdf (155 Kb)   docx (24.3 Kb)  
Continuar por mais 20 páginas »
Disponível apenas no Essays.club