Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

ETA – ESTÚDIO DE TREINAMENTO ARTÍSTICO (FICHA DE LEITURA)

Por:   •  19/11/2017  •  2.414 Palavras (10 Páginas)  •  123 Visualizações

Página 1 de 10

...

---------------------------------------------------------------

ETA – ESTÚDIO DE TREINAMENTO ARTÍSTICO (FICHA DE LEITURA)

Nome: Felipe Felix São Pedro Turma: Modulo III - quinta-feira – período noturno

Nome da obra: O Gabinete do Doutor Caligari (Das Cabinet des Dr. Caligari)

Época: Lançado em 1920, em um país que estava em crise financeira e política, que estava no pós-guerra, por conta do tratado de Versalhes, acordo de paz que dizia que os perdedores, como a Alemanha, deveriam indenizar os países vencedores, e por conta disso a Alemanha estava “mal das pernas”.

Nacionalidade: Alemã

Direção: Robert Wiene (Nascimento: 27 de abril de 1873, Breslávia, Polônia / Morte: 17 de julho de 1938, Paris, França)

Personagens:

- Dr. Caligari: Hipnotizador, que na verdade é um doutor de um sanatório, cujo objetivo é curar seu paciente, ele se mostra a principio de um jeito, mas no final, não é o vilão;

- Cesare: Sonambulo, suposta vítima do Dr. Caligari;

- Jane: Noiva, moça pelo qual Cesare se interessa, mas é outra louca do hospício, tem características comuns de vitima;

- Alan: Amigo que morre cedo assassinado e que era interessado em Jane

- Francis: Investigador, sempre desconfia, com sede de justiça.

Sinopse: Francis (Friedrich Feher) e o amigo Alan (Hans Heinrich von Twardowski) visitam o gabinete do Doutor Caligari (Werner Krauss), onde conhecem Cesare (Conrad Veidt), um homem sonâmbulo que diz a Alan que ele morrerá. Assim acontece e Alan acorda morto no dia seguinte, o que faz com que Francis suspeite de Cesare. Francis então começa a espionar o que o sonâmbulo faz com a ajuda da polícia. Para descobrir todos os mistérios, Francis acredita só haver uma solução: adentrar no misterioso gabinete do Doutor Caligari.

---------------------------------------------------------------

Análise crítica

Com cenários surreais (que mostram os delírios de uma pessoa com doença mental) que a cada momento imprimem uma sensação de sonho, com contrastes de cor e um ar tenebroso, na verdade é mais um pesadelo do que sonho, sem especificar datas, falando “difícil” o mise-en-scène é onírico com uma luz voltada ao tenebrismo e criam um ambiente de opressão (por conta apenas do contraste de luz, mas não é barroco, é expressionista).

O Gabinete do Dr Caligari foi pioneiro em vários aspectos, primeiro porque já começa de uma forma não linear, começa do fim, e no meio do filme tem flashback, só isso já mostra o diferencial dele perante os demais.

O mais interessante é que o filme faz você ser levado o tempo todo a um caminho e no final você vê que não é nada disso, tem um nome para esse termo, “ex-machina”, fugindo do óbvio, porque até então com os assassinatos que estão acontecendo, tudo leva a crer que o Dr Caligari e o Cesare são os assassinos, sendo o doutor Caligari o hipnotizador e Cesare a vítima que faz tudo inconscientemente, então no final da história há uma reviravolta e o narrador é na verdade um louco e tudo foi remontado para entender o porquê dele ter cometido esses crimes.

Aa expressão dos atores, os olhares e movimentos deles é falar de expressionismo, são todos bem precisos, alguns são repetitivos, causam estranhamento e são pontuais.

O filme mostrar uma perturbação psicológica da mentem humana que é vista em todos os aspectos, fala muito sobre a questão de julgamento precipitado, no enredo, nas expressões, joga de luz, e cenário, e passa aquele velho ditado de que “as aparências” enganam, fazendo com que de cara julguemos alguém como culpado logo de cara e depois, faz com que o espectador até se sinta um pouco constrangido talvez, por julgar sem conhecer os fatos, basicamente o filme mostra o espelho de uma sociedade hipócrita, que julga sem saber.

Nele há uma metáfora que compara o Dr. Caligari com o Totalitarismo. Vejamos, no país em que o filme foi criado, as pessoas estavam com medo, angústia, sem confiar no seu país que estava todo quebrado por conta do tratado, é normal criar uma fulga dessa realidade, e criar um “mundo” onde as coisas sejam como querem que sejam, onde o inimigo malvado é outro, onde o inimigo se dá mal, mas assim como na Alemanha, não foi isso o que ocorreu, quem se da mal é o protagonista, Francis, que é um investigador, um homem da lei, como a Alemanha, seus soldados e governo, que matou varias pessoas de outros países na guerra, mas no final perde e se vê obrigada a pagar indenização e ficar com um país todo destruído, bem como a mente de Francis, quebrada e presa em um hospício.

A Alemanha ficou sobre um comando totalitário que mais pra frente foi substituído pelo nacional socialismo (Nazismo), o Regime totalitário é associado ao Dr. Caligari (que entra logo no começo da trama, subornando o responsável por liberar acesso à feira, ao estilo do tratado de Versalhes) que se apresentava para várias pessoas em feiras, influenciando-as com seu poder de hipnotismo, o mesmo acontece com o Totalitarismo, que influencia as Massa.

Existe um filme chamado “Ilha do medo” de por Martin Scorsese, cujo a ideia bebeu da mesma fonte que o Gabinete do Dr Caligari. Martin Scorsese, isso porque o Gabinete foi tão original em sua forma de se expressas, de fazer criticas, usando linguagens bem simbólicas, que se tornou digno de ser imitado, virou um CLÁSSICO.

---------------------------------------------------------------

ETA – ESTÚDIO DE TREINAMENTO ARTÍSTICO (FICHA DE LEITURA)

Nome: Felipe Felix São Pedro Turma: Modulo III - quinta-feira – período noturno

Nome da obra: Nosferatu – Uma sinfonia de Horror (Nosferatu = vampiro)

Época: Lançado em 1922, em um país que estava em crise financeira e política, que estava no pós-guerra, na republica de Weimar, por conta do tratado de Versalhes, em uma Alemanha subjugada.

Nacionalidade: Alemã

Direção: Friedrich Wilhelm Murnau (Nascimento 28 de dezembro de 1888, Bielefeld, Alemanha / Morte: 11 de março de 1931,

...

Baixar como  txt (15.3 Kb)   pdf (111 Kb)   docx (18.6 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no Essays.club