Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

EMPRESAS, (APLICATIVOS E JOGOS)

Por:   •  15/11/2017  •  730 Palavras (3 Páginas)  •  140 Visualizações

Página 1 de 3

...

prêmios como: Startup Weekend

Rio 2011, IBM Smartcamp Brazil 2011, Startup Farm RIO 2011, TNW Awards Brazil

2012, Spark Awards 2013 e Prêmio LIDE de Empreendedorismo 2013. Mas para Tallis

Gomes, criador do aplicativo, conseguir tudo isso não foi fácil.

Somente após duas tentativas de empreendimento é que Tallis conseguiu chegar

aonde queria: fazer uma empresa que, além de lucro, trouxesse mudanças na

sociedade. Mas para fazer com que essa ideia ganhasse força, ele precisou convencer

os taxistas de que o aplicativo seria um bom negócio. Chegou até a alugar smartphones

para os motoristas que não tinham um.

Em menos de dois anos, a empresa já tinha um investimento de R$ 55 milhões

e já havia registrado mais de 5 milhões de downloads. E até hoje não para de crescer.

5

5 Lemon Wallet

Fundado no Vale do Silício, o aplicativo permite que o usuário armazene dados

de cartões e recibos de compras, ajudando a fazer o controle de seus gastos. Após

verificar os valores recebidos, ele faz o cálculo de quanto foi gasto no dia, no shopping

ou ao fazer uma viagem.

Altamente capacitada, a fundadora brasileira Isabel Pesce Mattos, acertou em

cheio ao criar o aplicativo, que recebeu notoriedade rapidamente, graças à fama da

fundadora, que aos 24 anos já era graduada em Ciência da Computação, Matemática,

Economia e Administração. Apesar do investimento imediato e crescente no aplicativo,

Isabel acredita que ainda há muito a ser melhorado.

6

6 Instagram

Ao criar uma rede social com foco em compartilhamento de fotos, o jovem

brasileiro Mike Krieger se tornou um multimilionário em apenas 18 meses, ao vender

sua empresa para o Facebook.

Após completar seus estudos na Universidade de Standford, Mike e seu amigo

Kevin Systrom se tornaram empreendedores numa pequena startup, chamada Burbn,

que se transformou no Instagram. A popularização do app foi tão avassaladora que

chamou a atenção da maior rede social do mundo, o Facebook, que comprou-o em 2012

por US$ 1 bilhão

...

Baixar como  txt (5 Kb)   pdf (66.7 Kb)   docx (11.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no Essays.club