Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Processo de Fabricação

Por:   •  8/11/2018  •  2.066 Palavras (9 Páginas)  •  2 Visualizações

Página 1 de 9

...

Temos alguns fatore de influência no desgaste e na vida da ferramenta são elas:

- Condições de usinagem:

A progressão do desgaste é influenciada pricncipalmente pela velocidade de corte, depois pelo avanço e, por último, pela profundidade de usinagem.

Assim, por exemplo, a diminuição da vida da ferramenta causada por um acréscimo de 10% na velocidade de corte é muito maior do que aquele que ocorreria se o avanço fosse alterado na mesma proporção.

A velocidade de corte é o parâmetro que mais influencia no desgaste, pois quanto maior, mais calor que é imputada ao processo, sem acrescentar a área da ferramenta que recebe este calor.

- Geometria da ferramenta:

Uma diminuição do ângulo de posição, para o mesmo avanço e mesma profundidade de usinagem, acarreta uma diminuição da espessura de corte e, ao mesmo tempo, um aumento da largura de corte. Esta variação , permite maior vida da ferramenta, pois resulta numa melhor distribuição da temperatura de corte num trecho da ferramenta maior.

Alguns fatores também influência na rugosidade da peça, como o aumento de ponta torna da ferramenta mais resistente, mas também aumenta a vibração da ferramenta devido ao aumento do atrito causado pela maior área de contato entre ferramenta e a peça. O acabamento da superfície depende muito da relação entre avanço e raio de ponta.

A curva de vida da ferramenta é um ábaco que fornece a vida da ferramenta em função da velocidade de corte.

Para a execução desta curva deve-se geralmente construir, em primeiro lugar, gráficos auxiliares que forneçam os desgastes da ferramenta para diferentes velocidades e tempos de trabalho, em determinadas condições de usinagem do par ferramenta peça.

A escolha do avanço, da profundidade de usinagem e da velocidade de corte, supondo que adimta-se que a área de sacção de corte permaneça constante. Aumente-se o avanço e diminuindo-se a profundidade de usinagem na mesma proporção, a pressão de corte diminui. Logo , para potência de corte , mesma área da sacção de corte, tem se a possibilidade de se utilizar uma velocidade de corte maior. Isto permitirá uma remoção de maior quantidade de cavaco na unidade de tempo e por unidade de potência. Porém, dois fatores importantes devem ser considerados: o desgaste da ferramenta e o acabamento da superfície usinada. Assim o avanço influencia mais no desgaste do que na profundidade de usinagem. Logo, um aumento da produção do cavaco proveniente do aumento do avanço e diminuição da profundidade de usinagem, acarreta um desfaste maior da ferramenta, maior ainda se este acréscimo de avanço for acompanhado pelo crescimento da velocidade de corte. Assim, a solução encontrada para diminuir a potência ou para mante-la constante e retirar maior volume de cavaco na unidade de tempo trará danos para o desgaste e o acabamento da peça.

Então vimos que a velocidade de corte tem uma influência bem maior no desgaste da ferramenta do que no avanço. Assim se avanço é aumentado e a velocidade de corte diminuída na mesma proporção , o volume de cavaco retirado na unidade de tempo é mantido constante e a vida da ferramenta cresce consideravelmente.

Questões:

1) Defina desgaste e avaria.

2) Quais os tipos de desgastes e avarias?

3) Qual o tipo de desgaste mais comum?

4) Como ocorrem as quebras?

5) Quais os desgastes na superfície de saída?

6) O que se mede-se na superfície de folga?

7) Quais os mecanismo causadores do desgaste da ferramenta?

8) Qual a causa do desgaste por abrasão mecanica?

9) Quais elementos que levam a oxidação aos metais?

10) Defina o que é vida da ferramenta.

11) Quais fatores que determinam o fim da vida da fementa?

12) No caso de ferramenta de metal duro, porque se deve trocar a ferramenta com a vida da mesma perto do fim?

13) No caso de ferramenta de acabamento, porque se deve trocar a ferramenta com a vida da mesma perto do fim?

14) Em que a progressão de usinagem é influenciada?

15) Qual o parâmetro que mais influencia no desgaste da ferramenta?

16) O que diminuição do ângulo para o mesmo ângulo e mesma profundidade acarreta?

17) O que é curva de vida da ferramenta?

18) O que se deve construir para a exução da curva de vida da ferramenta?

19) Para maior remoção na quantidade de cavaco na uidade de tempo e por unidade de potência, quais são os dois fatores impotantes que devem ser considerados?

20) O que se tem mais influencia na vida da ferramenta, a velocidade do corte ou o avanço?

Respostas:

1) Desgaste é a perda contínua de partículas da ferramenta devido ao uso, os demais são avarias.

2) Desgaste frontal, desgaste de entelher, desgaste de cratera, deformação plástica da aresta de corte, lascamento, trincas e quebras.

3) Desgaste frontal.

4) Ocorre quando o desgaste e as avarias crescem até a quebra.

5) Profundidade de cratera, largura da catera e distância do centro da cratera à aresta de corte.

6) Mede-se a largura do desgaste do flanco, a largura máxima do desgaste devflanco e o valor dos desgaste gerados na superfície de folga pelos entalhes.

7) Aresta postiça de corte, abrasão mecanica, aderência, difusão e oxidação.

8) É quando a superfície devfolga atrita com o elemento rígido, que é a peça, enquanto a superfície de saída atrita com um elemento flexível, que é o cavaco.

9)

...

Baixar como  txt (13.5 Kb)   pdf (55.2 Kb)   docx (17.6 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club