Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O QUE PENSAM OS JOVENS SOBRE A PROMOÇÃO DO ESPORTE EM PARAMIRIM

Por:   •  8/11/2018  •  1.576 Palavras (7 Páginas)  •  2 Visualizações

Página 1 de 7

...

A gestão anterior valorizou apenas duas modalidades esportivas na cidade (futebol e futsal), deixando excluída grande parte da população que não gosta, ou não possui habilidade para tais praticas. Algumas modalidades esportivas como o basquete e o vôlei, resistiram, timidamente, graças a ações isoladas de algumas pessoas da comunidade. Portanto, é um desejo de todos que muitas outras modalidades possam receber o mesmo tratamento que o futsal e o futebol durante a gestão do Senhor Gilberto Brito.

As atividades voltadas para a “melhor idade” e aos portadores de necessidades especiais, também, fazem parte do desejo dos nossos jovens, pois é inexistente a oferta de atividades físicas para esses grupos em Paramirim.

Nota-se em “nosso” município uma gama de possibilidades para a realização de praticas esportivas, mas que precisaria da contribuição do poder público para organizá-las, trazendo mais segurança e conforto aos praticantes. Podemos citar:

- A lagoa – onde pode ser promovidos passeios de “pedalinho”, remo, pesca esportiva e natação, após sua revitalização.

- A orla da lagoa – após sinalizá-la e demarcá-la, construir um piso tátil, corrimãos e ciclovias.

Pode se tornar uma excelente área de lazer e de praticas esportivas, inclusive, proporcionando a realização deferentes eventos.

---------------------------------------------------------------

- O balneário – o principal ponto de lazer da cidade, pode se tornar, durante a semana, uma área para realização de aulas de exercícios funcionais, hidroginásticas, natação, vôlei de praia, futevôlei e peteca.

- Trilhas – devido às belezas naturais existentes em “nossa” região, as trilhas esportivas de caminhada e motonbike tratam-se de uma perfeita alternativa para quem gosta de curtir a natureza.

Podemos concluir que a gestão anterior deixou muito a desejar em termos de promoção esportiva, é imensa a lacuna entre o que se fez o que se pode fazer para atender parte da população que anseia pela pratica de atividades físicas, seja ela voltado para a saúde, lazer ou competição.

O BASQUETE E O HANDEBOL EM “NOSSO” MUNICÍPIO

O basquete e o handebol são duas modalidades que despertam o interesse da juventude, mas que possuem bastantes dificuldades em desenvolver-se em nossa cidade por falta de apoio.

Há cerca de seis a sete anos, a prática do basquete estava ganhando um número significativo de praticantes, inclusive, acontecendo jogos amistosos com seleções de outras cidades, a exemplo de de Tanque Novo e Botuporã. Mas acabou recebendo um “balde de agua fria” por não encontrar apoio dos gestores esportivos da cidade. Devido ao apodrecimento das tabelas durante o período chuvoso, que eram feitas de madeira, os treinos de basquete não puderam mais ser realizados. Na época, o fato foi comunicado ao gestor responsável, mas não houve interesse em concertá-las. Então, além de perdermos o horário na quadra da praça, o basquete deixou de ser praticado por um bom período. Meses depois, o colégio de Paramirim cedeu espaço para a realização de jogos de basquete nos finais de semana, assim que sua quadra foi reformada. Porém, boa parte dos

praticantes anteriores não estava mais na cidade, tiveram que ir estudar em outros centros.

---------------------------------------------------------------

Dessa forma, timidamente, o basquete teve que ser reiniciado e interrompido novamente para a realização de uma reforma maior na quadra (que atualmente está parada...). Por fim, foi cedido pela prefeitura, da gestão anterior, dois horários para o basquete na quadra coberta que, mesmo a passos lentos, tenta se manter de pé.

Já com o handebol, suas praticas são limitadas a aulas de educação física no colégio de Paramirim e no colégio Ulisses. No primeiro, conseguimos montar um time para representar a instituição em um torneio regional, inclusive, utilizando a quadra coberta, aos sábados, para realização de treinos técnicos e táticos.

DE QUE MANEIRA ESSAS MODALIDADES PODEM GANHAR FORÇA

Essas duas modalidades podem ser bastante promissoras em “nossa” cidade, principalmente por conta da facilidade em atrair novos praticantes, crianças e adolescentes.

Vejo, entre outros, que o nosso principal problema é a falta de local para a realização da pratica dessas modalidades. Em toda Paramirim, só é possível jogar basquete na quadra coberta, pois, de todas as quadras existentes na cidade, é a única que possui tabela e cesta, no caso do basquete. Já para o handebol, não existe uma quadra, se quer, com a demarcação de quadra de handebol. Inclusive, já havia sinalizado isso para o gestor esportivo anterior e pedi a ele que não se esquecesse de demarcar a quadra coberta quando fosse pintar. Mesmo me prometendo que não esqueceria, mas uma vez faltou sensibilidade e competência para atender a essa preocupação. Acredito, então, que devemos resolver esse problema, inclusive, nas quadras da zona rural.

Duas alternativas, no meu ponto de vista, podem ser adotadas para iniciarmos um bom trabalho com essas modalidades: a primeira, seria em montar escolinhas para crianças e adolescentes. Nesse caso a dificuldade estar em encontrar pessoas qualificadas com disponibilidade para administrar as aulas. Mas isso pode ser resolvido com participação em cursos de capacitação; a segunda

---------------------------------------------------------------

alternativa é a parceria com os colégios de ensino fundamental II, onde os professores de educação física poderiam realizar torneios internos com as duas modalidades, selecionar os melhores alunos para participarem de um torneio organizado pela secretaria de esporte, inclusive, com a participação de escolas de outros municípios. Acho que seria um bom inicio para atrair novos adeptos.

No mês de agosto recebi um convite da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, através da coordenação de Educação Física e Esportes, para participar de

...

Baixar como  txt (11 Kb)   pdf (53.9 Kb)   docx (16.7 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club