Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

DESINTERESSE DOS ALUNOS SOBRE DETERMINADAS DISCIPLINAS DE EXPRESSÃO CORPORAL E SONORA E A IMPORTANCIA DO SERVIÇO SOCIAL NA EDUCAÇÃO

Por:   •  13/3/2018  •  3.047 Palavras (13 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 13

...

da saúde, uma vez que impede o sedentarismo. Incentivando o respeito e o companheirismo entre os alunos. Apologia a prática de exercícios físicos e principalmente ao apoio no esporte em si, uma vez que os respectivos alunos podem seguir esse tipo de carreira.

Entre tanto, a partir do momento em que os professores apresentam dificuldades em diferenciar os conteúdos ou fazem do uso didática tradicional de “soltar a bola”, o aluno acaba perdendo o interesse em praticar a Educação Física e acabar projetando o receio da disciplina nos esportes. A Educação Física vem perdendo seu espaço dentro do ensino. Assim, para os alunos, se tornando uma matéria maçante e repetitiva, quando não retratada como lazer.

Foi realizada uma pesquisa com alunos do ensino fundamental e ensino médio. A seguinte afirmação de Betti pode exemplificar toda a analise feita [3]

“[...] Estudos demonstram uma progressiva desmotivação em relação à Educação Física já desde o final do Ensino Fundamental (Caviglioli, 1976; Betti, 1986; Zonta, Betti & Liz, 2000). Os adolescentes adquirem uma visão mais crítica, e já não atribuem à Educação Física tanto crédito. A atividade física, central em suas vidas até 12 ou 13 anos, cede espaço para outros núcleos de interesse (sexualidade, trabalho, vestibular, etc.). No Ensino Médio, caracterizam-se dois grupos de alunos: os que vão identificar-se com o esforço metódico e intenso da prática esportiva formal, e os que vão perceber na Educação Física sentidos vinculados ao lazer e bem-estar."

(BETTI. M. Educação Física Escolar: Uma proposta de diretrizes pedagógicas) [4]

A respeito disso, realizamos uma pesquisa com o docente Paulo Cesar Silva, professor de educação física na Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP).

“É muito importante que na fase da adolescência os conteúdos da Educação Física, sempre com embasamento teórico e sem perder suas características, caminhem em direção aos interesses dos alunos, pois nessa idade eles se desmotivam com muita facilidade, o que acaba gerando uma responsabilidade ainda maior para o professor.

Cada aluno tem suas próprias necessidades e seus próprios gostos, devemos estar consciente da busca por conteúdos diversificados, e só assim sou capaz de motivar meu aluno indo em busca do que eles realmente se interessem.”

(PAULO CESAR SILVA. 2015 – Importância da educação física na educação)[5]

O ASSISTENTE SOCIAL NO AMBITO EDUCACIONAL:

Além de disciplinas curriculares presente no ensino, há também outras ferramentas que servem de grande auxilio para o mesmo, uma delas é o assistente social.

O assistente social tem como missão amparar e auxiliar aqueles desfavorecidos de cidadania, seja por faculdade de conhecimento de seus direitos ou não cumprimento dos mesmos. Ele achega e orienta o individuo a solucionar seus problemas, sejam eles ligados a educação, habitação, trabalho, saúde e demais. Além disso, ele é o responsável pela execução de planos, programas e projetos sociais que auxiliem aqueles desfavorecidos.

Sendo este de tão grande importância dentro dessas distintas áreas, estando presente dentro do âmbito educacional, pode auxiliar com as questões relacionadas ao ensino e também a família, pois devesse entender que não é a escola responsável pela educação moral e familiar da criança e do adolescente, mas sim um envolvendo do meio familiar e o educacional. Em outras palavras, a criança e o adolescente nada mais é que o reflexo de sua vida familiar, unida com a escola. Dentro deste contexto, o papel do assistente social seria de intermédio para a família e a escola, afim de concretizar o adapto da criança e do adolescente ao meio social.

O assistente social está presente em aconselhar e indicar meios para um equilíbrio entre educação e família não prejudicando o futuro cidadão do nosso país, como dito por André Michel dos Santos, no artigo “As contribuições do Serviço Social para a realidade escolar do Brasil“ [6]

“Desta maneira, a inserção do Serviço Social na escola, deve contribuir para com ações que tornem a educação como uma prática de inclusão social, de formação da cidadania e emancipação dos sujeitos sociais. Ambos, tanto a escola como o Serviço Social, trabalham diretamente com a educação, com a consciência, com a oportunidade de possibilitar as pessoas que se tornem conscientes e sujeitas de sua própria história. É importante ressaltar que o profissional de Serviço Social, inserido na escola, não desenvolve ações que substituem aquelas desempenhadas por profissionais tradicionais da área de Educação. Sua contribuição se concretiza no sentido de subsidiar, auxiliar a escola, e seus demais profissionais, no enfrentamento de questões que integram a pauta da formação e do fazer profissional do Assistente Social, sobre as quais, muitas vezes a escola não sabe como intervir”.

(SANTOS. A. M. - As contribuições do Serviço Social para a realidade escolar do Brasil)[6]

Em anexo, para aprofundar a questão do assistente social dentro do âmbito de ensino, um documentário sobre o mesmo.

https://www.youtube.com/watch?v=8pwxbdCJ50g

Produzido no ano de 2011 com o objetivo de ilustrar a importância do Serviço Social na Educação, especificamente na meio escolar.

"O Serviço Social pode se tratar de uma profissão interventiva, buscando através das políticas sociais a defesa e ampliação dos direitos sociais (...)"

Dando seguimento ao assunto, foi realizada uma entrevista com a M.ª Eliana Mendes de Souza Teixeira Roque, formada em Serviço Social e Direito, Pós–Graduação: Mestre, Doutora e Pós-Doc em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP). Ela explicada com mais detalhes como o assistente social se encaixaria do âmbito educacional.

Qual a opinião da Sra. Sobre o serviço social na educação? E por que acha que o mesmo com tamanha importância, o Serviço Social ainda não trabalha no meio escolar?

O Serviço Social na educação certamente contribuiria para a melhora da qualidade da política social de educação vigente.

A área educacional é um campo de vital importância a ser trabalhado pelo (a) assistente social na consecução da garantia da educação enquanto direito social, e cidadania, considerado

...

Baixar como  txt (20.7 Kb)   pdf (145.9 Kb)   docx (21.1 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no Essays.club