Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A APRESENTAÇÃO DO LABORATÓRIO, PREPARO DE SOLUÇÕES E NOÇÕES SOBRE pH

Por:   •  7/12/2021  •  Resenha  •  2.059 Palavras (9 Páginas)  •  61 Visualizações

Página 1 de 9

[pic 1]

ARTHUR FONSECA, BÁRBARA MOREIRA, DANIEL SIQUEIRA, LARISSA CORRÊA, LARISSA LIMA, LUDMILA MADURO, LUISA AMORIM E RAQUEL DE CÁSSIA

AULAS PRÁTICAS 1 E 2

APRESENTAÇÃO DO LABORATÓRIO, PREPARO DE SOLUÇÕES E NOÇÕES SOBRE pH

Governador Valadares

2021

  1. INTRODUÇÃO

Aula 1 – Preparo de soluções

Primordialmente, foram apresentadas as regras de conduta do laboratório, envolvendo tanto o comportamento nas aulas práticas quanto o manuseio das vidrarias e dos equipamentos. Além disso, durante a primeira aula prática foi realizado o procedimento de diluição de soluções, em duas etapas, com ambas formando uma solução a partir de cloreto de sódio (NaCl) e água destilada, mas com concentrações diferentes. O preparo das soluções e reagentes consiste de uma etapa importante para um experimento bem sucedido. Para isso, verificam-se as normas técnicas relacionadas ao preparo de soluções, exibidas durante a apresentação do laboratório, observam-se os rótulos dos produtos a serem utilizados, averiguam-se possíveis incompatibilidades e condições físico-químicas para manipulação, sempre prestando atenção nos valores da concentração estipulados pelo procedimento.

Aula 2 – Ph

 No decorrer da segunda aula, foi medida a concentração do pH, o qual define o potencial de uma solução de H+ , expressado pela fórmula pH = -log [H+]. Em uma solução a 25°C, na qual a concentração de hidrogênio é 1,0 x 10-7 M, o pH é 7, nesse sentido, soluções com o pH maior do que 7 são ácidas e, menores, são básicas. Com isso, ácidos são definidos como doadores de prótons e são dividos em fortes,ou seja, aqueles que são completamentes ionizados em soluções aquosas diluidas, como o ácido clorídrico (HCl → H+ + Cl-), e ácidos fracos, que não se dissociam completamente em uma solução, como por exemplo o ácido acético (CH3COOH). Quando tal ácido fraco perde um próton, ele se tona correspondente ao ânion acetato (CH3COO-) logo, eles serão um par conjugado de ácido-base, de acordo com a expressão: CH3COOH   CH3COO-  + H+.

Fatores como o baixo pH bucal e boca ácida auxiliam na multiplicação de bactérias, as quais consomem restos de alimentos e liberaram ácido lático que, ao reagir com o esmalte dental, o deixa solúvel em água. Nesse sentido, ocorre a desmineralização do dente durante a escovação e, consequentemente, a erosão dentária, a cárie e a sensibilidade dentária.

  1.  MATERIAIS E EQUIPAMENTOS

Aula 1 – Preparo de soluções

  • Vidro de relógio;
  • Balança analítica;
  • Béquer;
  • Piseta (com água destilada);
  • Bastão de vidro;
  • Balão volumétrico;
  • Pipetas volumétricas (uma de 10 mL e uma de 1 mL).

     Reagentes:

  • Cloreto de sódio (NaCl)
  • Água destilada

Aula 2 – Ph

  • Ácido acético
  • Ácido clorídrico (HCl)
  • Água destilada (CH3COOH )
  • Béquer
  • Conta-gotas
  • Pipetas graduadas de 1, 5, e 10 mL
  • Reativo de Topfer
  • Suportes para tubo de ensaio
  • 7 Tubos de ensaios

  1. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Aula 1 – Preparo de soluções

3.1. Preparo de 100 mL de uma solução de cloreto de sódio a uma concentração de 0,9%:

  1. Realizou-se o cáculo de concentração {concentração=massa do soluto (g) / volume da solução (L)} para determinar a massa de NaCl a ser utilizada no procedimento, ou se chegou ao resultado através do conceito de concentração percentual (sólido em líquido), em que % equivale a massa de 1 g do soluto em 100 mL de solução.
  2. Foi utilizado o vidro de relógio para medir a massa de 0,9 g de cloreto de sódio na balança analítica;
  3. A massa de NaCl foi transferida para um béquer;
  4. Foram adicionados 50 mL de água destilada no béquer que continha a massa de NaCl, formando uma solução que foi misturada com o bastão de vidro;
  5. A solução formada anteriormente no béquer foi transferida para o balão volumétrico;
  6. Já no balão volumétrico, foi adicionada mais água destilada da piseta, até que a solução atingisse o menisco, chegando à determinação de 100 mL.

3.2. Preparo de 100mL  de  solução  NaCl  a uma concentração de 0,3%,  por  diluição  da  solução  de  NaCl a 0,9%,  preparada anteriormente:

  1. Realizou-se o cáculo de concentração para determinar o volume a ser utilizado da solução 1 no preparo da solução 2, por meio da fórmula {C1 x V1 = C2 x V2}, em que 0,9 x V1 = 0,3 x 100, sendo V1 igual a 33,3 mL.
  2. Foi pipetado na solução 1, que estava no balão volumétrico e foi transferida para o béquer, 30 mL, através da utilização da pipeta de 10 mL três vezes seguidas.
  3. O mesmo processo, anteriormente citado, foi repetido para pipetar 3 mL, porém agora com uma pipetagem de três vezes seguidas de 1 mL.
  4. Além das duas pipetagens anteriores, a pipeta de 1 mL foi utilizada para captar o volume necessário restante de 0,3 mL para completar a solução determinada de 33,3 mL.
  5. Toda a solução da pipeta foi depositada para o balão volumétrico.
  6. Logo após esse processo, foi adicionada água destilada da piseta no balão volumétrico até o menisco, diluindo a solução que lá se encontrava e chegando ao volume de 100 mL prosposto pelo experimento.

3.3. Finalizando a aula:

Após o término de todas as atividades, foram descartadas as soluções de água destilada e NaCl , vertendo-as na pia do laboratório. Posteriormente, as vidrarias foram lavadas com a sequência de 10 vezes de água de torneira e 03 vezes de água destilada, deixando-a secar sobre o centro da bancada.

Aula 2 – Ph

a) A partir de uma solução HCl 0,1M, preparou-se10 mL das concentrações de 0,01 M; 0,001 M; 0,0001 M; 0,00001 M; 0,000001 M, fazendo diluições 1 mL/10mL (diluição seriada).

b) Foram identificados com as letras de A a G, sete tubos. No tubo A, adicionou-se 10 mL de HCl 0,1 M. Transferiu-se, com o auxílio de pipeta, 1mL do tubo A para o tubo B e adicionou-se 9 mL de água destilada.

...

Baixar como  txt (12.2 Kb)   pdf (452.1 Kb)   docx (885.8 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club