Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A essencialidade da democracia para vencer a corrupção

Por:   •  7/5/2019  •  Artigo  •  1.217 Palavras (5 Páginas)  •  30 Visualizações

Página 1 de 5

A essencialidade da democracia para vencer a corrupção 

 

Leandro Karnal   é um historiador brasileiro, atualmente professor da Universidade Estadual de Campinas na área de Histórias da América, graduado em história pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Doutor pela Universidade de São Paulo. 

Karnal desempenha essa palestra para nos mostrar um meio para combater a corrupção  com base na democracia e ética no mundo contemporâneo. Para também demonstrar que não só o nosso governo é corrupto, mas sim a nossa sociedade em sí. Em sua palestra nos faz refletir que a meios para combater a corrupção no Brasil. 

Observamos em sua obra conceitos de Ciências Políticas, pois Karnal fala de uma forma de governo que é a democracia, a realidade social e histórica do país, seu funcionamento e as iniciativas dos poderes do Estado a favor da democracia. 

Como conceitos de Antropologia  apresenta a corrupção como um costume cultural da maioria dos brasileiros e afirma também que a ética e a moral era pra ser algo que não mudasse, entretanto, ela muda de acordo com o interesse de cada um. 

É abordada nessa obra cinco conceitos: moral, ética, cultura, corrupção e democracia. 

Sobre a moral, entende-se:  “A  moral trata–se de  um conjunto de valores, normas e noções  sobre o que e certo ou errado, proibido ou permitido dentro de uma determinada sociedade .”(www.significados .com.br) .

 A moral é mais antiga que a   ética. É  aquilo que as freiras do meu colégio no Rio   Grande do Sul colocaram no banheiro: um cartaz enorme escrito “Deus te vê “. Era uma tentativa religiosa de inibirem iniciativas individuais ou coletivas naquele estabelecimento com relativo sucesso... Eu levei anos de psicanálise para tirar esta ideia de que Deus estava nos banheiros observando o que você fazia... (Karnal,2015.p 5)  

  Entende-se por éticas “Ética e o nome dado  ao ramo da filosofia dedicado aos assuntos morais. A palavra ética deriva do grego ,e significa aquilo que pertence  ao caráter.”(WWW.significados .com .br) . 

“O homem, um animal político, e capaz de adquirir ética, regras de comportamento. para isso e preciso de prática e tempo.” (karnal,2015.p 5 )  

 Cultura e todo aquele complexo  que inclui  o conhecimento  a arte, as crenças, a lei a moral os costumes  e todos  hábitos e aptidões adquiridos  pelo ser humano não somente em família, como também por fazer parte de uma  sociedade da qual e membro. (m.brasilescola.uol.com.br )  

 “A ideia de que havia famílias privilegiadas, aristocráticas e oligárquicas, essa  noção cordial de lei, é uma praga no Brasil. Porque nossa  noção de lei  tem uma praga   terrível, de 388 anos de uma barbárie, que é a escravidão”.(karnal ,2015 .p 12)  

Corrupção é o efeito ou ato de corromper alguém ou algo, com a finalidade de obter vantagens em relação  aos outros por meio considerados ilegais ou ilícitos. (Corrupção, 2015. p 3)  

Se eu procurar nos dicionários os conceitos de corrupção, é muito curioso que apenas em quarto lugar eu vou encontrar  , tanto no Houaiss quanto no Aurélio , o sentido político . Eu vou encontrar o conceito com qual , por exemplo , Newton  trabalhou , de corrupção da matéria . Mas hoje  é o quarto conceito que nos ocupa o primeiro lugar . Ou seja , é o sentido de corrupção política que se apropriou da palavra  corrupção porque  , não faz muito tempo , e podemos datar isso no fim do século XVIII  e inicio do XIX   a noção de bem comum e a ideia de uma política de preservar  o bem comum . Essa é uma novidade . ( Karnal , 2015.p 9)  

Democracia e forma  de governo em que a soberania é exercida pelo povo .E um regime de governo em que todas as importantes decisões políticas   estão com o povo ,  que elegem  seus representantes   por meio do voto  .( WWW.significados.com.br)  

A democracia e  frágil. Ela depende de um acordo diário. Disse Churchill que ela é o pior dos sistemas, com exceção de outros .   

A  democracia é instável. Ela representa a combinação de diversas  questões sociais contraditórias.É própria da democracia  a contradição, a ida e vinda, o protelamento , o choque. E próprio  da democracia  que os poderes, como disse Montesquieu, se autoequilibrem . É  próprio da democracia a diversidade, partidos opostos e distintos. (Karnal, 2015.p 14)

...

Baixar como  txt (7.6 Kb)   pdf (104 Kb)   docx (149.2 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no Essays.club