Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A Educação ambiental é um assunto de relevante importância

Por:   •  26/12/2018  •  4.642 Palavras (19 Páginas)  •  8 Visualizações

Página 1 de 19

...

Key-words: Environmental education. Suetntabilidade. Biosphere.

---------------------------------------------------------------

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

ABNT

Associação Brasileira de Normas Técnicas

UNOPAR

Universidade Norte do Paraná

IBGE

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

CONAMA

Conselho Nacional do Meio Ambiente

---------------------------------------------------------------

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 11

2 JUSTIFICATIVA 13

3 OBJETIVOS 15

4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 16

5 metodologia 22

7 conclusões 25

---------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------

- INTRODUÇÃO

Ao passo que este novo século se desenrola, dois seguimentos vão se constituindo e dando margem a Educação Ambiental de forma cíclica visto que o impacto reflete no bem estar e no modo de vida da humanidade.

De acordo com a Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (BRASIL, 2003), estimou-se que, no Brasil no ano 2000, foram gerados cerca de 154 mil toneladas de resíduos de origem comercial e domiciliar.

Durante algumas décadas, o avanço tecnológico emergiu de maneira profunda, mas nada que se compare ao que vem acontecendo nos tempos atuais.

A economia moderna tem se movimentado em tempo real numa busca incansável por oportunidades de investimento e isso tem mexido de maneira profunda com a sociedade a ponto de as pessoas terem suas necessidades voltadas para o luxo e as inovações tecnológicas.

O capitalismo que se instala aos pedaços na sociedade é o mesmo que tende a destruí-la amparado ao significado de uma biotecnologia deletéria, invadindo a sociedade a ponto de mudar seus costumes e valores induzidos pelo novo modo de vida e bem-estar.

Qualquer discussão que tende a nortear esse novo modelo econômico precisa corroborar que tudo que foi criado por esse sistema não é tão perfeito assim, a ponto de não poder ser mudado e é nesse sentido que se tem investido na educação ambiental como fonte de informações para uma vida sustentável.

Para o problema dos resíduos sólidos, a educação ambiental surge como importante instrumento para sensibilizar as pessoas frente ao ambiente, promovendo a aprendizagem de novos conhecimentos e habilidades, valores e atitudes, almejando à melhoria da qualidade de vida ambiental, e à construção de um comportamento ambientalmente responsável (VITORINO, 1999).

Dessa forma, reconhece-se que o trabalho educacional é um dos mais urgentes e necessários meios para reverter essa situação, pois atualmente, grande parte dos desequilíbrios mantém uma íntima relação com a conduta humana gerada pelos apelos consumistas que geram desperdícios, e pelo uso inadequado dos bens da natureza e, é por meio das escolas que se torna possível a mudança de hábitos e atitudes do ser humano, formando sujeitos ecológicos.

A coleta seletiva é um sistema de recolhimento de materiais recicláveis (papéis, plástico, vidros, metais e orgânicos) encontrados nas fontes geradoras.

Conforme Monteiro et al. (2001) e Cortez (2002), a coleta seletiva é o modelo mais empregado nos programas de reciclagem e consiste na separação, na própria fonte geradora (no do domicílio, no comércio, na escola, e outros), dos componentes que podem ser recuperados, mediante um acondicionamento distinto para os materiais que podem ser comercializados.

Contudo, em evidência a situação atual, vivenciada no município de Crisópolis/BA, foi desenvolvido este presente trabalho, que faz uma abordagem sobre educação ambiental - coleta seletiva e conscientização ambiental visando uma alternativa sustentável na Escola Edgard Santos. Tendo como finalidade melhorar a eficiência na coleta dos resíduos e a introdução das crianças e da comunidade vizinha, assim fazendo com que todos interajam de maneira sustentável.

Contudo visamos que a proposta da coleta seletiva do lixo escolar é uma ação educativa que visa investir numa mudança de mentalidade como um elo para trabalhar a transformação da consciência ambiental de todos.

---------------------------------------------------------------

- JUSTIFICATIVA

País, em sua grande extensão, tem adotado a Educação Ambiental em co-relação com matérias voltadas a geografia, ciências ou ética e filosofia, sendo está uma matéria multidisciplinar nas escolas.

Este trabalho é o retrato concreto de que as crianças realmente só adquirirem o conhecimento de modo mais consciente, convincente e se tornam capazes de disseminá-lo, quando o trabalho é desenvolvido por profissional voltados ao compromisso social de tornar cidadãos aptos a contribuir com o meio ambiente.

È possível observar que quando a Educação Ambiental é introduzida no dia-a-dia das crianças, através de aulas específicas, porém de modo curioso, dinâmico, interativo, sem muita cobrança e quase como uma brincadeira, estas começam a ter um maior interesse em um assunto tão complexo, e ao mesmo tempo tão comum - o meio ambiente.

No caso do objeto de estudo em foco, que tem sido a coleta seletiva, podemos por assim dizer que o trabalho tende a ser um ponto de partida para a conscientização, desde quando a criança compreende que precisa separar o lixo, ela começa a entender também que a geração de resíduos desnecessária pode ser evitada.

Talvez, trabalhando a Educação Ambiental desde a tenra idade, é bem possível que tenhamos uma geração futura mais bem formada em sua essência e caráter para enfrentar e trazer soluções aos problemas ambientais que terão pela frente, e dessa maneira começar

...

Baixar como  txt (32.3 Kb)   pdf (87.7 Kb)   docx (30 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no Essays.club