Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Resenha Crítica do filme “A voz do Coração”

Por:   •  5/10/2017  •  915 Palavras (4 Páginas)  •  1.509 Visualizações

Página 1 de 4

...

Atualmente o que vemos em sala de aula são alunos isolados, calados, que não querem participar de nenhuma atividade dentro de sala de aula e nem interagem com os colegas. E muitas vezes, os professores não se preocupam com esses alunos, pois para eles é muito mais fácil ter esses alunos dentro de sala aula, sem dar trabalho, do que procurar saber o que realmente acontece com eles. Essa falta de respeito para com os problemas pessoais de cada aluno, retrata a falta de compromisso responsabilidade de alguns profissionais da educação, que infelizmente estão acabando com o ensino atualmente.

No filme, é mostrado com uma determinada criticidade, a história de um aluno que não tinha voz para cantar, mas mesmo assim o professor de música não o recriminou, buscando uma outra forma desse alunos participar da aula, aguçando suas habilidades, o que evitou que esse alunos fosse deixado de lado, sendo excluído das atividades propostas durante a aula de música.

Cabe ao professor despertar no aluno diversas habilidades inerentes a cada um, não sendo somente um receptor de informação. O professor deve estar atento aos seus alunos, às suas pontencialidades e dificuldades, dando a cada um deles orientação para que possam construir o conhecimento indispensável para uma vida social mais honrada. O professor devem então procurar habilitar, auxiliar a se tornarem adultos críticos e não somente reprodutores de conteúdo. Sendo tratados com carinho e cuidado, essas crianças não verão a escola como um lugar chato e sem esperança.

O filme de Christophe Barratier discute a educação em seus diversos momentos, dos quais fala da forma arrogante e incoerente em que o diretor trata os alunos, demonstrando seu total desrespeito ao mesmos, e o outro momento e a forma humana com o que professor de música cuida dos seus alunos, com afeto, carinho, dedicação, respeitando suas dificuldades de aprendizagem e o histórico triste de sua vida social e familiar, permitindo assim que cada criança estimule dentro de si a confiança e o amor próprio.

É um filme de grande valor, pois evidencia os principais sentimentos que devemos ter no caminhar da educação: amor, bondade, respeito, sensibilidade e compreensão. Tais aspectos devem ser levados em consideração mais que o currículo imposto pelas escolas.

...

Baixar como  txt (5.7 Kb)   pdf (65.4 Kb)   docx (10.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no Essays.club