Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

DISCIPLINAS NORTEADORAS: PRÉ-CÁLCULO, MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL, TEORIA DOS NÚMEROS, ÀLGEBRA, DIREITOS HUMANOS E GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES.

Por:   •  1/3/2018  •  2.524 Palavras (11 Páginas)  •  134 Visualizações

Página 1 de 11

...

Algumas dificuldades para se trabalhar com animais em escolas é os gastos que a instituição pode ter em cuidar, alimentar e ter um lugar amplo, arejado e destinado apenas para cuidar desse animais.

Passo 2

Nome da escola: Escola Municipal José Tenciano da Silva.

Ano ou Série: Educação Infantil.

Números de alunos: 23 (meninos 9 e meninas 14).

Descrição do perfil da turma:

Turma com 23 alunos de idade mista, entre 5 a 6 anos, com parte do grupo avança de acordo com o que é lançado e o outro grupo segue mais devagar por conta da indisciplina. A turma tem um aluno portador de autismo que apresenta muita dificuldade de verbalização e nas atividades de coordenação motora. Também tem alunos com TDH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) mas caminha bem nas limitações.

Passo 3

Mapeamento dos principais problemas comportamentais individuais

Aluno: José Pedro Soares Silva

Idade: 4 anos

José Pedro é um ótimo aluno, esforçado em todas as atividades, bastante curioso e com ótima imaginação.

É um filho amado em uma família bem estruturada, porém se mostra por muitas vezes agressivos com os educadores e a turma, o que dificulta a relação entre os seus colegas de classe.

Apresenta um equilíbrio adaptado para uma criança de 4 anos, no entanto ainda não consegue se concentrar em ambientes barulhentos, deixando ele muito inquieto nestas situações.

Apresenta uma alimentação bastante saudável, mostrando muita energia nas atividades físicas. Apesar de suas grosserias tem um ótimo desempenho nas atividades em grupo mostrando em alguns momentos um poder de liderança.

Enfim José Pedro é sem duvida uma criança com um grande potencial que necessita ser bem explorado e incentivado por seus familiares e professores.

Aluno: Felipe Matheus Barboza Cavalcanti

Idade: 4 anos

Felipe adora conversar é bem dinâmico e persistente. Apresenta uma leve dificuldade em concentração, por causa de sua vontade de conversar, sempre tirando sua atenção e de seus colegas.

Por gosta muito de conversar porém não tem uma boa dicção para uma criança de 4 anos, por isso ele apresenta muita timidez em falar com muitas pessoas lhe olhando, deixando ele muito nervoso e por muitas vezes chora diante destas situações.

É saudável, pois se alimenta nos horários propícios.

Felipe é um aluno que com os passar dos anos irá melhorar muito, sendo bem trabalhado pelos professores ele evoluirá sem dúvidas.

Passo 4

Mapeamento das dificuldades de aprendizagem individuais

Aluna: Gabriela Laurindo Bezerra

Idade: 3 anos

Gabriela é uma criança doce que adora a companhia dos colegas, mostrando-se sempre amável com todos. Mesmo gostando muito de ambiente escolar, exibe contrariedades para se expressar oralmente, devido a sua lenta desenvoltura na sua fala. Sempre agitada, ela adora chamar atenção de todos, o que dificulta o trabalho dos docentes. Mostra uma necessidade de atenção por se mostrar carente, apega-se a todos a sua volta.

Gabriela está passando por uma adaptação familiar devido à adoção, fato que aconteceu recentemente em sua vida. Diante de tudo, ela é sem dúvida muito inteligente que tem uma potencialidade muito grande ser explorado.

Passo 5

Implementação do projeto

Perante uma sociedade com tantas desigualdades sociais, falar sobre educação é a esperança por uma vida mais digna para muitos, no entanto, a relevância da educação na formação dos cidadãos, sendo a vida estudantil indispensável para um interesse político, econômico e social entre a população na luta por uma sociedade mais justa, mostrando a necessidade cada vez maior de um ensino de qualidade e escolas inclusivas.

Educação é um processo importante para o desenvolvimento de um país, pois, segundo Nespoli (2005) apud Dewey, o vínculo educação-sociedade, afirma claramente a existência de que a escola, a mesmo tempo que é a expressão da sociedade existente, atua também na preparação de uma sociedade diferente e mais justa.

Contudo, desafio vão surgindo a cada dia nesse ambiente de constante mudanças, ou seja, a escola, exigindo a cada modificações, profissionais altamente capacitados e preparados para lidar com as diversidades.

A constituição Federal aprovada em 1988 foi considerada a “Constituição Cidadã” , segundo Bacha Filho e Locco (2008), pois defende a dignidade de vida humana. Na área educacional, essa Constituição colocou a educação na condição de direito de todos, estabelecendo deveres ao Estado, a família e a sociedade. Porém, muitas restrições ainda são encontradas nesse setor.

Trabalhar a inclusão é um dos fatores diários em uma sala de aula, de uma vez que nenhuma criança apresenta um desenvolvimento cognitivo e psíquico igual umas as outras.

Pesquisa vem sendo desenvolvidas ao longo dos anos, apresentando algumas alternativas aos docentes de como se trabalhar em um ambiente de ensino-aprendizagem com alunos que apresentam dificuldades não apenas cognitivas, mas também emocionais. Criança com problemas de se relacionar com o meio distúrbio de concentração ou até mesmo falta ou excesso afetivo familiar.

A Inglaterra surgiu às chamadas Terapias Assistidas por Animais (TAAs) desenvolvidas por Willian Tuke, quando o mesmo indicou o uso de animais domésticos no tratamento de doenças mentais em um asilo psiquiátrico em Londres, onde, dentre os benefícios trazidos pelas TAAs, estão melhorias na saúde física, psicológicas e emocionais, coordenação motora e desenvolvimento da memoria dos assistidos.

Nas últimas décadas, a TAA vem chamando cada vez mais atenção e recebendo investimento da comunidade científica, em diversos sites da internet, percebe-se que os princípios benefícios TAA são:

...

Baixar como  txt (17.6 Kb)   pdf (67 Kb)   docx (22.2 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no Essays.club