Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

OS DESAFIOS E PERSPECTIVAS SUSTENTÁVEIS PARA A MOBILIDADE URBANA E DESENVOLVIMENTO

Por:   •  9/12/2018  •  1.470 Palavras (6 Páginas)  •  49 Visualizações

Página 1 de 6

...

OBJETIVOS ACADÊMICOS

Possibilitar aos acadêmicos aquisição de Conhecimentos sobre Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Estatuto da Cidade, Meio Ambiente, Sustentabilidade, Participação democrática, Governança e Desenvolvimento. Assim, através destes saberes desenvolver Competências de comunicação, envolvimento, planejamento e intervenção, culminando com Habilidades de consciência, reflexividade crítica, criatividade e parcerias. Enfim, os acadêmicos terão a possibilidade de ser um agente propositor, cooperativo e participativo na busca de resultados concretos transformadores na seara da Mobilidade Urbana.

Capacitação dos discentes participantes para produzirem cientificamente, bem como ministrarem oficinas temáticas na temática proposta.

Realização de ações educativas que contribuam para a melhoria da Mobilidade Urbana local e diminuição de acidentes.

Identificação de parceiros para execução do projeto.

Formação de profissionais cidadãos que possibilitem diálogo entre administradores e comunidade na sua própria linguagem e construam uma proposta que se justifique e se legitime pelo consenso.

METODOLOGIA

O caminho metodológico a seguir implicará em realizar um recorte espacial e outro tempo. O primeiro recaindo sobre a cidade de JiParaná no Estado de Rondônia e o segundo no período de 1996 a 2018.

A partir daí confrontar indicadores locais, nacionais e internacionais à luz de aportes teóricos que possibilitem pesquisa descritivo-propositiva.

Legitima-se a escolha quanto ao recorte espacial porque Ji-Paraná é o 2º município mais populoso do Estado de Rondônia e o 16º mais populoso da região norte, sendo a 2ª cidade com maior número de acidentes. Quanto ao recorte temporal em razão da existência de dados coletados a partir da instalação da Vara de Delitos de Trânsito na Comarca de Ji-Paraná.

A metodologia consistiu em pesquisar a dinâmica de organização socioespacial urbana ji-paranaense, confrontando com indicadores locais, nacionais e internacionais no período de 1996 a 2016 à luz de aportes teóricos que possibilitem pesquisa descritivo-propositiva.

JUSTIFICATIVA

O Projeto possui relevância social e se justifica por diversos aspectos, dentre eles porque a extensão universitária proporcionará para docente e discentes a oportunidade de conhecimento e experiência com outros setores da sociedade atuantes na Mobilidade Urbana. Ainda, compartilhamento de saberes entre academia e sociedade, os quais poderão ser ampliados em discussões variadas matérias nas pesquisas e em sala de aula.

Supõe-se que a experiência possibilitada na execução deste Projeto poderá fornecer aos participantes (docente, discentes, organizações governamentais e não governamentais e comunidade em geral) benefícios variados, quantitativos e qualitativos, com diminuição de acidentes de trânsito, ação concatenada envolvendo ensino, pesquisa e extensão, com efetiva participação cidadã, ética e com visão humanística.

A importância do projeto de extensão tem relação tanto com a questão do meio ambiente natural, quanto do meio ambiente artificial, pois no primeiro correlacionado com a poluição, emissão de gases e efeito estufa afetando o ecossistema natural, e no segundo com a organização espacial nas cidades e respectiva sustentabilidade afetando o ecossistema urbano. Emergem desses fatos impactos variados para a sociedade e uma ação propositiva para superação dos problemas sociais implica em exercício da cidadania que deve ser exercida em ação integrada entre a comunidade acadêmica, instituições governamentais e não governamentais.

DESCRIÇÃO (COMUNIDADE / PÚBLICO-ALVO)

A comunidade local é composta por 115.000 habitantes, conforme estimativa do IBGE.

Ji-Paraná é o 2º município mais populoso do Estado de Rondônia e o 16º mais populoso da região norte, sendo a 2ª cidade com maior número de acidentes.

O docente e discentes participantes já estão envolvidos em pesquisas e/ou atuam nos setores público e privado responsáveis pela mobilidade urbana e trânsito local.

Desde de 2015 foram apresentados Pôsteres em Amostra de Extensão e em Salão de Iniciação Científica, bem como publicados artigos e defendidas Monografias.

Atualmente os participantes estão desenvolvendo ações educativas, 1 Monografia de Graduação, 2 Monografias de Pós-graduação, Pôsteres e Artigos, bem como a Tese de Doutoramento do docente proponente deste Projeto.

BIBLIOGRAFIA

ALVES JUNIOR, Oscar Francisco. Ecossistema social e trânsito sustentável: a preocupação global com o bem estar, qualidade de vida, mobilidade urbana e desenvolvimento social. Associação Internacional de Constitucionalismo, Transnacionalidade e Sustentabilidade. 3º Seminário Internacional “Democracia e Constitucionalismo: novos desafios na era da globalização”. Universidade de Perugia/Itália. 2016.

ALVES JUNIOR, Oscar Francisco. Desafios e perspectivas sustentáveis para o Meio Ambiente artificial e Mobilidade Urbana em Ji-Paraná/RO/Brasil de 1996 a 2016. Associação Internacional de Constitucionalismo, Transnacionalidade e Sustentabilidade. 4º Seminário Internacional “Democracia e Constitucionalismo: novos desafios na era da globalização”. Universidade de Perugia/Itália. 2017.

BOLOGNA, Gianfranco. Sostenibilitá in pillole. Milano, Itália: Edizione

Ambiente. 2013.

CONTI, Alessio. Next Polis. Idee per la città di domani. Tre ingredient per realizzare le Città di Domani. Venezia, Italia: Marsilio Editori, 2015, p.18.

CRUZ, Paulo Márcio & BODNAR, Zenildo. Globalização, Transnacionalidade e Sustentabilidade. Itajaí:

...

Baixar como  txt (11.2 Kb)   pdf (57.4 Kb)   docx (16.4 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no Essays.club