Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A ANÁLISE DA ATIVIDADE ÓPTICA DA SACAROSE

Por:   •  13/9/2022  •  Trabalho acadêmico  •  347 Palavras (2 Páginas)  •  155 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA

INSTITUTO DE QUÍMICA

DOCENTE: RENATA MENDONÇA ARAÚJO

ANÁLISE DA ATIVIDADE ÓPTICA DA SACAROSE

HELOISA MARIA SILVA BEZERRA

Natal, RN

Introdução

A propriedade física que diferencia os enantiômeros é a rotação do plano de luz polarizada, uma vez que as moléculas são necessariamente quirais. Uma substância é dita “opticamente ativa” quando desvia o plano da luz polarizada e, assim, uma constante de rotação específica. Quando esse desvio é para a direita (senotido horário), a substância é classificada como dextrógira; para a esquerda (sentido anti-horário), levógira. O ângulo através no qual uma amostra de um composto (geralmente uma solução) gira a luz polarizada no plano depende de uma série de fatores, sendo os mais importantes o comprimento do caminho (tamanho do tubo), concentração, temperatura, solvente e comprimento de onda. Normalmente, as rotações ópticas são medidas a 20°C num solvente tal como etanol ou clorofórmio, e a luz usada é a partir de uma lâmpada de sódio, com um comprimento de onda de 589 nm. O ângulo de rotação pode ser medido em um polarímetro, que é o instrumento usado para medir o efeito de compostos opticamente ativos sobre a luz plano-polarizada. Qualquer substância opticamente ativa tem rotação específica característica a qual pode ser calculada a partir da rotação ótica observada no polarímetro usando equação da lei de Biot.

[pic 1]

Desenvolvimento

Foi utilizado um polarímetro para descobrir qual era a concentração da sacarose na amostra já preparada. A concentração da sacarose deve ser entre 86 e 91, sendo menor ou maior que essa concentração a solução não se encontra pura e também é uma substância apolar.  Para zerar o aparelho foi utilizado primeiro uma amostra de água e depois usado a mistura preparada de sacarose para encontrar a rotação específica. Assim, foi encontrado de 66,5º no polarímetro. Ao aplicar o calculo com os dados obteve um resultado correto para a concentração da sacarose.

Conclusão

Pode-se concluir que a solução observada  da sacarose no polarimetro apresentava uma concentração na faixa que é indicada.  Assim, a substância era totalmente pura, não contendo nenhuma mistura.

...

Baixar como  txt (2.4 Kb)   pdf (73 Kb)   docx (30.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no Essays.club