Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

TECNÓLOGO EM ESTÉTICA E COSMÉTICA - AUXILIANDO O CLIENTE NA MELHORA DA AUTOESTIMA

Por:   •  28/3/2018  •  Trabalho acadêmico  •  3.111 Palavras (13 Páginas)  •  731 Visualizações

Página 1 de 13

UNIP

 UNIVERSIDADE PAULISTA

TECNÓLOGO EM ESTÉTICA E COSMÉTICA

AUXILIANDO O CLIENTE NA MELHORA DA AUTOESTIMA

ASSIS

ASSIS – NOTURNO

MARÇO/2018

UNIP

 UNIVERSIDADE PAULISTA

TECNÓLOGO EM ESTÉTICA E COSMÉTICA

AUXILIANDO O CLIENTE NA MELHORA DA AUTOESTIMA

Trabalho apresentado no Curso Superior de Estética e Cosmética da UNIP, para o Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III.

Orientadora: Nathalia Manfio Marroni

ASSIS

ASSIS – NOTURNO

NOVEMBRO/2017

UNIP

UNIVERSIDADE PAULISTA

TECNÓLOGO EM ESTÉTICA E COSMÉTICA

 

 

AUXILIANDO O CLIENTE NA MELHORA DA AUTOESTIMA

             

           

Trabalho apresentado no Curso Superior de Estética e Cosmética da UNIP, para o Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III.

Orientadora: Nathalia Manfio Marroni

Aprovado em:

BANCA EXAMINADORA

Prof. Natalhia Mafio Marroni

UNIVERSIDADE PAULISTA

Prof. Ma. Janine Mailho Gimenis

UNIVERSIDADE PAULISTA

___________________________________________________________________

                                          Prof.

UNIVERSIDADE PAULISTA

SUMÁRIO

 

INTRODUÇÃO        6

2 REVISÃO DA LITERATURA        7

2.1 Conceitos sobre imagem pessoal e auto estima....................................................7

2.2 Fatores psicológicos e sociais envolvidos na autoestima......................................9

2.3 Recursos para melhora na imagem pessoal e auto estima.................................10                 

3 OBJETIVOS        12

3.1 Objetivos Gerais...................................................................................................12

3.2 Objetivos Específicos ..........................................................................................12

4 MATERIAIS E MÉTODOS        13

5 DISCUSSÃO        14

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS        16

REFERÊNCIAS..........................................................................................................17

ANEXO 1        


INTRODUÇÃO

Entende-se autoestima como uma forma de o ser humano se auto aceitar, ela é formada através de relacionamentos pessoais que se tem desde a infância, até a fase adulta, ela define a percepção que uma pessoa tem de si mesma, ou seja, o quanto ela se gosta. Ela está ligada diretamente a autoconfiança e reflete a forma como a sociedade vê e aceita cada indivíduo. Alguns chegam a se sacrificar com dietas extraordinárias e absurdas para obter o corpo desejado (GUENTHER, 1997).

O presente trabalho tem como objetivo informar sobre a melhor forma de como os profissionais da área da estética podem auxiliar os clientes na área melhora da autoestima. A pesquisa também tem como finalidade não só de apresentar as melhores intervenções dos profissionais para melhorar a autoestima do cliente, mas também de informar os benefícios dos tratamentos estéticos para a autoestima.

Sabemos que para ter uma vida saudável e de qualidade é importante que o indivíduo esteja bem em todos as áreas, tanto física como psicológica.

É de suma importância enfatizar que este trabalho não tem como objetivo impor um padrão de beleza. O mais importante é que cada cliente entenda que o essencial é o autoconhecimento, não precisamos seguir o padrão de beleza ditado pela sociedade.

Através desta pesquisa buscaremos conceituar a autoestima e imagem pessoal, evidenciar os melhores recursos para a melhora na imagem pessoal e na autoestima.

Dando seguimento vamos apresentar algumas discussões acerca do tema pela visão de alguns autores.

O presente trabalho visa incentivar o autoconhecimento e apresentar recursos para que os profissionais esteticistas e de outras áreas possam auxiliar seus clientes na melhora da autoestima.

Este é um tema essencial para ser falado atualmente em uma sociedade que está vivendo em uma “Ditadura da Beleza” onde padrões absurdos devem ser seguidos para que o indivíduo seja uma pessoa normal. O importante é o autoconhecimento e que o indivíduo se sinta bem da forma em que esteja.

2 REVISÃO DA LITERATURA

Percebe- se que a preocupação com o corpo vem crescendo a cada dia, cuidar-se é indispensável à saúde, bem-estar e a felicidade, não importando a idade. Desde muito cedo o ser humano é incentivado a se cuidar desde a alimentação, cuidados com exposições ao sol, até cuidados básicos como higiene. Alguns optam por fazer academia, outros investem em cosméticos para face, corpo ou cabelo, há também tem os que recorrem a procedimentos estéticos ou cirurgias plásticas para corrigir imperfeições, tudo em busca de um corpo perfeito. O corpo é uma forma de expressão, tanto de emoções quanto de sentimentos (CASTRO, 2003).

A vaidade é definida como alegria de se sentir superior aos outros, e é frequentemente relacionada a exageros com os cuidados corporais, em busca de beleza. Temos então vaidade como a preocupação exagerada com a beleza, e a autoestima como um autoconceito (seja ele positivo ou negativo). A vaidade é o que impulsiona o consumo de cosméticos e a realização de tratamentos, porém, pode desenvolver distúrbios alimentares, depressão e dependência de produtos ou tratamentos (STREHLAU, V. L, 2014).

Na idade média o corpo feminino tinha associação ao diabólico, mudar a aparência com maquiagem era visto como pecado, por enganar os homens, os quais deveriam comanda-las para que não se tornassem pecadoras. Já nos dias de hoje, o corpo é cultuado, gerando até danos a saúde das pessoas. A valorização excessiva da estética na sociedade tem feito vítimas também os homens, que estão cada vez mais vaidosos, e acabam sofrendo de transtornos de anorexia e vigorexia. Essa ultima leva a pratica incessante de atividades físicas, com o objetivo de ficar cada vez mais musculosos, e associados a isso vemos também o consumo de anabolizantes e suplementos alimentares (CAPRISTANO, 2008).

...

Baixar como  txt (20.9 Kb)   pdf (140.9 Kb)   docx (20.6 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no Essays.club