Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O GERENCIAMENTO DE REFORMA DE FACHADA NO DISTRITO FEDERAL COM O MÉTODO LEAN CONSTRUCTION

Por:   •  13/2/2021  •  Artigo  •  2.006 Palavras (9 Páginas)  •  53 Visualizações

Página 1 de 9

GERENCIAMENTO DE REFORMA DE FACHADA NO DISTRITO FEDERAL COM O MÉTODO LEAN CONSTRUCTION

ALESSANDRA DE SOUSA VIANA1 RITCHELLI REBEKA DE ASSIS2

1graduanda em engenharia civil, UNIP, Brasília-DF, alessandradesousaviana@hotmail.com.

1graduanda em engenharia civil, UNIP, Brasília-DF, ritchellyengenharia@gmail.com.

Apresentado no

Congresso Técnico Científico da Engenharia e da Agronomia – CONTECC

Goiânia/GO – Brasil

02 a 05 de agosto de 2020

RESUMO: Este trabalho delineou o estudo do método lean construction em execução em um estudo de caso, sendo analisado em uma reforma de fachada na localidade do distrito federal. Na metodologia foi utilizada a quantidade de materiais, desperdícios, resíduos e as falhas no processo. Os resultados indicaram que a empresa possui falhas nos processos executados especialmente pela falta de objetivos e planejamento. Foi possível identificar que a aplicação da lean construction poderia auxiliar na metodologia organizacional e deste modo otimizando os serviços prestados pela empresa.

PALAVRAS-CHAVE: lean construction, reforma fachadas, gerenciamento, Distrito federal.

MANAGEMENT OF FACADE REFORM IN THE FEDERAL DISTRICT WITH THE METHOD LEAN CONSTRUCTION

ABSTRACT: This work outlined the study of the lean construction method in execution in a case study, being analyzed in a facade reform in the federal district. In the methodology, the amount of materials, waste, residues and failures in the process were used. The results indicated that the company has flaws in the processes executed especially due to the lack of objectives and planning. It was possible to identify that the application of lean construction could assist in the organizational methodology and thus optimizing the services provided by the company.

KEYWORDS: lean construction, facade renovation, management, Federal District.

INTRODUÇÃO

A Metodologia Lean é uma abordagem sistemática para reduzir ou eliminar atividades que não agregam valor ao processo ou serviço em uma determinada empresa. A referida metodologia enfatiza a remoção de etapas desnecessárias em um processo e a execução das etapas de valor agregado (MARTINS, et al, 2018).

Dentre os principais benefícios ao executar a Metodologia Lean, estão reduzir o tempo do ciclo dos processos, melhoria do tempo de entrega do produto ou serviço, redução das chances de geração de defeitos, diminuição dos níveis de estoque e otimização recursos para melhorias importantes nos processos da empresa (FERREIRA, 2013).

A literatura aponta que tal metodologia é uma abordagem eficaz para a remoção de resíduos, pois promove uma cadeia contínua de melhorias, entretanto, existem limitações para sua aplicação a depender do tipo de serviço e/ou produto (FEITOSA, et al., 2017).

No contexto da construção civil a Lean é um método de produção que visa reduzir custos, materiais, tempo e esforço, maximizando o valor e a produção de um projeto, minimizando aspectos desnecessários e atrasos. Esse resultado é produzido quando as abordagens de construção padrão são mescladas com uma compreensão clara e concisa dos materiais e informações do projeto objetivando melhor gerenciamento, planejamento e controle (FEITOSA, et al., 2017).

De acordo com Souza e Allem (2017) a Lean resulta da aplicação de uma nova forma de gerenciamento de produção na construção. Os recursos essenciais da construção enxuta incluem um conjunto claro de objetivos para o processo de entrega, visando maximizar o desempenho da obra, incluindo a aplicação do controle do projeto durante todo o ciclo de vida deste. Em geral, os projetos de construção enxuta são mais fáceis de gerenciar, mais seguros, concluídos no prazo, custam menos, visto que diminui os desperdícios e as perdas, melhorando assim a qualidade dos serviços prestados.

Todavia Spósito et al. (2018) descreve que a adaptação dos conceitos de produção enxuta na indústria da construção apresenta um paradigma de gestão de produção, deste modo a caracterizou em três formas complementares, a saber, como (1) transformação; (2) baixo custo; e (3) geração de valor, idealizando assim a teoria de produção. Essa visão tripartida da produção levou ao nascimento da construção enxuta como uma disciplina que subsume o gerenciamento da construção contemporânea dominada pela transformação.

Gerenciar a construção sob lean é diferente da prática contemporânea típica, pois demanda um conjunto claro de objetivos para o processo de entrega, visando maximizar o desempenho para o cliente no nível do projeto, gerenciando simultaneamente produtos e processos por meio da aplicação de controle de produção ao longo da vida do projeto. O primeiro objetivo da construção enxuta deve ser entender completamente a física da produção, os efeitos da dependência e variação ao longo das cadeias de fornecimento e montagem (CAMARA, et al. 2014).

No método lean conctruction, como em grande parte da manufatura, existe a necessidade de um planejamento, com o objetivo de definir critérios para o sucesso e produzir estratégias para alcançar o controle dos eventos que estejam em conformidade com o plano traçado inicialmente. Nesta pesquisa, serão discutidos princípios, métodos e fases de implementação da lean conctruction em uma empresa de reforma de faixadas, mostrando o desperdício na construção e como ele pode ser minimizado (SALES, 2014).

MATERIAL E MÉTODOS

A metodologia de pesquisa utilizada para compor o presente artigo, consiste em um estudo de caso. Este método de pesquisa, visa investigar características de um determinado grupo ou realidade, a  fim de alcançar os objetivos traçados incialmente.

A organização escolhida para análise consiste em uma empresa de reforma em geral como (construção de prédios, casas, revitalização de fachada e impermeabilização de caixas de água e cobertura) fundada no ano de 1964.

Atualmente trabalham na referida empresa um total de 19 pessoas: sendo 1 (um) diretor geral, 1 (um) engenheiro, 1 (um) assistente de engenharia, 1 (um) estagiário, 1 (um) mestre de obras, 4 (quatro) pedreiros, 8 (oito) serventes, 1 (um) carpinteiro, 1 (um) montador.

...

Baixar como  txt (14 Kb)   pdf (233.7 Kb)   docx (374.4 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club