Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Portifolio: Empresa de Esportes

Por:   •  25/9/2017  •  1.691 Palavras (7 Páginas)  •  117 Visualizações

Página 1 de 7

...

O gerenciamento do ciclo de vida dos produtos tem foco na personalização de produtos por encomenda, como camisa, troféus até reforma de bolas de futebol, de acordo com o gerente, “nos trabalhamos com camisas personalizadas para os clientes, fazemos sob encomenda, cada cliente que encomenda material para seu time ou futebol semanal com os amigos, busca algo diferente, manter os demais produtos no estoque é um prejuízo, trabalhamos com os coletes mais simples e menos personalizados, pois ficam mais em conta para o nosso mercado consumidor, os produtos de revenda são automaticamente trocados assim que saem de linha, então caso um time de futebol que troque de patrocinador, fazemos uma queima de estoque liberando espaço para que possamos vender as camisas do novo patrocinador.”.

De certo modo a estratégia de participar com apoio a escolinhas de futebol e outros projetos, ajuda arrecadar novos clientes, mas é pouco explorada, poderia ser maximizada se houvesse um planejamento de marketing. No geral, existe uma falta de investimento e planejamento nas ações relacionadas a todos os 4ps do Marketing.

Para que a empresa cresça, se destaque entre as concorrentes e se encaixe na proposta que ela mesma se descreve, teria que passar por uma reformulação, começando pela atualização e automação dos seus canais de mídia, de uma estratégia diferenciada para o cliente no seu ponto de venda física, criar uma plataforma de venda on-line para atender clientes de lugares mais distantes, trabalhar as promoções de uma maneira que maximize o patrocínio e apoio que a empresa oferece valorizando a imagem da empresa no mercado. E depois expandir para novos pontos de venda física e criação de novos produtos e atrair categorias diferentes de clientes.

- COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

De acordo com o planejamento estratégico V/A Sport, com direcionado à personalização de produtos, mostra que a empresa em sua origem buscou um mercado consumidor bem amplo e consumista, pois a pratica de esporte está relacionada a um momento de bem estar, lazer e de combate ao estresse diário. De acordo com o gerente, percebe-se que mesmo possuindo alguns produtos femininos na loja, o foco é no publico masculino que pratica do futebol.

Em geral a pratica desse esporte gera a necessidade e o desejo de compra de produtos que de certa forma sejam personalizados, cada time ou equipe tem sua própria cor, tipo e estilo de camisa ou uniforme. O desenvolvimento de novos produtos e categorias, gerando uma necessidade de compra que, de acordo com Mowen e Minor em seu livro Comportamento do Consumidor, “a ferramenta desencadeadora dos processos de compra se chama necessidade e desejo’’ (MOWEN & MINOR, 2003). A V/A SPORTS consegue atender esses consumidores, pois tem foco na personalização dos produtos, entretanto ela precisar chegar a esses consumidores, precisa está presentes nas quadras esportivas e campos de futebol e escolinhas de futebol.

De acordo com o Felipe, “Os clientes consumidores da V/A Sports sempre estão presentes, sejam aqueles que praticam o esporte diariamente, semanalmente, ou donos e gerentes de escolinhas de futebol, nossos clientes sempre estão consumindo, pois sempre precisam de pares de meia, chuteiras, bolas e outros acessórios, pois a pratica do esporte é desgastante para os produtos, isso sempre gera a necessidade de troca, entre outros fatores, como um jogador famoso usando uma nova chuteira, o time trocou a cor do uniforme”.

No âmbito do futebol, o fator psicológico é extremamente presente, é uma crença, que segundo Kotler (1998, p.176) “crença é um pensamento descritivo que uma pessoa sustenta sobre algo”, comprar qualquer produto do time ou parecido é mostrar dedicação para com o mesmo, torne-se parte do grupo.

Entrevistando diversos clientes, em geral de varias idades diferentes, a maior porcentagem, praticantes de futebol. No geral estão satisfeitos com os serviços prestados e reconhecem presença limitada da empresa loja com promoções, experiência diferenciada, canais para relacionamento com o cliente, e pesquisa de satisfação.

- ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE

A empresa no geral, mesmo com a falta de investimento em vários outros setores internos, se preocupa com o futuro das crianças, investindo em apoios e patrocínios para ajudar escolinhas de futebol. Esse tipo de apoio é importante, pois diminui o contato de crianças e adolescentes ao acesso à criminalidade.

No Brasil, o futebol foi enraizado na nossa cultura, costumes e crenças. É visível ver na maioria das crianças que o maior sonho é em se tornar um jogador de futebol, entretanto, muitas sem condições financeiras, culturais e pedagógicas. Mas infelizmente no Brasil o investimento no esporte é muito precário, sem iniciativa de empresas privadas seria impossível realizar projetos assim.

Em relação aos concorrentes, o lugar onde a empresa está situada, é bastante escasso de concorrência, em um raio de 4 km, não foi possível localizar nenhuma concorrente. Mas de acordo com o gerente, o grande vilão é a internet, pois sua abrangência, e condições são infinitamente melhores, mas a busca muita procura nos pontos de venda física, muitos clientes possuem certa desconfiança de efetuar compras pela internet, e acabam que não entendem a plataforma. “É algo que queremos explorar, temos planos para o futuro, queremos abranger muitas vertentes do mercado, estamos tentando caminhar para isso” explica o gerente

- ECONOMIA

O Brasil, conhecido como “o país do futebol”, possui um mercado amplo que ainda pode ser muito explorado, principalmente depois dos investimentos para a copa do mundo, olimpíadas 2016. O mercado consumidor de acessórios futebolísticos no Brasil é gigantesco, para muitos o futebol é a coisa mais importante do Brasil, gerando receitas milionárias anualmente.

De acordo com o gerente, “facilita muito ter empresa no Brasil no ramo do futebol, pois mesmo com a situação econômica, vender produtos relacionados ao esporte gera lucro, o desafio é realmente adaptar as estratégias do governo, pois são tantos tributos que temos que pagar taxas, impostos, a empresa tem que priorizar o que é realmente palpável, então tentamos priorizar o que paga as contas e o salário dos funcionários, para depois pensar em estratégias que demandam mais investimentos. Priorizamos os produtos que vendem mais e facilitamos as formas de pagamento’.

3 CONSIDERAÇÕES

...

Baixar como  txt (12 Kb)   pdf (91.3 Kb)   docx (14 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club