Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

OS PRINCIPAIS TIPOS DE FUNDAÇÕES PROFUNDAS : ESTACAS E EXERCÍCIOS PARA A APLICAÇÃO DA TEORIA

Por:   •  4/12/2018  •  1.934 Palavras (8 Páginas)  •  81 Visualizações

Página 1 de 8

...

Pelas características do processo executivo, as estacas tipo Franki não são recomendadas para execução em terrenos com matacões, situações em que as construções vizinhas não possam suportar grandes vibrações, e terrenos com camadas de argila mole saturada, devido aos possíveis problemas de estrangulamento do fuste.

2.2.2- Estacas tipo broca

Tipo de fundação profunda executada por perfuração com trado, e posterior concretagem in loco, normalmente com diâmetro variando entre 15 e 25 cm e comprimento de até 6,0 m. As estacas tipo broca são normalmente empregadas para pequenas cargas.

As estacas tipo broca apresentam como vantagem o fato de não provocar vibrações durante a sua execução, evitando desta forma, danos nas estruturas vizinhas, além de poder servir de cortinas de contenção para construção de subsolos, quando executadas de forma justapostas. Entretanto, as principais desvantagens referem-se às limitações de execução em profundidades abaixo do nível d’água, principalmente em solos arenosos, devendo-se também evitar a sua execução em argilas moles saturadas, a fim de evitar possíveis estrangulamentos no fuste da estaca.

2.2.3- Estaca tipo Strauss

Estaca executada por perfuração através de piteira, com uso parcial ou total de revestimento recuperável e posterior concretagem in loco.

A execução requer um equipamento constituído de um tripé de madeira ou de aço, um guincho acoplado a um motor (combustão ou elétrico), uma sonda de percussão munida de válvula em sua extremidade inferior, para a retirada de terra, um soquete com aproximadamente 300 kg, tubulação de aço com elementos de 2 a 3 metros de comprimento, rosqueáveis entre si, um guincho manual para retirada da tubulação, além de roldanas, cabos de aço e ferramentas.

A estaca tipo Strauss apresenta a vantagem de leveza e simplicidade do equipamento, o que possibilita a sua utilização em locais confinados, em terrenos acidentados ou ainda no interior de construções existentes, com o pé direito reduzido. Outra vantagem operacional é de o processo não causa vibrações que poderiam provocar danos nas edificações vizinhas ou instalações que se encontre em situação relativamente precária.

Para situações em que se tenha a necessidade de se executar a escavação abaixo do nível d’água em solos arenosos, ou no caso de argilas moles saturadas, não é recomendável o emprego das estacas do tipo Strauss por causa do risco de estrangulamento do fuste durante a concretagem.

2.2.4- Estacas escavadas mecanicamente com trado helicoidal

Este tipo de estaca é executado a partir de uma escavação prévia feita no terreno por um trado helicoidal mecânico onde, posteriormente, é feita a concretagem in loco. Pelas características do processo executivo pode-se observar que este tipo de estaca é encontra-se no grupo de estacas que não provocam descolamento do solo durante a sua execução.

O equipamento para execução deste tipo de estaca compreende basicamente um trado helicoidal mecânico, conforme mostrado na Figura 4.8. Em geral o diâmetro das perfuratrizes varia de 0,2 m a 1,7 m, podendo-se executar estacas com profundidades variando de 6,0 a 10 m, conforme o comprimento do trado utilizado.

A vantagem desta técnica consiste na grande mobilidade, versatilidade e produtividade, além do fato de não produzir qualquer tipo de vibração no terreno, e permitir a amostragem do solo escavado. Entretanto, a sua utilização restringe-se a execução de fundações em profundidades acima do nível d’água, e em solos coesivos.

2.2.5- Estacas tipo hélice contínua

Tipo de fundação profunda constituída por concreto moldado in loco, executada por meio de trado contínuo e injeção de concreto, sob pressão controlada, através da haste central do trado simultaneamente a sua retirada do terreno.

Dentre as principais vantagens deste tipo de estaca destacam-se a elevada produtividade, promovida pela versatilidade de equipamento, que por sua vez leva à economia devido à redução dos cronogramas de obra, pode ser executada na maior parte dos maciços de solo, exceto quando ocorrem matacões e rochas, não produz distúrbios e vibrações típicos dos equipamentos a percussão, controle de qualidade dos serviços executados, além de não causar a descompressão do terreno durante a sua execução. As principais desvantagens estão relacionadas ao porte do equipamento, que necessita de áreas planas e de fácil movimentação, pela sua produtividade exige central de concreto no canteiro de obras, e pelo seu custo é necessário um número mínimo de estacas a se executar para compensar o custo com a mobilização do equipamento.

2.2.6- Estacas injetadas

Tipo de fundação profunda executada através de injeção sob pressão de produto aglutinante, normalmente calda de cimento ou argamassa de cimento e areia, com o objetivo de garantir a integridade do fuste ou aumentar a resistência por atrito lateral, de ponta, ou de ambas. A injeção do produto aglutinante pode ser feita durante, ou após a instalação da estaca.

2.2.7- Estacas pré-moldadas

As estacas pré-moldadas caracterizam-se por serem cravadas no terreno por percussão, prensagem ou vibração, podendo ser constituídas por um único elemento estrutural ou pela associação de dois desses materiais, quando será então denominada de estaca mista. Pela natureza do processo executivo este tipo de estacas classifica-se como estacas de grande deslocamento.

As estacas pré-moldadas são ainda subdivididas, conforme o material empregado na sua execução, em:

- Estacas de concreto:

- Podem ser de concreto centrifugado ou protendido;

- Exigem controle tecnológico na sua fabricação;

- Não é recomendado o seu uso em terrenos com matacões ou camadas pedregulhosas;

- Exige cuidados adicionais durante o transporte;

- Deve ser feita a verificação de sua integridade antes da sua cravação;

- Estacas de madeira:

- Devem ser de madeira dura, resistente, em peças retas, roliças e descascadas;

-

...

Baixar como  txt (13.4 Kb)   pdf (60.7 Kb)   docx (18.8 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no Essays.club