Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Energia Solar e Eólica

Por:   •  24/4/2018  •  1.500 Palavras (6 Páginas)  •  321 Visualizações

Página 1 de 6

...

Os países que mais utilizam dessa forma de geração de energia são Japão, Estados Unidos e Alemanha, grandes consumidores de energia elétrica que não dispõem de muitos recursos naturais para suprir sua rede.

2. Energia Eólica

Denomina-se energia eólica a energia cinética contida nas massas de ar em movimento (vento). Seu aproveitamento ocorre por meio da conversão da energia cinética de translação em energia cinética de rotação, com o emprego de turbinas eólicas, também denominadas aerogeradores, para a geração de eletricidade, ou cataventos (moinhos), para trabalhos mecânicos como bombeamento d´água.

A energia eólica produzida a partir da força dos ventos é abundante, renovável, limpa e disponível em muitos lugares. Essa energia é gerada por meio de aero geradores, nas quais a força do vento é a captada por hélices ligadas a uma turbina que aciona um gerador elétrico. A quantidade de energia transferida é função da densidade do ar, da área coberta pela rotação das pás (hélices) e da velocidade do vento.

Uma avaliação técnica do potencial eólico exige um conhecimento detalhado do comportamento dos ventos. Os dados relativos a esse comportamento que auxiliam na determinação do potencial eólico de uma região são relativos à intensidade da velocidade e a direção do vento. Para obter esses dados, é necessário também analisar os fatores que influenciam o regime dos ventos na localidade do empreendimento. Entre eles pode-se citar o relevo, rugosidade do solo e outros obstáculos distribuídos ao longo da região.

As primeiras tentativas de gerar eletricidade surgiram no final do século XIX, mas somente um século depois, com a crise internacional do petróleo (década de 1970), é que houve interesse e investimento suficiente pra viabilizar o desenvolvimento e aplicação de equipamentos em escala comercial.

A energia eólica só é considerada tecnicamente aproveitável, se sua densidade for maior ou igual a 500 w/m2, a uma altura de 50 metros, o que requer uma velocidade mínima do vento de 7 a 8m/s (GRUBB; MEYER). Segundo a Organização Mundial de Meteorologia, o vento apresenta velocidade média igual ou superior a 7m/s, a uma altura de 50m, em apenas 13% da superfície terrestre. Essa proporção varia muito entre regiões e continentes, chegando a32% na Europa Ocidental.

Os países que mais utilizam dessa fonte para geração de eletricidade, em escala comercial são: Alemanha, Dinamarca, Estados Unidos, Índia e Espanha.

Quanto à aplicação desse tipo de energia no Brasil, pode-se dizer que as grandes centrais eólicas podem ser conectadas à rede elétrica uma vês que possuem um potencial para atender o Sistema Interligado Nacional (SIN). As pequenas centrais, por sua vez, são destinadas ao suprimento de eletricidade a comunidades ou sistemas isolados, contribuindo assim para o processo de universalização do atendimento de energia. Em relação ao local, a instalação pode ser em terra firme ou no mar.

De acordo com a Agencia Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Brasil possui 2.788 megawatts (MW) de capacidade instalada de energia eólica, derivada de 119 empreendimentos em operação, contribuindo para redução da emissão de CO2(T/ano) em 2.397.350. O maior potencial está na região litoral do Nordeste e no Sudeste e Sul.

Embora se insira dentro do contexto mundial de incentivo por tecnologia de geração elétrica menos agressivas ao meio ambiente, como qualquer outra tecnologia de geração de energia, a utilização de ventos para a produção de energia elétrica acarreta em alguns impactos negativos, como interferências eletromagnéticas, impacto visual, ruído e danos à fauna, por exemplo. Atualmente, essas ocorrências já podem ser minimizadas e até mesmo eliminadas por meio de planejamento adequado, treinamento e capacitação de técnicos, e emprego de inovações tecnológicas.

Poluição visual: a reação visual às estruturas eólicas varia de pessoa para pessoa, isso depende da relação que essas pessoas têm com o meio ambiente. Dentre as diferenças de percepção destes empreendimentos, a turbina eólica pode ser vista como um símbolo de energia limpa e bem vinda, podendo ser explorada como uma fazenda turista (gerando emprego e renda), ou negativamente, como uma alteração de paisagem. Acrescenta-se que os benefícios econômicos gerados pela implantação das fazendas eólicas muitas vezes são cruciais para amenizar potenciais atitudes ou percepções negativas em relação à tecnologia

Impacto sobre a fauna: um dos aspectos ambientais a ser enfatizado diz respeito à localização dos parques eólicos em áreas situadas em rotas de migração de aves. O comportamento das aves e as taxas de mortalidade tendem a ser específicos para cada espécie a para cada lugar. Ao analisar os estudos sobre os impactos na fauna alada, observa-se que parques eólicos podem trazer impactos negativos para algumas espécies. Entretanto, estes impactos podem ser reduzidos a um nível tolerável por meio do planejamento do futuro da geração eólica, considerando aspectos de conservação da natureza (EWEA, 2004) como: evitar áreas de corredor de migração; usar torres tubulares; adotar arranjo adequado das turbinas no parque eólico e utilizar sistema de transmissão subterrâneo.

O ruído é outro fator que merece ser mencionado, devido não só à perturbação que causa aos habitantes das áreas onde se localizam os empreendimentos eólicos, como também a fauna local, sem citar a interferência no processo reprodutivo das tartarugas.

3. Relação com a Eng. Elétrica

Percebemos cada vez mais a importância em preservar a natureza e consequentemente a importância do desenvolvimento sustentável, cria-se assim a necessidade de investimento em fontes de energia limpas e renováveis. Dificilmente encontramos pessoas questionando a importância da utilização de fontes de energia renovável, mas é comum o questionamento de sua viabilidade e eficiência. Cabe a nós futuros engenheiros eletricistas, principalmente aqueles que atuarão na área de geração de energia, o desenvolvimento

...

Baixar como  txt (11 Kb)   pdf (54.5 Kb)   docx (16 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no Essays.club