Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA EMPRESA: GN-SERVIÇOS METALÚRGICA E CALDEIRARIA

Por:   •  28/4/2018  •  Trabalho acadêmico  •  621 Palavras (3 Páginas)  •  409 Visualizações

Página 1 de 3

[pic 1]

Faculdade Dom Pedro II- GRUPO UNIDOM

Curso: Tecnólogo Segurança do Trabalho

Projeto Integralizador I

Salvador,

2017

Discentes:

Alessandra Miranda

Caroline Nascimento

Edson Maciel

Luciano Monteiro

Máximo Batista

Roberto Luiz

[pic 2]

        

Salvador,

2017

Sumário

RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA        1

Empresa GN- Serviços Metalurgia e Caldeiraria ......        2

Identificação dos Riscos        4

Analise Final        5

RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA

EMPRESA: GN-SERVIÇOS METALÚRGIA E CALDEIRARIA.

              Aos dias onze do mês de Setembro de 2017 nosso grupo se fez presente na empresa GN Serviços Metalúrgico e Caldeiraria para uma visita técnica como parte de um trabalho a ser desenvolvidos na disciplina (P.I. 1) Projetos Integralizadores I, esta mesma empresa fica situada na Rua do Pisca Pisca S/N no bairro de Águas Claras; Salvador, Bahia.

              Pudemos constatar que esta empresa funciona em um galpão com ventilação natural em uma proporção de terreno de 50 m. por 20 m. aproximadamente; possuindo ainda 06 (Seis) funcionários em seu quadro de trabalho com funções de caldeireiro traça dor, soldador caldeireiro e pintor. Suas atividades são de fabricação e reparos em Containers de chapas de metais para lixos de limpezas urbanas e armazenamentos de entulhos e restos de obras da construção civil.

                 A empresa possui como equipamentos de trabalho e execução das suas atividades:

  • Uma dobradeira manual para as chapas de metal e moldagem dos containers; os tipos mais comuns de dobradeira ou prensa viradeira possuem acionamento hidráulico através de cilindros e acionamento mecânico através de freio/embreagem ou engate chaveta. São utilizadas para dobrar chapas de acordo com a matriz que está sendo empregada, normalmente estreitas e longas;

  • Uma maquina de Corte Corte; onde o processo consiste na utilização do calor liberado por uma coluna de plasma, resultante do aquecimento de um gás, e malta vazão rotacional.

  •  Quando prontos os containers podem chegar a 320k
  • Dois conjuntos de maquinários de solda e esmerilhamento das peças;
  • Equipamentos rotativos como lixadeiras; furadeiras e discos.

Identificação dos Riscos

  • Identificando os riscos: Analisando o ambiente de trabalho podemos classificar os riscos físicos. Aos quais seus colaboradores estão expostos.
  •         São eles: ruídos, poeiras, risco de quedas, choques elétricos, ergonômicos, ruídos e outros.
  • Responsabilidades administrativas;
  • Reserva e delimitação de área para armazenamento de sobras das matérias primas “chapas”.
  • Delimitação e sinalização de área para extintores, bem como desobstrução destas áreas e corredores de acesso.
  • Fornecimento, treinamento e conscientização dos seus colaboradores no uso e conservação de seus EPIs.

Analise Final

          No local foram levantados alguns riscos existentes encontrados no setor de soldagem e foi levado em consideração aspectos como a utilização de equipamentos de proteção individuais, posto de trabalho e equipamentos (maquinários), verificou-se que os problemas mais críticos estavam relacionados à captação de fumos metálicos na execução do profissional soldador e a proximidade de outros trabalhadores na circulação e durante o processo. Foram encontrados também como criticidade a manutenção e conservação das instalações e equipamentos elétricos, padrões da NR 10 e que possivelmente possam ser sugeridos em uma próxima visita. O grupo constatou a existência de riscos de acidentes por falta de uma arrumação física como sobras de chapas de metais pontiagudas e dispostas na vertical em locais de circulação e livres acesso. Falta de sinalizações e barreiras juntos aos locais de soldagem além de extintores que já estavam fora de padrões de uso.

...

Baixar como  txt (4.2 Kb)   pdf (127.1 Kb)   docx (30.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no Essays.club