Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A Licenciatura em ensino de Geografia com Habilitações em Turismo

Por:   •  19/12/2018  •  3.871 Palavras (16 Páginas)  •  52 Visualizações

Página 1 de 16

...

O primeiro capítulo (I) dedica-se a construção teórica da pesquisa, onde são discutidos alguns conceitos de acordo com os diferentes autores com vista a melhor compreensão do tema a ser tratado.

O segundo (II) capítulo faz caracterização física da área do estudo, destacando-se a sua localização geográfica, os aspectos climáticos, geológicos, geomorfologicos, características demográficas e socioecónomicas.

No (III) terceiro e o último capitulo, serão feitas as análises e interpretações dos efeitos socioambientais decorrentes da ocupação espontânea dos espaços susceptíveis a inundações do Bunhiça; posteriormente serão apresentadas a conclusão, as recomendações da pesquisa. Por fim, listou-se, as bibliografias utilizadas para aprofundar e fundamentar os conhecimentos abordados no estudo.

0.1. Delimitação da Pesquisa

- Delimitação do tema

O trabalho enquadra-se no âmbito da elaboração do trabalho de fim de curso para obtenção do grau de Licenciatura em Ensino de Geografia com Habilitação em Turismo, e tem como tema, Efeitos Socio-ambientais Decorrentes da Ocupação Espontânea de Solos Susceptíveis a Inundações, Estudo de Caso do Bairro Bunhiça “C”.

- Delimitação da área de estudo

A área sobre a qual recai o estudo do caso é o Bairro Bunhiça, localiza-se no Posto Administrativo da Machava, no Município da Matola entre as seguintes coordenadas: latitudes 25°52′25′′ e 25°54′55′′ sul e as longitudes 32°29′10′′ e 32°28′25′′ a leste. Vide o no:

ANEXO 1 ilustração do MAPA 1: Enquadramento da área de estudo.

0.2. Justificativa

A escolha do tema justifica-se pelo facto de se considerar que a ocupação espontânea de solos susceptíveis a inundações ser um dos maiores problemas que aflige a maior parte de população da região centro e sul de Moçambique, no concerne Província de Maputo, bairro de Bunhiça, devido a forma de localização tem apresentado diversas inundações, ocasionando efeitos sócio-ambientais.

O presente trabalho enquadra-se na linha de pesquisa: Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Faculdade de Ciências da Terra e Ambiente da Universidade Pedagógica (UP).

O presente trabalho, poderá contribuir para melhorar as condições ambientais do Bairro Bunhiça, através da educação ambiental da população sobre os impactos da ocupação dos espaços susceptíveis a inundações.

O tema mostra-se de grande importância porque retrata um problema que causa destruições em maior parte das áreas suburbanas de Moçambique e constitui grande desafio para a sociedade moçambicana, chamando a reflexão de todos os membros da sociedade, desde o Governo, académicos, empresários, políticos e a sociedade civil em geral na busca de estratégias de intervenção.

Este trabalho poderá ser um instrumento útil à população que reside nos solos propensos, em particular do bairro, as autoridades político – administrativas locais e ao Conselho Municipal da Cidade da Matola para compreender os principais processos de transformação ambiental de modo a atenuar as implicações ambientais negativas decorrentes da ocupação do espaço de forma.

Dada a relevância do tema, pretende-se que esta pesquisa encontre soluções e produza mecanismos que impeçam o aumento das ocupações espontâneas dos espaços susceptíveis a inundações.

Devido ao conhecimento pessoal e de ter vivido por longos anos em bairros com problemas semelhantes, a vontade é de ver aquele problema resolvido dentro do bairro, é o que fez escolhesse este tema.

0.3. Problema

Devido ao uso e ocupação espontânea dos espaços para moradia, urbanização intensiva de terras especulativos, assim esses factores provocam a ocupação irregular no meio ambiente urbano, em particular aos moradores do Bairro Bunhiça, Municipio da Matola, por não seguir normas e leis adequados para o uso da terra, dai esses bairros constituem- se em espaços desordenadas, susceptíveis a qualquer impacto sócio-ambientais no meio urbano, onde ultimamente o bairro vem se registando inundações, a mesma afecta muitos pontos e os prejuízos materiais causados são a degradação de infra-estruturas (casas, vias, surgimento de charcos de água e outros).

O bairro em estudo está sendo ocupado sem tomar em conta o estabelecimento de infra-estruturas como o saneamento do meio, o que constitui perigo para a saúde pública e boa qualidade ambiental. Neste contexto, surge a seguinte questão de pesquisa:

Quais são os efeitos sócio-ambientais de ocupação em áreas inundáveis no bairro Bunhiça?

0.4. Hipóteses

O termo de solos susceptíveis a inundação que se pretende estudar neste trabalho é como um todo, onde integram aspectos como bem-estar físico, psicológico, ambiental assim como segurança dos indivíduos. E seguindo-se a esse raciocínio formula-se a seguinte hipótese:

A ocupação espontânea dos solos susceptíveis a inundação para habitação contribui para a ocorrência de efeitos sociais e ambientais.

0.5. Objectivos

0.5.1. Objectivo Geral

- Analisar os efeitos sócio-ambientais decorrentes da ocupação espontânea nos solos susceptíveis a inundações no bairro Bunhiça.

0.5.2. Objectivos Específicos

- Caracterizar os aspectos físico-geográficos da área de estudo;

- Explicar os efeitos socioambientais decorrentes da ocupação espontânea nos espaços susceptíveis a inundações;

- Sugerir condições adequadas de ocupação e uso do solo para minimizar impactos negativos decorrentes da ocupação espontânea do espaço.

0.6. Metodologias da Pesquisa

0.6.1. Método de abordagem

Quanto a abordagem metodológica este trabalho apresentará uma abordagem mista (qualitativa e quantitativa).

Desta feita, por se tratar de um estudo de caso, exige uma intervenção directa na vida da comunidade, o presente estudo irá usar

...

Baixar como  txt (28 Kb)   pdf (84.1 Kb)   docx (29 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no Essays.club