Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Segundo o Dicionário Houaiss

Por:   •  3/3/2019  •  Artigo  •  3.711 Palavras (15 Páginas)  •  24 Visualizações

Página 1 de 15

Producao vidro

==========

INTRODUÇÃO

1.1 Definição

Segundo o Dicionário Houaiss, vidro é: “uma substância rígida, amorfa e inorgânica, geralmente transparente e quebradiça, fabricada por meio da fusão a altas temperaturas, seguida de rápida solidificação, de uma mistura de silícios (areia) e carbonatos”.

A indústria restringe o conceito vidro ao produto resultante da fusão, pelo calor, de óxidos e seus derivados e misturas, constituindo principalmente a sílica ou o óxido de silício. Suas principais características são a transparência/ translucidez, a dureza e a capacidade de reciclagem total.

1.2 Utilização do vidro

Os vidros são utilizados em quase todas as atividades humanas; na construção civil: fachadas, janelas, parapeitos, escadas, lâmpada e luminárias, sistemas de aquecimento solar, etc.; na ciência: nos microscópios e telescópios constituindo as lentes, nos frascos dos laboratórios, etc.; na indústria: nos reatores, visores, instrumentos, parabrisas de carros, etc.

Uma utilização muito adequada das excelentes propriedades do vidro é o seu uso como embalagem, pois é o único material que possui duas características essenciais das embalagens modernas: preserva a natureza, pois é completamente reciclável, e não contamina o produto embalado, protegendo assim o consumidor.

1.3 Descoberta do vidro

Os historiadores não dispõem de dados precisos sobre a origem do vidro, mas objetos de vidro foram descobertos nas necrópoles egípcias, por isso, imagina-se que o vidro já era conhecido há pelo menos 4.000 anos antes da Era Cristã, e que fora descoberto de forma casual. Os navegadores fenícios são apontados por alguns autores como precursores da indústria do vidro, que ancorados em uma praia da costa da Síria improvisaram uma fogueira utilizando blocos de salitre e soda e, algum tempo depois, notaram que do fogo escorria uma substância brilhante que se solidificava imediatamente. Ali nascia o vidro.

Com a revolução industrial e mecanização dos processos, surgiu a indústria moderna do vidro. Em 1952, na Inglaterra, a Pilkington desenvolveu o processo para produção do vidro Float, conhecido também como cristal, que revolucionou a tecnologia dessa indústria que vem prosperando a cada dia.

2 COMPOSIÇÃO DO VIDRO

Existem mais de 800 tipos de vidros, no entanto o processo de fabricação na indústria vidreira é praticamente o mesmo para todos eles. As principais matériasprimas utilizadas na composição do vidro são a areia, calcário, magnésio, barrilha (carbonato de sódio), alumina (óxido de alumínio) e aditivos, como corantes ou descolorantes em proporções mínimas.

Figura 1 - Composição básica do vidro

2.1 Matérias-primas

As matérias-primas são empregadas todas na forma de sólidos granulados, com os grãos variando de 0,1mm a 2mm de diâmetro. Todas devem ser controladas e mantidas dentro de rígidas especificações tanto no aspecto químico quanto no aspecto granulométrico, pois a seleção das matérias primas é muito importante para a obtenção de um produto de boa qualidade, uma vez que, tudo o que entra no forno vai para o vidro final. A grande maioria das matérias-primas empregadas na produção do vidro é de minerais naturais extraídos da natureza, eles devem passar por algum tipo de beneficiamento que garantam o atendimento das especificações.

2.1.1 Sílica, cálcio, magnésio e alumina

A areia, fornecedora da sílica que é a base do vidro, é encontrada em depósitos onde foi acumulada através do tempo pela ação da erosão das intempéries sobre as rochas. Os fornecedores de cálcio, magnésio e alumina são rochas que devem ser retiradas como em pedreiras e depois moídas para chegarem à granulometria adequada.

A sílica (SiO2) é a matéria-prima básica, fornece o óxido de silício que proporciona a função vitrificante. A alumina (Al203), é obtida através do uso do feldspato e aumenta a resistência mecânica do produto final. O calcário proporciona estabilidade ao vidro contra ataques de agentes atmosféricos, para a produção do vidro ele fornece o óxido de cálcio (CaO). O magnésio garante resistência mecânica ao vidro para suportar mudanças bruscas de temperatura.

2.1.2 Barrilha

A barrilha, fornecedora do óxido de sódio, é produzida através de processos químicos podendo ser de origem trona ou solvay, respectivamente natural ou artificial. A barrilha trona é a mais barata de se produzir, entretanto os locais de extração são desertos longe dos centros produtivos, devendo ser transportados por longas distâncias. A barrilha solvay pode ter fábricas localizadas em qualquer lugar perto da costa. Ambas atuam no vidro de maneira igual e a escolha de uma ou outra se dá apenas por razões econômicas, visto que no Brasil não existe nenhuma produção deste material ela se torna a matéria-prima mais dispendiosa, constituindo cerca de 60% do custo da composição dos vidros sodo-cálcicos.

2.1.3 Colorantes

O vidro obtido com as matérias-primas básicas é incolor, portanto para obter diversas cores se adicionam alguns óxidos metálicos em pequenas proporções.

Os colorantes mais usados em vidros industriais são:

• óxido de cromo que produz o verde das garrafas de vinho.

• óxido de ferro que dá o verde menos intenso das chapas de vidro plano.

• óxido de cobalto que gera o azul forte empregado em artigos domésticos.

• óxido de cobre que confere cor azul com um tom mais esverdeado.

• Selênio dá uma cor rosada, quando empregado junto com cobalto e o ferro produz cores cinza e bronze dos vidros

...

Baixar como  txt (20.4 Kb)   pdf (66.7 Kb)   docx (18 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no Essays.club