Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A VISITA TÉCNICA CERVEJARIA LOBA ARTESANAL

Por:   •  27/5/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.694 Palavras (7 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 7

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI[pic 1]

CAMPUS ALTO PARAOPEBA

VISITA TÉCNICA CERVEJARIA LOBA ARTESANAL

Relatório apresentado como parte das exigências da disciplina Processos Químicos Industriais, do curso de Engenharia Química, sob responsabilidade da professora Patrícia da Luz Mesquita.

Camila Pego Padilha

Laryssa Marcello Gomes

Ouro Branco - MG

Maio/2019


  1. Descrição da empresa

  1. Razão Social

Cervejaria Loba, Industria de Bebidas Loba LTDA

  1. Endereço

Santana dos Montes, Conselheiro Lafaiete, Fazenda Guarará – Zona Rural, Minas Gerais. Telefones (31) 3726-1207 e (31) 3814-0858.

  1. Ramo de atuação

Industria e comércio de bebidas.

  1. Público consumidor

Supermercados e bares da região de Minas Gerais, podendo englobar desde os consumidores tradicionais aos intolerantes a glúten.

  1. Introdução

Há evidências de que a prática da cervejaria se originou na região da Mesopotâmia [1], mas foi a partir de 1836 que começaram a nascer no Brasil marcas de grande sucesso empresarial que são conhecidas até hoje, como a Antarctica, Brahma, Bohemia dentre outras.

A Cervejaria Loba foi criada em 2013, visando a fabricação de cervejas especiais 100% maltadas, sem a adição de cereais não maltados, para manter a tradição das mais conceituadas cervejas do mundo. Existem 16 estilos de cerveja, os quais são fabricados com processos e técnicas mais modernas existentes no mundo cervejeiro, com utilização de insumos importados, procurando assegurar alta qualidade aos produtos e satisfação dos consumidores. [2]

Além das cervejas especiais, a Loba fabrica as cervejas sem glúten, para atender os amantes de cerveja que apresentam alergia ao glúten, onde procurou-se obter uma cerveja para atender este público, com características de uma cerveja especial. [2]

  1. Objetivo

O objetivo da visita é de proporcionar uma aproximação do meio acadêmico com o meio industrial, ocasionando, assim, uma maior visão dos processos de fabricação da cerveja para os alunos da graduação. Isto é possível, uma vez que, a visita possibilita observar o ambiente real de uma empresa em pleno funcionamento, além de ser possível verificar sua dinâmica, organização e instrumentos necessários, proporcionando, assim, uma aproximação entre Universidade e Empresa.

  1. A visita

No dia 23 de março, sábado, ocorreu a visita técnica na Cervejaria Loba com alunos dos cursos de Engenharia Química e de Engenharia de Bioprocessos de diversos períodos. Fomos recepcionados por uma representante da cervejaria, a qual explicou todo o processo de produção da cerveja desde a moagem do malte até a filtração da cerveja em si.

Além disso, foi apresentado, os diferentes tipos de malte e de lúpus utilizados para a fabricação de cada estilo de cerveja, sendo que na maioria das vezes ocorre uma mistura de mais de um tipo de malte e/ou de lúpulo.

Vale a pena ressaltar que, o processo de envasamento não foi visto e que após o tour, a maioria dos alunos foi para o bar instalado na fábrica para uma degustação da cerveja artesanal Pilsen.

  1. Processo de Produção

A cerveja é uma bebida de baixo teor alcoólico feita pela fermentação de diversos cereais com lúpulo, o qual é adicionado para dar um gosto mais ou menos amargo e para controlar a fermentação. [3]

Existem diferentes tipos de malte que podem ser utilizados na fabricação da cerveja, sendo alguns deles o Pilsen, Pale Ale, Caramelo, Chocolate e Centeio [4], cujas características são as seguintes:

  • Pilsen: é o tipo mais comum, possui uma coloração clara e aroma de cereal;
  • Pale Ale: é um pouco mais escuro e contribui com aromas e sabores levemente adocicados;
  • Caramelo: é um malte um pouco mais tostado, dando a cerveja uma coloração que varia do âmbar-claro ao marrom escuro e aromas caramelados e toffe;
  • Chocolate: confere à cerveja coloração marrom-escura e aromas de caramelo queimado, chocolate amargo e café;
  • Centeio, trigo e aveia: agregam texturas, sabores e aromas que enriquecem certos estilos.

Da mesma forma, existem diferentes tipos de lúpulo, como por exemplo: Mantiqueira, Northern Brewer, Citra, Brewer’s Gold e Saaz. [5]

Após a introdução do processo, dos maltes e dos lúpulos, foi visto o processo em si, o qual é dividido entre: moagem, mistura, filtração, fervura, resfriamento, fermentação, maturação e armazenamento. A seguir, será detalhado todas as etapas envolvidas.

  1. Moagem

Nesta etapa, os grãos malteados são moídos, geralmente, em moinhos de rolos ou em martelos, para que o amido contido no interior dos grãos seja exposto. [6]

  1. Mistura ou Maltação

Depois de moído, o malte é encaminhado para os tanques de mistura ou câmeras de maltação, onde ele será misturado com água, durante 5 a 8 dias, até que se forme as enzimas. Quando as enzimas são formadas, a germinação é suspensa pelo aquecimento da mistura. As enzimas são os catalizadores biológicos que quebraram o amido em cadeias menores de açúcares, como glicose e maltose. [3] [6]

Nessa etapa, o amido insolúvel é convertido em amido solúvel e, o amido solúvel do malte passa à dextrina e aos açucares do malte. Vale ressaltar que, a temperatura de aquecimento pode variar dependendo da cerveja que se deseja produzir ou do sabor que desejado. [3]

  1. Filtração

Após ter todo o amido transformado, a mistura é lançada das dornas para um filtro-prensa que tem a finalidade de separar as cascas e o bagaço do líquido açucarado chamado mosto, o qual já possui uma cor característica de cerveja. Vale ressaltar que, esse filtro vai separar os grãos insolúveis por meio de um fundo falso e gradeado. [3]

Após isso, a solução será passada por uma “chuva” de água descarbonatada, a 74ºC, para que ocorra a completa recuperação de todas as substâncias da solução. Esse procedimento se chama lavagem. [3]

...

Baixar como  txt (11.1 Kb)   pdf (1.4 Mb)   docx (1.3 Mb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club