Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Resenha Elementos de Sociologia

Por:   •  21/11/2017  •  1.102 Palavras (5 Páginas)  •  144 Visualizações

Página 1 de 5

...

Nos adaptamos desde o nascimento à esse ambiente, e por vivermos em sociedade necessitamos de normas de condutas que regulem a nossa convivência com os demais. E a vida social só acontece por que acatamos regras que visam instruir a ordem, paz, justiça, segurança e pacificam os conflitos de interesses que surgem nas relações sociais. A socialização pode ser entendida como um aprendizado constante, pelo qual aprendemos a língua, símbolos, as normas sociais, a usar objetos, a termos determinados tipos de sentimentos, etc. Por meio desses processos vemos o mundo através de uma determinada óptica cultural, e assim a socialização permite a manutenção da sociedade e a transmissão de sua cultura de geração em geração. A cultura é resultado do trabalho portanto, não é produzida em causa própria, mas a partir das exigências do grupo social em que o homem está inserido.

O livro aborda uma questão bem interessante dos usos e costumes denominados como Folkways e Mores, que são denominações propostas por Summer. Os Folkways que são ações desenvolvidas por um povo aceitas como apropriadas, que caso sejam desrespeitadas não estão sujeitos a ações severas. Por exemplo usar enfeites, a maneira de falar, de se alimentar. Já os Mores possuem uma base sólida moral e são considerados essenciais à sobrevivência do grupo social. Caso um Mores seja desrespeitado, haverá uma reação de revolta por parte do grupo. Um exemplo de Mores pode ser a obrigação dos pais na educação dos filhos. Há continuamente o aparecimento e desaparecimentos de uns, nessa nossa sociedade que vive em total mudança. Os usos e costumes se caracterizam pela espontaneidade sendo obedecidos voluntariamente e exercendo um controle social muito mais eficaz, tornando-se assim bases da ordem social.

A teoria de Pareto merece uma consideração, pois segundo seu ponto de vista toda teoria concreta de conexões sociais são compostas de resíduos e derivações. Com o conceito dos resíduos entendemos que impulsos elementares existentes em todas as sociedades, são expressos de forma individual, através de manifestações de sentimentos. E das derivações podemos compreender que são as explicações as quais as pessoas dão de seu comportamento e dos sistemas sociais nos quais o mesmo ocorre. As derivações nos caracterizam pois é a mistura entre a ação lógica e não lógica, que apenas nós seres humanos somos capazes de realizar, por conta de nossa racionalidade. Nos primeiros capítulos do livro, Koening consegue abrir nosso entendimento sobre a importância e o papel do indivíduo na sociedade e sempre citando e tendo como base afirmações e constatações de diversos sociólogos, que foram os principais pensadores da sociologia.

...

Baixar como  txt (7.1 Kb)   pdf (68.1 Kb)   docx (11.1 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no Essays.club