Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

AS CUNHADAS: ORIGEM DA MOEDA E O SURGIMENTO DO SISTEMA MONETÁRIO NO BRASIL

Por:   •  4/6/2018  •  1.537 Palavras (7 Páginas)  •  104 Visualizações

Página 1 de 7

...

- CONCEITO

Unidade representativa de valor aceita como instrumento de troca em uma sociedade, moeda corrente é a que circula legalmente no país. Moedas fortes são as que têm curso internacional, como instrumento de troca e reserva de valor.

- CARACTERISITICA DA MOEDA

A moeda tem diversas funções reconhecidas dentre elas estão:

- Meio de troca: é um solvente de débitos, ou seja, um instrumento intermediário para aquisição de bens.

- Unidade de conta: exprime e contabilizam numericamente os passivos e os ativos, os haveres e as dividas.

- Reserva de valor: utilizada para acumulação de poder aquisitivo, posteriormente seja utilizado no futuro,

- HISTORIA DA MOEDA

Atualmente a moeda parece ser uma coisa banal, mas sua descoberta representou um notável avanço para a humanidade.

Pesquisas arqueológicas indicam que as moedas surgiram há quatro mil anos (2 500 a. C.) o que torna o dinheiro tão antigo quantos as pirâmides do Egito, as primeiras moedas surgiram no século VII, no reino Lidia onde hoje fica a Turquia, cada pedaço correspondia a um valor determinados, com pesos formas diferentes. Assim o homem começou a dividir e pesar o metal quando pretendia fazer um negócio.

Lista de moedas primitivas e seus respectivos lugares de utilização:

Algodão e Açúcar

Barbados

Amendoim

Nigéria

Amêndoa

Sudão

Animais

Todo o mundo antigo

Arroz

Índia, China, Japão

Bacalhau

Islândia

Botas e Seda

China

Búzios

África, Ásia, Europa

Cacau

México

Dentes deAnimais

Oceania

Espetos

Grécia Antiga

Esteiras

Ilhas Carolinas

Mogno

Honduras

Peixes

Alasca

Peles

Sibéria, América

Pérolas

África

Sal

Etiópia

Tartarugas

Marianas

Telas e tecidos

Europa, África, China

Fonte: http://www.eduquenet.net/histmoeda.htm

Entre 640 a 630 a. C. é inventada a cunhagem, processo de fabricação de moedas. Tal prática surgiu da necessidade de se garantir o peso e a pureza do metal de cada peça. Segundo a tradição, as primeiras moedas foram produzidas na Lídia, atualmente em território turco, por volta de 700 a.C.

O método inicial de cunhagem se mantém até os dias de hoje em grande parte, com o ouro ou prata pesado em uma quantidade exata, depois colocadas em depressões circulares rasas, em moldes de areia, onde as porções seriam aquecidas, até se fundirem e cobrir a base das depressões. Após o resfriamento essas peças eram retiradas, colocadas em uma bigorna e estampadas, ou cunhadas com o símbolo do estado ou do rei responsável pela emissão das moedas. A cunhagem era feita para garantir o peso e a pureza do metal utilizado.

Os primeiros registros do papel como moeda remontam do ano 89 na China. As matrizes de bambu para impressão e confecção aplicada a uma pasta, a partir do ano 610 missionários cristãos espalharam a novidade em outras terras.

- SISTEMA MONETÁRIO

O conjunto de cédulas e moedas utilizadas por um país forma o seu sistema monetário. Este sistema, regulado através de legislação própria, é organizado a partir de um valor que lhe serve de base e que é sua unidade monetária.

Atualmente, quase todos os países utilizam o sistema monetário de base centesimal, no qual a moeda divisionária da unidade representa um centésimo de seu valor.

Normalmente os valores mais altos são expressos em cédulas e os valores menores em moedas. Atualmente a tendência mundial é no sentido de se suprirem as despesas diárias com moedas. As ligas metálicas modernas proporcionam às moedas durabilidade muito superior à das cédulas, tornando-as mais apropriadas à intensa rotatividade do dinheiro de troco.

Os países, através de seus bancos centrais, controlam e garantem as emissões de dinheiro. O conjunto de moedas e cédulas em circulação, chamado meio circulante, é constantemente renovado através de processo de saneamento, que consiste na substituição das cédulas gastas e rasgadas

- O SURGIMENTO DO SISTEMA MONETÁRIO BRASILEIRO

“A circulação monetária em terras brasílicas não se verificou imediatamente após o descobrimento. As atividades comerciais, que se iniciaram logo nos primeiros anos com a extração, comércio e exportação de pau-brasil, peles e animais nativos, prescindiam desse sistema de troca, destituído de significado para os autóctones nelas envolvidos. O trabalho indígena de extração e embarque de madeira e outros produtos era aliciado mediante escambo, ou seja, a troca direta do produto por outras mercadorias - espelhos, miçangas, facas, anzóis e miudezas - que substituíam a moeda dos europeus. Só mais tarde, com a ocupação das terras e o desenvolvimento das atividades agrícolas, quando se

...

Baixar como  txt (11.9 Kb)   pdf (60.5 Kb)   docx (19.3 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club