Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Departamento de segurança do trabalho

Por:   •  8/11/2018  •  1.890 Palavras (8 Páginas)  •  3 Visualizações

Página 1 de 8

...

4 Quantificar profissionais necessários

A empresa no qual pretende se instalar um departamento de segurança e medicina do trabalho possuiu 7820 funcionários, dentro desse número de trabalhadores o anexo II da NR-4 declara a necessidade de 24 pessoas para prestação de serviços nessa área, em um levantamento mais detalhado será preciso:

- Técnico de Segurança do trabalho: 13

- Engenheiro Segurança do trabalho: 4

- Auxiliar de Enfermagem do trabalho: 2

- Enfermeiro do trabalho: 1

- Médico do trabalho:

Quadro 2 – Número de empregados no departamento de acordo com a quantidade de funcionários e o grau de risco do trabalho

[pic 6]

Fonte: Norma regulamentadora 4 (NR-4).

5 Funções e qualificações dos profissionais

Existe a necessidade de definir-se previamente as funções de cada funcionário e as principais qualificações dos mesmos para que exista eficiência e coesão nas práticas que cada um irá exercer dentro da empresa.

5.1 Técnico de Segurança do Trabalho

O técnico tem como função principal elaborar e orientar atividades de segurança do trabalho e preservar a condição física dos funcionários da empresa, prever riscos de acidentes e fazer análise das causas para elimina-los, verifica o cumprimento da norma e os procedimentos de segurança nela contida

5.2 Engenheiro de segurança de trabalho

As atribuições do engenheiro de segurança do trabalho envolvem funções relacionadas a administração do dia-dia e prevenção de situações que possam colocar em risco a vida das pessoas no ambiente profissional.

Ele organiza programas de prevenção e faz o planejamento de melhorias para a estrutura do local, entre outras atribuições necessárias para promover a segurança dos trabalhadores. Também é de responsabilidade desse profissional a emissão de laudos técnicos que atestam ou não a capacidade da empresa para receber seus funcionários com total segurança. Ele faz inspeções, traça metas de melhorias, ainda trabalha diretamente com a CIPA (comissão interna de prevenção de acidentes)

5.3 Auxiliar de Enfermagem do trabalho

Tem como função realizar exames pré-admissionais, periódicos, demissionais e outros a serem determinados pela instituição contratante, qualificar as condições sanitárias do local de trabalho, atender funcionários com necessidades especiais ou com lesões de pequena gravidade com a supervisão de um superior.

5.4 Enfermeiro do trabalho

Executa serviços voltados a área de medicina, segurança do trabalho e higiene do trabalho, afim de preservar a saúde de trabalhador. Coletam dados estatísticos da saúde dentro da empresa e discute com técnicos em segurança do trabalho necessidades para evolução nos quesitos de segurança e saúde.

5.5 Médico do trabalho

Tem como principal objetivo zelar pela saúde dos trabalhadores da empresa, avaliar se o trabalhador está apto para exercer determinada função dentro da empresa, realizar exames como de frequência cardíaca e de condições físicas, e estar apto para atender alguma emergência médica que venha a ocorrer dentro da empresa.

6 Orçamento salarial

Após a definição dos cargos a serem preenchidos e de suas respectivas quantidades foi necessária uma pesquisa de mercado, com o intuito de estimar o valor a ser desembolsado para a contratação de todos os funcionários e seus respectivos salários, com isso foi desenvolvida o quadro a baixo:

Quadro 3 – informações referentes aos salários de cada funcionário e o total salarial do departamento[pic 7]

Fonte: Primária (2017).

6.1 Encargos sociais

Conforme pesquisado, os encargos sociais das empresas optantes pelo simples nacional enquadradas no anexo IV da lei complementar 123/2006, são equivalentes a 107,03 % do salário do funcionário contratado pela empresa.

Tabela 1 – Tabela A referente a encargos sociais

[pic 8]

Fonte: webcontabil (2012).

Tabela 2 – Tabela B referente a encargos socias

[pic 9]

Fonte: webcontabil (2012).

Tabela 3 – Tabela C referente a encargos sociais

[pic 10]

Fonte: webcontabil (2012).

Fazendo um cálculo simples multiplicando o total de porcentagem de encargos sociais pelo montante salarial do departamento obtemos o seguinte valor de R$132.533,93, como podemos observar no quadro abaixo as despesas com funcionarios no final de um mês para a empresa será igual a R$256.362,70 somando os salários aos encargos sociais

Quadro 4 – Cálculo do montante final de encargos sociais

[pic 11]

Fonte: Primária (2017).

7 Divisão dos funcionários por turnos

Para minimizar os gastos com as instalações físicas e para poder contemplar os dois turnos em que a empresa opera, definiu-se que o departamento de segurança e medicina do trabalho opera com seus funcionários divididos em dois turnos, por fins de deixar mais clara a observação desta divisão foi feita uma tabela com a disposição dos funcionários em seus respectivos turnos, que pode ser observada no quadro abaixo.

Quadro 5 – Quadro para demonstração da divisão dos funcionários por turno

[pic 12]

Fonte: Primária (2017).

8 Organograma

[pic 13]

Fonte: Primária (2017)

9

...

Baixar como  txt (13.5 Kb)   pdf (62.7 Kb)   docx (19.6 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no Essays.club