Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Estudo Dirigido Sobre a “Teogonia” de Hesíodo.

Por:   •  2/4/2018  •  1.325 Palavras (6 Páginas)  •  180 Visualizações

Página 1 de 6

...

Ciclopes e Hecatonquiros

- Cronos, depois de dar origem a Afrodite, une-se a Reia, sua irmã e gera uma nova geração divina:

Héstia–deusa dos lares, Deméter – deusa da terra cultivada, Hera – deusa da maternidade, Hades – deus guardião dosubmundo, Poseidon(deus dos oceanos) eZeus (deus do olimpo, deus dos deuses)

- Zeus, agora, cria outra geração de deuses, heróis e semideuses:

Héracles – semideus muito forte, Musas – (filhas de Mnemósine) cantam o presente, o passado e o futuro,Apolo – deus da luz física e espiritual, Ártemis – deusa da vida selvagem e da caça, Hermes – mensageiro do Olimpo, Dionísio – deus do vinho, Perséfone – deusa da agricultura, Perceu – herói que decapitou a medusa, Minos – rei da ilha de Creta e Helena de Tróia – a mais belo do mundo.

A SECUSSÃO DE PODER:

CAOS → CRONOS → ZEUS

4) Em que sentido a Teogonia pode ser vista como um poema celebrando a realeza de Zeus?

O poema conta a criação do mundo mitológico, mas faz isso tomando Zeus como referência. Exalta a maneira como ele, o filho menor, conseguiu derrotar o pai Cronos, e teve coragem para recuperar seus irmãos e assumir o lugar do pai.

Na Teogonia, Hesíodo chama a Zeus de Diòs – que tem raiz nas palavras “dia” e “deus”, em português, o que mostra sua importância. Além disso, durante o poema, Zeus passa por três batalhas, provando sua coragem e determinação em conquistar o Olimpo.

A Teogonia, na verdade, é um poema para contar as façanhas de Zeus, já que ele é tido como a expressão máxima de poder. O poema narra o fato de Zeus trazer toda a força de seus antepassados e governar uma nova era mitológica.

Zeus é, portanto, exaltado no poema, onde seus feitos são tomados como referência e seu poder é tido como maioral.

5) Discuta aspectos do mito e dê exemplos baseados da Teogonia.

Um mito é uma narrativa que versa sobre acontecimentos de um passado inalcançável, que perdura no presente. A mitologia foi uma forma encontrada para se compreender o mundo e entender coisas que, para aquela época, eram quase impossíveis de se entender. Os mitos foram muito importantes, pois sempre foi essencial para o homem saber suas origens e a origem do mundo.

Os mitos podiam tratar de muitos assuntos como a relação entre os deuses, seus pactos, as revoltas dos deuses com quem os desobedecia ou sobre a origem do mundo. Além disso, o mito explica algum aspecto da realidade, fala sobre o céu e terra, sobre as mulheres, sobre as raças ou sobre as montanhas. A Teogonia, que é uma cosmogonia, explica essa origem do mundo, conta a sucessão dos deuses e solidificação dos seus poderes.

Na Teogonia, nós podemos ver, por exemplo, a criação do Céu e da Terra, com a separação de Urano e Gaia, o surgimento das montanhas proveniente da união de Gaia e Tártaro e a presença de heróis e deuses contribuindo para a consolidação do mundo.

Vale ressaltar ainda que os gregos acreditavam fielmente nos mitos, narrados pelos aedos, por entender que eles eram testemunhas da história e retratavam a realidade.

6) Mostre ao menos duas história pararelas na Teogonia.

- 1ª história paralela: O nascimento de Afrodite

O nascimento de Afrodite, deusa do amor e da sexualidade, acontece quando Cronos corta os órgãos genitais de seu pai Urano e arremessa-os para dentro no mar. A espuma surgida da queda dos genitais na água, que alguns autores identificaram como sendo esperma, teriam fecundado Tálassa, personificação do mar, e dessa espuma originou-se Afrodite.

- 2ª história paralela: O nascimento de Apolo e Artemis

Apolo, deus da luz física e espiritual, e Ártemis, deusa da vida selvagem e da caça, tiveram um nascimento complicado, já que sua mãe fora quase morta por conta da ira da esposa de Zeus, Hera. Ambos são filhos de Leto, uma titânide, e de Zeus, o Senhor do Olimpo.

Zeus teve um caso com Leto, sua esposa descobriu e caçou Leto para se vingar. Zeus escondeu Leto numa ilhota chamada Naxos, onde ninguém a encontraria.

Leto estava grávida de gêmeos, mas ão havia ninguém para auxiliá-la no parto. Primeiro nasceu Ártemis, que ajudou a mãe a dar a luz ao seu irmão (tornando-se assim protetora dos recém-nascidos).

Ártemis, ao ver as dores da mãe ao parir, implorou a Zeus para que permanecesse sempre virgem. Zeus fez muito mais, presente-ou a filha com um arco-e-flechas de prata, e uma matilha de cães. Ártemis tornou-se deusa da caça e protetora dos bosques.

Bibliografia

Livro: Teogonia

http://www.infoescola.com/mitologia-grega/teogonia-de-hesiodo/

http://portal-dos-mitos.blogspot.com.br/2012/12/afrodite.html

http://www.ellenscorner.reocities.com/Paris/shoppe/7044/mnascimento.htm

http://mitoemitologias.blogspot.com.br/2012/09/apolo-e-artemis-gemeos-divinos.html

...

Baixar como  txt (8.7 Kb)   pdf (53.4 Kb)   docx (574.6 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no Essays.club