Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO ECONOMIA TEORIA DA CONTABILIDADE

Por:   •  30/4/2018  •  2.250 Palavras (9 Páginas)  •  87 Visualizações

Página 1 de 9

...

Vantagens:

Esse modelo de produção traz algumas vantagens como e o caso do:

- Aumento de produção.

- Barateamento de preço dos produtos industrializados.

- Especialização do funcionário a um único serviço.

- Aumento da eficiência do trabalhador.

- Redução da possibilidade de erro na realização das tarefas.

O aumento de produção e o barateamento dos preços traz uma série de benefícios para uma organização como e o caso de maior fornecimento de produtos ou serviço a preços acessíveis ao mercado consumidor, e em grande quantidade pelo fato de ter aumentado a produção, o que e bem proveitoso a empresa pois vai aumentar sua margem de lucro, gerando assim retornos financeiros a empresa, a especialização do trabalhador e uma única área tende a aumentar sua eficiência principalmente no que se diz respeito a redução de erros na realização de tarefas que e de grande valia a empresa pois a tal terá mais proveito de matéria prima, mais produto ou serviço por matéria disponibilizada pois não houve desperdício tanto de tempo quanto de matéria, devido ao fato de o funcionário já estar acostumado a desenvolver mesma função e por isso já ter uma habilidade afinada ao processo de produção do produto o serviço.

Desvantagens:

Como é possível identificar vantagens logo torna-se possível identificar desvantagens no modelo de produção sistematizado como:

- Fadigas.

- Trabalhadores remunerados de acordo com a quantidade produzida.

- Trabalhadores passivos.

- Mecanicismo.

- Cria uma alienação mental do empregado já que não só o meio de produção era sistematizado.

- Também os horários de trabalho e a cobrança para sempre produzir mais e mais.

E isso causa transtornos dentro da organização pois gera descontentamentos entre os funcionários, com posições por exemplo, funcionários reclamando de suas posições dentro da empresa com modelo de produção Taylorista, visto que eles sempre estão praticando a mesma a atividade e isso se torna repetitivo e desgastante e de maneira clara desmotivador ao funcionário, pois lhe torna uma pessoa alheia de si mesma (mentalmente) tirando sua ideia próprias, além de impor pressão ao funcionário para produzir mais e produzir com qualidade tornando um funcionário apreensivo e nervoso tirando assim o foco do trabalho e diminuindo o potencial produtor e criativo de cada um. E isso reflete um pouco na situação da empresa do estudo de caso do desafio profissional, tem se registrado transtornos e descontentamento entre os funcionários da Industria de Pneus do estado do Paraná, em relação as posições pois os tais reclamam de suas posições dentro da empresa, visto que eles sempre estão praticando a mesma a atividade e isso tem se tornando repetitivo e desgastante e de maneira clara desmotivador.

Passo 2

Resumo da importância relação econômico-social

Como é visto que em todos os âmbitos da sociedade um bom relacionamento sempre ajuda a prevalecer de forma intacta todas as formas de comunicação e negociação entre as pessoas ou organizações. Sendo assim torna se notório que a indústria de pneus de cidade de São Jose dos Pinhais, precisa estabelecer um ótimo relacionamento com seus fornecedores de matéria prima, com a visão de chegar a ter um relacionamento econômico-social estável e beneficente a ambas as partes, conseguindo dessa forma fidelizar contratos de grande porte com tais fornecedores para que a mesma venha dispor de quantidade suficiente de matéria prima para produção em larga escala se colocando a frente da concorrência e atingindo os seu objetivo de liderar a primeira colocação no ramo de fabricação de pneus.

Sendo possível assim analisar que com isso a empresa aumenta o seu potencial competitivo abrangendo com esse fato seu poder de dominação de diversos setores do mercado fornecedor também como o consumidor, possibilitando assim a empresa a estabelecer atitudes ousadas no que diz respeito as negociações internas com fornecedores, pois a mesma tem a certeza de que pode contar com seus fornecedores já que é comprador exclusivo dos insumos. E pelo que observámos, os fornecedores que possuem compradores exclusivos, são beneficiados pelo fato de que com essa exclusividade, a venda de seus insumos será facilitada. Então o fornecedor, sempre terá um cliente garantido, desta forma gerando lucro e o favorecimento e desenvolvimento dessa atividade na região.

Passo 3:

Ao lançar um novo produto no mercado toda e qualquer organização deve estar preparada para lidar com os diferentes riscos a correr, não sendo diferente com a Indústria de Pneus situada na cidade de São José dos Pinhais, no Estado do Paraná que viu uma oportunidade ímpar na apresentação de um novo modelo ao mercado consumidor, só que a mesma precisa estar atenta a analisar os riscos que irá correr no processo de implementação desse novo produto. Para a indústria de pneus fabricar esse modelo, haverá um aumento significativo no custo de produção, pois se trata de um produto bastante moderno e eficiente devido a esse fato também e inevitável que os preços sofram um pequeno no reajuste tornando o produto mais caro.

Risco

Por ser um produto inovador de escalão e desconhecido até então,

- Ocorre o perigo do novo não atender a necessidade de o cliente do mesmo descrever o que diz respeita a si mesmo.

- Haverá risco de esta informação chegar aos concorrentes e o mesmo plagiar a ideia e lançar um produto similar no mercado.

- É de extrema importância observar, se o produto chegará com total êxito à mídia e se haverá uma boa propagação do produto

Vantagens

- Ao lançar um produto inovador do poste que a empresa propaga lhe trará grande reconhecimento no mercado.

- De forma a aumento a procura de seus produtos que acarretará

...

Baixar como  txt (17.6 Kb)   pdf (66 Kb)   docx (21.5 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club