Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

AGREGADOS MACROECONÔMICOS E IDENTIDADES CONTÁBEIS

Por:   •  6/12/2017  •  2.516 Palavras (11 Páginas)  •  106 Visualizações

Página 1 de 11

...

Não entra no cálculo da RNB => o pagamento de salários a estrangeiros que residem no Brasil; a remessa de lucros das multinacionais para suas matrizes instaladas em território estrangeiro.

Expandido o exemplo da empresas analisada até agora, suponha que esta empresa conte com a colaboração de argentinos:

Informação a ser contabilizada

Valor em R$

Valor da Produção (VP)

1.000,00

Despesas operacionais

800,00

Pagamento de salários

500,00

a brasileiros

400,00

a argentinos

100,00

Custo das matérias-primas (nacional e importada)

300,00

Receita líquida de vendas

200,00

Paga a brasileiros

100,00

Paga a argentinos

100,00

Cálculo do PIB pela ótica da produção:

VA = VP – Bens intermediários

VA = 1000 – 300 = $ 700,00

Cálculo da Renda Nacional Bruta:

RNB = Soma da remuneração paga aos fatores de produção residentes no país

RNB = Salário pago aos brasileiros + Receita líquida paga aos brasileiros

RNB = 400 + 100 = $ 500,00

Outra forma de encontrar o valor da Renda Nacional Bruta:

RNB = Valor do PIB - Soma da remuneração paga aos fatores de produção estrangeiros

RNB = PIB – (Salário pago aos argentinos + Receita líquida paga aos argentinos)

RNB = 700 – (100 + 100)

RNB = 700 – 200 = $ 500,00

As transações internacionais que envolvem fatores de produção têm uma nomenclatura, conforme segue:

RRE => Renda Recebida do Exterior, pelo pagamento a fatores de produção que estão em território estrangeiro

REE => Renda Enviada ao Exterior, pelo pagamento a fatores de produção que estão em território nacional, mas são estrangeiros.

Se RRE - REE > 0 => O país recebe mais recursos do que paga => saldo é positivo

Se RRE – REE > 0 => Tem-se uma Renda Líquida Recebida do Exterior (RLR)

Neste caso:

RNB = PIB + RLR

RNB > PIB

Se RRE - REE O país paga mais recursos do que recebe => saldo é negativo

Se RRE – REE Tem-se uma Renda Líquida Enviada ao Exterior (RLEE)

Neste caso:

RNB = PIB - RLEE

RNB

ou

PIB > RNB

Um país acumula uma RLEE e tem uma situação em que

PIB > RNB quando:

- Existe um grande número de multinacionais instaladas em território nacional, as quais remetem lucros ao exterior;

- Existe um número relativamente grande de estrangeiros trabalhando e recebendo salários em território nacional, os quais remetem parte de sua renda a familiares que vivem no país de origem;

- O país acumula uma dívida externa relativamente elevada, que exige o pagamento de juros a instituições financeiras estrangeiras;

- Existe um pequeno número de empresas nacionais instaladas em território estrangeiro, o que conduz a baixo recebimento de renda do exterior;

- Há pouco recebimento de salários de trabalhadores que estão atuando em território estrangeiro.

- ESTE É O CASO DO BRASIL

- Geralmente nossa realidade é de PIB > RNB

Renda Nacional Disponível Bruta (RND) e

Renda Privada Disponível (RPD)

O cálculo da Renda Nacional Disponível (RND) é feito a partir da RNB.

- Renda Nacional Disponível refere-se à renda que fica disponível para consumo e investimento em um país, depois de considerar-se o saldo das transferências correntes recebidas e enviadas ao exterior.

- RND corresponde aos recursos que os agentes econômicos têm para gastar em consumo ou poupar.

- Transferências correntes (TUR) refere-se à movimentação de recursos entre agentes econômicos e países, sem contrapartida com o processo de produção.

Exemplo de TUR => Remessa e recebimento de recursos entre governos; Remessa de recursos públicos para residentes; doações, heranças, etc..

Se o país é um recebedor líquido de transferências

TUR > 0

RND = RNB + TUR

Se o país é um pagador líquido de transferências

TUR

RND = RNB - TUR

Exemplos:

- Europa no período imediatamente posterior à Guerra. Para reerguer a economia daqueles países, houve uma grande transferência de recursos dos Estados Unidos.

...

Baixar como  txt (16.9 Kb)   pdf (119.3 Kb)   docx (24.4 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no Essays.club