Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

CONCRETO DE ALTO DESEMPENHO

Por:   •  27/11/2017  •  1.212 Palavras (5 Páginas)  •  273 Visualizações

Página 1 de 5

...

3.4 Aditivo

Foi utilizado no nosso concreto 1% do aditivo superplastificante ADIMENT, com o objetivo de adquirir um concreto com ótimas características, rápido lançamento e alta resistência inicial. Esse aditivo proporciona alta dispersão entre os agregados e cimento, permitindo uma grande redução na água de amassamento, ótima aderência a armadura, excelente acabamento, alta densidade e baixa permeabilidade. Além disso, ele pode ser empregado de duas maneiras, ou reduzindo uma parte da água para alcançar maiores resistências, ou, como no nosso caso, mantendo a quantidade de água inalterada, mas obtendo alta fluidez.

3.5 Proporcionamento na betoneira

Após a escolha e definição dos materiais e do traço, adiciona-se os mesmos na betoneira para efetuação da mistura dos componente do concreto. A ordem de colocação é a seguinte: Água, Brita, Cimento, Areia. No caso do material adicionante é misturado antes com o cimento e o aditivo com a água.

3.6 Mistura

Nesta etapa todos os materiais se unem formando o concreto. Contudo, existem dois tipos de mistura: a manual e a mecânica.

A mistura manual é recomendada em obras de pouca importância e de pouco volume. Nunca deve-se misturar manuamente um volume com mais de 100 kg de cimento

A mistura mecânica é utilizada em obras de maior importância, com maior volume. Essa mistura é realizada com betoneiras ou misturadores, onde o tempo e a velocidade ótima são influenciados pelo diâmetro e pelo tipo de eixo.

EIXO VERTICAL:

[pic 3]

EIXO INCLINADO:

[pic 4]

EIXO HORIZONTAL:

[pic 5]

D = diâmetro

3.7 Transporte

Existem três tipo de transporte: Horizontal, Vertical , Inclinado, Bombeamento e Caminhão Betoneira.

O transporte depende do tipo de obra, da localização da obra, do volume do concreto e das características do concreto. Além disso, este deve ser o mais rápido e direto possível.

3.8 Lançamento

O lançamento, que é a ação de despejar o concreto na forma de maneira que ele preencha todo o espaço, é realizado através de três etapas:

A primeira etapa é a preparação da forma, na qual deve ser verificada a estanquidade da forma, ou seja, se ela for metálica deve-se usar borracha de vedação e se ela for de madeira deve-se molhar a forma para que não absorva a água do concreto.

A segunda etapa corresponde à colocação do concreto na forma e a terceira etapa corresponde à distribuição do concreto por toda a forma.

3.9 Adensamento

O adensamento busca uma melhor distribuição dos agregados a fim de preencher toda a forma, diminuindo os vazios e, consequentemente a porosidade. Esta etapa pode ser feita manualmente ou mecanicamente, através do soquete pneumático ou vibradores.

3.10 Cura

Processo que se faz após o fim da pega visando garantir a perfeita hidratação do concreto, evitando as retrações. É uma etapa muito importante na garantia da resistência, pois, quando bem realizada, garante uma melhor impermeabilidade.

Tipos de cura:

- Cura por forma

- Cura química

- Cura úmida

- Cura por imersão

- Cura por manta

- Cura por vapor d’água

3.11 Cálculo do consumo de cimento para o cone de Abrams

O volume do cone de Abrams corresponde a 9 dm³

Com o traço e o volume do concreto calculamos a quantidade de materiais colocados na betoneira. Após a obtenção de uma homogeneidade do concreto, ocorre a realização do Slump Test para aferição da consistência do concreto.

3.12 Slump Test

O Slump Test, também conhecido como abatimento do cone de Abrams, é usado para medir a consistência do concreto. Coloca-se o concreto em um molde em forma de tronco de cone, o qual deve ser apoiado em uma placa metálica sob uma superfície plana, resistente e impermeável. Deve-se ter o cuidado de adensá-lo bem para minimizar os vazios, este é colocado por partes totalizando em 3 camadas, onde cada camada recebe 25 golpes feitos com uma barra de aço galvanizado. Feito isso, o cone é retirado cuidadosamente e posto de forma invertida ao lado do concreto. Em seguida, coloca-se uma barra horizontalmente sob o cone e mede-se a diferença de altura. Essa diferença é conhecida como Slump e deve pertencer a um determinado intervalo especificado por tabela. O abatimento solicitado pela norma é entre 8 e 10 cm.

...

Baixar como  txt (8.3 Kb)   pdf (80.4 Kb)   docx (14 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no Essays.club