Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

O CONCRETO DE ALTO DESEMPENHO

Por:   •  23/12/2018  •  1.636 Palavras (7 Páginas)  •  270 Visualizações

Página 1 de 7

...

- AGREGADO GRAÚDO

O agregado graúdo é o componente mais forte e menos poroso do concreto. No concreto de cimento contribui para a heterogeneidade do concreto e há uma relação fraca entre a matriz de cimento e a superfície agregada. Isso resulta em menor resistência ao concreto de cimento, restringindo o tamanho máximo de agregado e também fortalecendo a zona de transição. Com o uso de misturas minerais, o CAD torna-se mais homogêneo e há aprimoramento acentuado nas propriedades de resistência, bem como nas características de durabilidade do concreto. A força do CAD pode ser controlada pela força do agregado graúdo, o que normalmente não é o caso com o concreto de cimento convencional. Assim, a seleção de agregados graúdos seriam um passo importante na mistura do concreto de alto desempenho (PRICE apud AÏTCIN e MEHTA, 1990).

- ÁGUA

A água é adequada para a produção do concreto e o seu aspecto quantitativo é fator fundamental para a produção do concreto. A aplicação da água depende de diversos fatores, como, a natureza e a relação água cimento do concreto, características tais como a forma, tamanho densidade e absorção dos agregados e trabalhabilidade do concreto também influenciam (IBRACON, Mehta e Monteiro).

- ADITIVOS QUÍMICOS

As misturas químicas são os ingredientes essenciais na mistura de concreto, pois aumentam a eficiência da pasta de cimento, melhorando a capacidade de trabalho da mistura e resultando em uma diminuição considerável do requerimento de água. Os mais comuns são: plastificantes, superplastificantes, retardadores de pega e agentes de ar.

- ADIÇÕES DE MINERAIS

A principal diferença entre o concreto de cimento convencional e o concreto de alto desempenho é essencialmente o uso de misturas minerais no último. Algumas das misturas minerais são: cinza volantes, vapores de sílica, pó preto de carbono e minerais à base de gesso anidro.

As misturas de minerais como cinzas volantes e vapores de sílica agem como materiais pozolânicos, bem como cargas finas, de modo que a microestrutura da matriz de cimento endurecido torna-se mais densa e mais forte. O uso de vapores de sílica enchem o espaço entre partículas de cimento, agregados e partículas de cimento. Vale a pena notar que a adição de vapor de sílica à mistura de concreto não lhe confere nenhuma força, mas atua como um catalisador rápido para obter a força da idade precoce.

- PROPRIEDADES DO ESTADO FRESCO

O comportamento do concreto fresco de alto desempenho não é diferente dos concretos convencionais. Embora muitos concretos de alto desempenho exibam um reforço rápido e um ganho de força precoce, outros podem ter tempos longos e baixos avanços iniciais. O funcionamento é normalmente melhor do que os concretos convencionais produzidos a partir do mesmo conjunto de matérias-primas. A cura, por sua vez, também não é diferente para o CAD do que para os concretos convencionais.

Price (2003) comenta que no CAD, é normal a produção de elevada trabalhabilidade. Slump de 200 mm são comuns. Em relação ao adensamento, verificou-se que muitas vezes os CAD’s possuem maiores dificuldades de se adensarem do que os concretos convencionais. Como o teor de material cimentício do CAD é alto (em torno de 500 kg/m³), o calor de hidratação do concreto também é. É fato que, quando o calor de hidratação aumenta a resistência do concreto diminui. Dessa forma, se o CAD é utilizado em grandes volumes, é necessário precauções quanto aos efeitos térmicos (PRICE apud BAMFORTH e PRICE, 1995).

- PROPRIEDADES DO ESTADO ENDURECIDO

Aïtcin (2000) afirma que as diferenças entre o comportamento mecânico do concreto de alto desempenho e do concreto usual resultam de suas diferentes microestruturas. O CAD não necessariamente se comporta como um concreto mais resistente, porém na maioria dos casos isso acontece.

- RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO

O CAD é, obviamente, caracterizado por uma elevada resistência à compressão. Outra característica é que o ganho de resistência após os 28dias é freqUentemente pequeno. O aumento de resistência irá depender da dosagem dos materiais cimentícios do concreto (PRICE, 2003).

- RELAÇÃO ÁGUA/CIMENTO

A baixa relação água/cimento é necessária para produzir o CAD, além de que geralmente melhora a durabilidade do concreto. Quando dosado com sílica, constatam-se reduções significativas na permeabilidade e na infiltração de cloretos (PRICE, 2003).

O aumento da resistência é obtido, principalmente pela redução drástica da porosidade da pasta de cimento hidratada. Essa redução de porosidade é obtida pela adição de mais cimento ao mesmo tempo em que se reduz a quantidade de água de mistura através do uso de superplastificantes e pela substituição de uma parte do cimento por um volume igual de material cimentício suplementar (por exemplo, a sílica ativa).

- CONCLUSÃO

Levando em consideração todos os estudos realizados, para a elaboração do presente trabalho, é possível concluir que o Concreto de Alto Desempenho (CAD) é calculado para se obter elevada resistência e durabilidade. Com aas utilizações de adições e aditivos especiais, sua porosidade e permeabilidade são diminuídas, fazendo as estruturas elaboradas com este concreto, mais resistente ao ataque de agentes mais agressivos.

O CAD possui resistências superiores a 40 Mpa, o que é de suma importância para estruturas que precisam ser constituídas por peças menores. Além do aumento do tempo de vida útil das obras, o mesmo proporciona desfôrmas mais rápidas, diminuição da utilização da taxa de armadura, maior rapidez na execução da obra. Por mais que o CAD apresente diversas vantagens, o mesmo ainda não é tão utilizado devido a inexistência de uma norma técnica e

...

Baixar como  txt (11 Kb)   pdf (56.7 Kb)   docx (16.1 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club