Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

BIG DATA DE LA SALUD AL MUNDO CORPORATIVO

Por:   •  20/9/2019  •  Artigo  •  5.793 Palavras (24 Páginas)  •  27 Visualizações

Página 1 de 24

BIG DATA DE LA SALUD AL MUNDO CORPORATIVO

==========

BIG DATA DA SAÚDE AO MUNDO CORPORATIVO

Robson Sampaio∗

Lauro Boechat Batista∗∗

RESUMO

O termo Big Data caracteriza um conjunto de novas tecnologias e procedimentos para análise de dados, permitindo que as empresas evoluam seu modelo analítico para continuar a competir de forma eficiente. Conhecido por processar grandes volumes de dados, o Big Data tornou-se um referencial tecnológico por proporcionar novos desafios e por gerar possibilidades no mundo corporativo. Como resultado foi constatado que existe um gradativo interesse pelo tema Big Data relacionado aos negócios, tanto nas produções ligadas às instituições científicas, quanto àquelas ligadas às organizações. Inclusive, foram identificadas ligações do tema a uma série de negócios que vai do marketing à saúde e do transporte público à educação, sempre ligados a um melhor processo decisório. Os sistemas de inteligência analítica lançam mão de um conjunto de tecnologias e processos com o propósito de gerar diferencial competitivo para as organizações. Contudo, o crescimento da quantidade de informação existente com o surgimento de novas fontes de dados não estruturados, nos mostram um desafio ao modelo tradicional de análise de dados. Segundo Barton e Court (2012), “A competição entre marcas está cada vez mais acirrada, exigindo que as empresas tomem decisões rápidas para criarem um diferencial competitivo frente aos concorrentes”. A fim de minimizar riscos resultantes de processos decisórios inadequados, os gestores devem se basear em fontes relevantes e reais. Diante disso, este artigo procura mostrar o valor do Big Data no processo decisório para as organizações e como estas estão usufruindo desta tecnologia ligada à saúde e ao mundo corporativo.

Palavras-chave: Big Data. Competitividade. Inteligência Analítica. Tomada de Decisão. Saúde.

______________________________________________________________________________________

∗ Aluno de Pós-Graduação em Engenharia da Computação do Campus Presidente Vargas da Universidade Estácio de Sá; ∗∗ Professor de TCC da Universidade Estácio de Sá.

ABSTRACT

The term Big Data features a set of new technologies and procedures for data analysis, allowing companies to evolve their analytical model to continue to compete efficiently. Known for processing large volumes of data, Big Data has become a technological benchmark for providing new challenges and for generating possibilities in the corporate world. As a result, it has been verified that there is a gradual interest in the theme Big Data related to the business, both in the productions linked to the scientific institutions and those linked to the organizations. In addition, the theme links to a series of businesses such as health marketing and public transportation to education, always linked to a better decision-making process. The analytical intelligence systems use a set of technologies and processes with the purpose of generating competitive differential for the organizations. However, the growth of the amount of information existing with the emergence of new sources of unstructured data, presents a challenge to the traditional model of data analysis. According to Barton and Court (2012), "Competition between brands is increasingly fierce, requiring companies to make quick decisions to create a competitive edge over competitors." In order to minimize risks arising from inappropriate decision-making processes, managers should rely on relevant and real sources. Therefore, this article seeks to show the value of Big Data in the decision making process for organizations and how they are enjoying this technology related to health and the corporate world.

Keywords: Big Data. Competitiveness. Analytical Intelligence. Decision Making. Health.

______________________________________________________________________________________

1 INTRODUÇÃO

O processo decisório nas organizações é algo complexo e peculiar e devido a evolução do novo ambiente econômico que gera competitividade, as empresas buscam eliminar desperdícios e simplificar tarefas para que possam alcançar seu sucesso no mundo corporativo. Segundo Choo (2006) para tomarmos uma decisão sensata é fundamental enumerar todas as possibilidades existentes e analisar suas consequências.

Atualmente existem vários mecanismos que buscam dados de fontes diversas, os quais podem otimizar tempo, gerar ganhos e aperfeiçoar os negócios no mundo corporativo se bem trabalhados. A seleção e o compartilhamento de informações minuciosas destinada ao público interessado como os fornecedores, consumidores, parceiros e concorrentes pelas organizações são permitidos devido a Tecnologia da Informação adotada pela empresa.

Novas e sofisticadas ferramentas de processamento de dados surgem a cada momento, melhorando o desempenho em diversos aspectos, especialmente em volume e em tempo de processamento (Goldman, Kon, Junior, Polato, & de Fátima Pereira, 2012).

Ao longo dos anos, o termo Big data passou a fazer parte dos dicionários científicos, conquistou várias organizações e a mídia em um curto espaço de tempo. Segundo Manyka (2011), “Big data refere-se a conjunto de dados cujo tamanho é além da capacidade de ferramentas de software de bancos de dados típicos para capturar, armazenar, gerenciar e analisar”.

As organizações deverão criar estratégias para estabelecer meios de tratar de grandes volumes de dados e averiguar informações relevantes para o processo decisório, visto que a performance das empresas no mundo corporativo será estabelecida de acordo com a forma que as mesmas irão tratar desse volume de dados, com as inúmeras informações e com a rapidez que elas aparecem e se disseminam (COMPUTERWORLD, 2012).

Portanto, a alta administração, os gestores e os líderes terão que decidir o que fazer com esse grande volume de dados o que é considerado um grande desafio para o Big Data, pois segundo a Meritalk Big Data Exchange (2013), o Big Data não determina somente inovações na tecnologia, envolve adaptação de processos e constantes treinamentos referente às modificações de gestão e averiguação dos

...

Baixar como  txt (39.7 Kb)   pdf (187.7 Kb)   docx (27.4 Kb)  
Continuar por mais 23 páginas »
Disponível apenas no Essays.club