Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Estudo das Características de um Sistema Park & Ride para Atender a Área Central do Distrito Federal

Por:   •  25/3/2018  •  2.033 Palavras (9 Páginas)  •  151 Visualizações

Página 1 de 9

...

Brasília é uma cidade altamente setorizada e que vem sofrendo os efeitos da falta de estacionamento principalmente nos setores que agregam serviços. Segundo dados do Detran-DF o Distrito Federal conta com uma frota de 1.379.532 automóveis em 2016 e uma taxa de motorização de 38 carros para cada 100 habitantes, o Plano Piloto como área central atrai grande parte dessa frota, portanto estacionar nessas áreas tem se tornado um problema de grandes dimensões. A cidade não cobra pelo uso do espaço público para estacionamento e sendo assim torna-se muito atrativo o seu uso, principalmente para pessoas que vão ocupar aquela vaga por muitas horas, porém em áreas centrais a demanda naturalmente por vagas é maior que a oferta, com a combinação desses dois fatores ocorre uma falta de disponibilidade de vagas ao longo do dia, já que nessa situação elas tendem a ser pouquíssimas.

Percebendo não haver estudos que busquem solucionar o problema da falta de vagas para automóveis nas área central do Distrito Federal acredita-se que esta pesquisa é relevante pois tende a contribuir para o aperfeiçoamento das políticas urbanas de transporte e mobilidade, fornecendo alternativas para a melhoria da problemática dos estacionamentos na área central de Brasília.

3. OBJETIVOS

3.1. Objetivo Geral

O objetivo geral do trabalho é estudar a viabilidade da implantação de bolsões de estacionamento utilizando os princípios do sistema “Park&Ride” para atender o Setor Comercial Sul no Plano Piloto do Distrito Federal.

3.2. Objetivos Específicos:

- Reconhecer bolsões de estacionamento no Distrito Federal que operam no sistema “Park&Ride”’,

- Levantar o perfil dos usuários no Distrito Federal que utilizam o sistema “Park&Ride”,

- Levantar a oferta de vagas dos estacionamentos que atendem ao Setor Comercial Sul,

- Levantar o perfil do usuário do estacionamento do Setor Comercial Sul,

- Identificar a melhor localização para a implantação do bolsão que atenderia o Setor Comercial Sul e

- Estudar a melhor maneira do potencial usuário do bolsão chegar ao seu destino final.

4. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O automóvel passa muito mais tempo parado do que em movimento, cerca de 95% do tempo ele está imóvel, “carros estacionados tomam uma parcela significativa do espaço urbano que poderia ser utilizada para atividades mais produtivas ou que melhorem a vida urbana” UITP(2000). Para que o carro se movimente pelas ruas é necessário que no fim e início de cada viagem ele estacione, porém em áreas urbanas de grande ocupação muitas vezes isso se torna uma tarefa complexa e, desta forma, percebe-se a importância do estacionamento para a Política de Mobilidade Urbana.

O estacionamento público aparenta ser o melhor tipo por não ter custo, no entanto, por apresentar baixa rotatividade compromete em algumas áreas a mobilidade do tráfego.

Uma alternativa para essa problemática seria implementar a cobrança nos centros onde possuem maior problema de vagas, buscando uma maior eficiência na sua utilização. A intenção é privilegiar por meio de uma tarifa vantajosa o usuário de curta duração (até 1 hora) e em menor grau o de média duração (de 1 à 2 horas) (ITDP, 2015). → Referencia a esse trabalho chinês, não sei se está certa

Uma alternativa para o usuário de longa duração (a partir de 4 horas) seria a implantação de bolsões de estacionamento do tipo “Park&Ride”. Nesse sistema, o condutor estaciona seu carro em estacionamentos de longa duração que ficam o mais próximo possível dos grandes centros e de lá ele segue para o destino final utilizando sistemas de integração como vans, ônibus ou bicicletas. “Assim a função primária de sistemas “Park&Ride” é a de providenciar espaços para a transferência de um modo de transporte para outro de forma segura, rápida e com conforto (SECO et al, 2008).

Segundo Aashto (1992), o serviço de “Park&Ride” permite que o usuário faça parte do seu trajeto sem o automóvel, consequentemente diminui os congestionamentos e a necessidade de estacionamentos nas áreas centrais. Além disso, para que o programa seja exitoso, a integração com o ônibus deve ser muito eficiente, para que o serviço de transporte coletivo leve o mesmo tempo de deslocamento ou seja mais rápido que ir com o seu próprio carro.

O principal objetivo do sistema Park & Ride segundo Mendes (2010) é “transferir a demanda dos estacionamentos da área central para a periferia e intensificação do uso do transporte público para regiões intermediária do centro”, essa estratégia tem como foco atender principalmente pessoas que fazem o percurso casa/trabalho com frequência.

O Distrito Federal apresenta uma característica bastante peculiar, as distancia são muito grandes entre os setores da cidade, e a população tem um poder aquisitivo bem alto. Pelo fato de o transporte público ser ineficiente, quem tem a oportunidade acaba comprando seu automóvel. Como resultado disso a taxa de motorização é altíssima, fazendo com que haja uma dependência dos automóveis, e o número de veículos supere a capacidade de oferta de vagas na Área Central

Uma alternativa eficiente já implantada no Distrito Federal trata-se do programa oferecido pela Câmara dos Deputados do Distrito Federal, chamado Economildo que ocupa vagas ociosas durante o dia no Minas Brasília Tênis Clube e no Parque da Cidade. O sistema oferece vans para transportar os passageiros dessas localidades até o Congresso Nacional a uma distância respectiva de 9,2 quilômetros e 4,7 quilômetros. Segundo a Câmara esse serviço oferece aos usuários: economia de tempo no deslocamento, economia de tempo para estacionar, economia no uso do combustível e a segurança do veículo estacionado.

Outro exemplo é o Transporte de Integração, serviço criado pela OAB-DF para facilitar o acesso dos advogados à sede do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), além disso também disponibiliza van para o translado do Terminal de vans, até a unidade do TJDFT no setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), Ceilândia, Taguatinga e Tribunais superiores e VEP, e para o Centro de Detenção Provisória (Papuda). O terminal de vans fica localizado no estacionamento do ginásio Nilson Nelson e as vans começam

...

Baixar como  txt (14.2 Kb)   pdf (63.4 Kb)   docx (577.9 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no Essays.club