Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

A Nicarágua

Por:   •  6/1/2019  •  Monografia  •  2.551 Palavras (11 Páginas)  •  41 Visualizações

Página 1 de 11

Espanhol

==========

Introdução

A Nicarágua é o lugar perfeito para desfrutar o local de encontro de dois mundos. Nicarágua é uma joia esquecida da América Central. Ela tem uma grande variedade de festividades que são expressões culturais interessantes, que podem ser vistos no fervor religioso, uma mistura de manifestações pré e pós conquista indígenas. Da mesma forma colonial edifícios, petroglifos e ruínas.

Durante um grande tempo a Nicarágua foi “ignorada” pois seus vizinhos (Costa Rica e Panamá) Conseguiram ter mias atrações do ela.

Hoje em dia a Nicarágua é um excelente destino para sua viagem. Ela é um pais muito procurado por surfistas, aventureiros e viajantes independentes.

San Juan Del Sur

San Juan Del Sur é pertinho da fronteira com a Costa Rica, ele é uma pequena cidade banhada pelo Oceano Pacífico. Esse lugar é o ponto de encontro de vários mochileiros que a maioria são surfistas, e que estão à procura de sol, praia, ondas e diversão. San Juan Del Sur é um lugar que recebe muitos jovens e estudantes em férias, particularmente americanos, mas também algumas famílias.

A cidade é super simpática, e as praias mais próximas e selvagens são: Playa Marsella, Playa Maderas ou a Bahía Majagual elassão os pontos mais atrativo de San Juan Del Sur. Uma coisa importante são as escolas de surf que é incluso o material e o transporte até as praias.

Ilha Ometepe e Lago Nicarágua

A Ilha Ometepe é um dos destinos mais populares do país. Ela é um destino a não perder na Nicarágua. A ilha, que tem dois vulcões, está localizada em pleno Lago Nicaragua e só chegar até lá já é uma boa aventura. Lá, é possivel fazer vários passeios, trekkings, kite surf, nadar em lagoas, etc. a ilha é um destino perfeito para quem está em busca de contato com a natureza e tranquilidade. Há autocarros públicos que ligam as principais povoações, mas a minha recomendação é alugar uma mota e passear à volta da ilha um pouco à descoberta.

Os pontos turísticos mais conhecidos e falados são: Punta Jesus Maria, Reserva Ecológica Charco Verde, El Ojo de agua e os vulcões Madera e Concepción.

Popoyo

Popoyo é o principal destino de sonho para surfistas. Numa terra onde está vento offshore cerca de 300 dias por ano, com duas ondas de classe internacional a “walking distance” e com várias outras a poucos quilómetros de distância, pouco mais e pode pedir. Mas o lugar é suficientemente bonito e atrativo também para não surfistas. Os melhores pontos para você ficar é na Playa Guasacate (mais alojamentos e restaurantes) ou na Playa Santana (mais isolada e um pouco mais distante) mas, para quem tem transporte próprio, há outros sitios interessantes. Para chegar a Popoyo, tem que se apanhar um autocarro ou um táxi em Rivas.

Comidas tipicas

Comida tíica arte culinária Nicarágua remonta aos tempos pré­históricos, como evidenciado pelos nomes de alguns dos seus pratos mais populares. Então, durante a conquista e colónia espanhola, a união de duas raças e duas culturas resultou em um menu crioulo original, criativo e variada, em que os ingredientes interessantes são utilizados e que são parte de sopas e carnes a doce vários tipos. As crianas do milo A base fundamental da cozinha da Nicarágua desde a sua criação tem sido milho e seu uso generalizado e referências são a herança culinária legada pelas antigas culturas indígenas existentes na área. Este fato explica a grande familiaridade entre a comida típica da Nicarágua, e os países da América Central e México. ramos todos filhos do milho. Milho como um ingrediente, tem uma infinidade de usos: ela bebe como tradicionais são ica e Pinol fortes pratos como Nacatamal , o ndio Vieo e sopa Meatall e lanches ou sobremesas como Atolillo e Perrereque . m mundo de ingredientes Há também outros ingredientes utilizados na culinária única, muitos deles local, possuir produtos tropicais. No entanto, a criatividade culinária Nicarágua é completo e aberto e também são de grandes ingredientes de uso utilizadas em todo o mundo, como o tomate, cebola, alho, farinha, arroz, laranja, mostarda e maionese, leite e queijo, baunilha e canela, entre muitos outros.

Mas o que faz comida nicaragense indígena são esses ingredientes locais que falamos. Vamos ver alguns, dentro do qual haverá certa completamente ignorado pelos leitores de regiões não­tropicais: rutas como ocote , o puno , o mamão , o tamarindo , a ananeira (amplamente utilizado na Nicarágua), o pipian , o aacate . culturas de raízes como mandioca (também amplamente utilizadas em culinária nacional), o quequisque . Ervas, tais como coentro (também chamado coentro), o orégão , ou anato . Devemos também observar certas carnes ou peças utilizadas na Nicarágua, e que, para alguns estrangeiros, especialmente europeus, são muito curiosos. Vaca, por exemplo, certos pratos com cauda carne, úbere, estômago, cérebro são preparadas testulos do touro de uso e couro de porco (utilizado para crepitaes ), pé e sangue (para o moronga ).

Café da manhã allo into indiscutivelmente o rato nacional do aís aarece com mais requncia na mesa do ca da man s vezes acomanado or ovos e semre or grandes e inas tortilas de milo ssencialmente o arroz com eio similar ao de boa arte da Amrica Central a verso nicaraguense usa eies vermelos com arroz rito dando ao rato o nome característico galo intado

Refeições leves/lanches A resosta nicaraguense ara comida ráida vem embrulada em uma ola de bananeira ara ortabilidade vigoron nasceu em ranada As camadas de reolo e ica cozida e icada so cobertas or ele de orco rita camada de cicarrones quesillo outro lance rático areciado no ca da man no im da tarde ou na madrugada envolve queio em uma tortila de milo branco deois acrescentamse cebolas sal e vinagre As rutas troicais abundantes disoníveis elo aís tambm azem lances saborosos como as bananasdaterra tiicamente servidas como

...

Baixar como  txt (14.3 Kb)   pdf (65.6 Kb)   docx (18.2 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no Essays.club