Essays.club - TCC, Modelos de monografias, Trabalhos de universidades, Ensaios, Bibliografias
Pesquisar

Geografia e meio ambiente projeto

Por:   •  10/7/2018  •  1.716 Palavras (7 Páginas)  •  26 Visualizações

Página 1 de 7

...

sobre o meio ambiente e fazer com que elas sejam cumpridas.

CONSTRUÇÃO DE UMA RODOVIA E SEM DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

Uma nova obra de rodovia, irá ser caminho de desenvolvimento e construção de cidades e assim podendo ser criadas acesso, visando lucros movimentando a economia e deslocamento das mais variadas ordens, criando estradas vicinais para se deslocarem. Uma nova obra será de grande desenvolvimento econômico, e se não ser tomado as medidas legais e ambientais um grande fracasso ambiental.

Pensando assim como iniciarmos o processo de planejamento, tomando como exemplo uma rodovia sendo criada, com 8 KM,( Estima-se que rodovias podem exigir mais de 10 hectares (ha) de terra por quilômetro de estrada) a ser construídas de sua extensão total, grande desafio é propiciar tal progresso sem agredir o meio ambiente, e desta maneira ter as etapas como não ter impacto negativos ao meio ambiente, a consciência da importância de planejar e projetar, construir e operar as estradas com mais responsabilidade, de modo a proteger os habitats naturais.

Em relação ao primeiro passo para a construção de uma rodovia, será necessário seguir as normas de órgão ambientais ,licenciamento ambiental. Apresentação do projeto e soluções ambientais. Seguindo os critérios exigidos em recuperar, preservar e conservar. Preservar a empresa e órgãos competentes se assegurarão de preservar a flora e fauna, sendo o plantio de mudas de arvores, de espécies nativas em áreas de recuperação ambiental; preservar o deslocamento de animais á construção de tuneis para evitar a passagem de animais cruzem as pistas; Conservar será resgate de animais que vivem em área impactada e sendo transferidas para local seguro; preservar sendo a empresa responsável pela construção da rodovia controlar o nível de partículas da atmosfera durante a obras e também o controle de gases emitidos pela combustão; Durante a fase de operações, uma rodovia que atravessa ou é adjacente a uma área de floresta tem o potencial de facilitar a extração de recursos, tais como extração ilegal de madeira, mineração e pesca e comércio de animais silvestres sendo assim deixar claro com placas ser ilegal será pratica e policia ambiental sempre fazer vistorias; Evitar impacto sobre áreas que passam rios, se possíveis mudar o projeto.

O planejamento de uma rodovia leva se em conta todas as modalidades de transporte e estabelecer prioridades nas estradas, e selecionar a alternativa com menor impacto ambiental assim definindo o percurso. As medidas a ser tomadas para evitar, minimizar e mitigar esses impactos ou reforçar os positivos e Limites para a análise deve abranger a extensão geográfica e temporal dos impactos. Na etapa de construção serão colocados os planos executivos, estimativas de custos e especificações técnicas para a construção e colocando em pratica as recuperar, preservar e conservar. A colaboração entre a equipe de projeto e a equipe ambiental deve continuar durante toda a construção, para que o engenheiro de supervisão ambiental possa antecipadamente identificar quaisquer questões ambientais que possam surgir e propor medidas para solucioná-las.

Muitos são os princípios estabelecidos na legislação ambien¬tal. Os principais são elencados por Paulo Affonso Leme Machado (2009) e devem pautar toda atividade de planejamento ambiental. São eles:

1) Princípio do direito ao meio ambiente equilibrado

Abarca o meio ambiente seus processos necessários á manutenção da boa qualidade de vida de todo o meio biótico e abiótico que o compõe para assim os cuidados em relação a nova costrução tomando as medidas para seu equilíbrio não ser desrespeitado.

2) Princípio do direito à sadia qualidade de vida

Sendo a preservação e a garantia da proteção da fauna e flora, na construção na rodovia.

3) Princípio do acesso equitativo aos recursos naturais

Toda a sociedade deve ter acesso aos recursos naturais neces¬sários a sua manutenção de vida, sendo que todos os cuidados seriam garantidos perante a sociedade na sua conservação.

4) Princípio usuário-pagador e poluidor-pagador

Sendo dessa forma a empresa responsável pela construção da rodovia controlar o nível de partículas da atmosfera durante a obras e também o controle de gases emitidos pela combustão.

5) Princípio da precaução

princípio da precaução como forma de precaver sobre a possibilidade de dano aem qualquer dano sido tomado,

6) Princípio da prevenção

Previne ações que comportem danos ao ambiente, como mudanças no projeto desvio de rotas para a prevenção de rios e matas mais fechada.

7) Princípio da reparação

Sendo a reparação feita em plantio de arvores nativas, em locais em devidos e resgate de animais que vivem em área impactada e sendo transferidas para local seguro.

8) Princípio da informação

Disponibilizar informações, assim desta forma todos os matérias e atividades para conhecimento de todos.

9) Princípio da participação

Disponibilizando a sociedade e as órgão ambientais o projeto inicial da rodovia, sendo possível mudança em justificativa plausível.

10) Princípio da obrigatoriedade da intervenção do Poder Público

Seguindo as leis ambientais a construção garantira junto aos órgão competentes a se fazer cumprir as leis.

...

Baixar como  txt (10.8 Kb)   pdf (54.5 Kb)   docx (16.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no Essays.club